A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Contabilidade no Império do Sol Prof. M. Sc. Carlos Alberto Serra Negra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Contabilidade no Império do Sol Prof. M. Sc. Carlos Alberto Serra Negra."— Transcrição da apresentação:

1 Contabilidade no Império do Sol Prof. M. Sc. Carlos Alberto Serra Negra

2 Origem do Trabalho ACCOUNTING IN THE EMPIRE OF THE SUN 8 th World Congress of Accounting Historians Agosto/2000 – Madri – ESPANHA Carlos Alberto Serra Negra Elizabete Marinho Serra Negra

3 Relações A Contabilidade como ciência do Patrimônio esta diretamente associada à organização social de um povo. O Patrimônio é o elemento que influência e é influenciado pelos aspectos culturais das civilizações.

4 Significados I N C A O Soberano que residia na cidade de Cuzco. A classe governante por descendência Habitantes do império incaico

5 História Formação tribal em pelo menos a.C. Maior expansão no século XV Etnia de várias tribos

6 História Etnia principal criadores de Lhamas

7 História Chegou a possuir 12 milhões de habitantes Área territorial do sul da Colômbia ao norte da Argentina

8 Religião Culto ao Deus Sol Outros Deuses da Natureza

9 Cultura Transmissão oral de Literatura Poesia Música

10 Tecnologia e Economia Prática da Astronomia (Calendário lunar e solar) Conhecimento da Matemática (sistema decimal) Possuíam sistema de pesos e medidas Construção civil baseada em pedras e degraus e tetos de palha Arte cerâmica desenvolvida (manual) Trabalhos em Ouro, Prata, Cobre e Bronze

11 Tecnologia e Economia

12 Indústria têxtil com 190 cores

13 Sistema Tributário Taxação sobre o Ayllu Denominado Myta Um terço para o soberano Um terço para os Deuses (sacerdotes) Um terço para os membros do Ayllu

14 Governantes Manco Capac – 1200 Mayta Capac – 1300

15 Governantes Voracocha Inca – 1410 Huayna Capac – 1527

16 Fim do Império Huáscar – 1532Athaualpa – 1533

17 Fim do Império Em 1532 Francisco Pizarro desembarca no Peru com 200 homens. Aproveita a disputa dos irmãos Em 1533 assassina Athaualpa.

18 Kipus Objeto mnemônico. Constitui de uma corda colorida na posição horizontal e várias cordas coloridas na posição vertical com nós de torções variadas. Cada nó tinha a mesma função, mas com significados diferentes.

19 Kipus

20 Segundo Bushnell apud Giordani (1970) os Kipus só serviam, certamente para registrar números. Geralmente se tratavam de mercadorias com por exemplo milho e os tecidos. Meggers (1979) assim descreve sobre os Kipus: na falta de escrita os Incas mantinham registros de tipos e quantidades de produtos armazenados. Na opinião de Huber (1958) os Kipus iam além do registro de mercadorias serviam também para o registro de impostos e movimentos da população.

21 Kipus Na visão de Nepomuceno (1998) os Quipus são uma maneira de registro contábil feito por objetos representativos das transações entre pessoas e entre pessoas e governo através de nós trabalhados em barbante. Para Baity (1963) os Kipus eram usados para contar o número de cidades, os impostos que pagavam e as horas que trabalhavam nas construções de estradas e outras obras públicas, e os produtos que produziam e recebiam.

22 Estratificação Social Inca – Soberano Tukrikuks (4) – Conselheiros Kurakas – Chefes dos Ayllus Cidadão da Etnia Inca Cidadão de outras Etnias

23 Profissional Contábil Kipukamayoc – Contador

24 Aspectos Contábeis Do ponto de vista sistêmico a Contabilidade é uma ciência que possui três dimensões, a saber: o registro, o controle e a demonstração da riqueza patrimonial da uma entidade. Destas três dimensões, o Kipu contempla pelo menos dois, evidenciado se tratar de conhecimentos contábeis e não apenas o simples registro.

25 Aspectos Contábeis Utilização de Partidas Dobradas - se considerarmos que o sistema econômico deles era tão evoluído quanto o político e que todas as terras e produção pertenciam ao Estado (BAITY, 1963), os Kipus também eram instrumentos de partidas dobradas, com uma única contra- partida – o Estado.

26 Aspectos Contábeis São sistemas de escrituração segundo Viana (1969): a) O Sistema Patrimonial. b) O Sistema de Rédito. c) O Sistema de Previsão. Os Kipus reúnem os sistemas patrimoniais e de rédito das operações e gestões administrativas do Estado Inca. Infelizmente nenhum registro de previsão foi até hoje encontrado ou que se tenha notícia de ter existido. Os Kipus eram sistemas contábeis de eventos presentes e passados.

27 Aspectos Contábeis O controle de estoques e patrimonial dos Incas era realizado também através dos Kipus. Com base no calendário lunar os Kipus eram construídos de tempos em tempos, neles eram registrados o que se havia produzido em um determinado período e o que restava de estoque do período anterior.

28 Conclusão Com base no exposto podemos concluir que os conhecimentos contábeis do povo Inca possuíam as seguintes características: 1. Registro como forma de lançamento contábil realizado através dos Kipus. 2. Controle da riqueza patrimonial com base na comparação entre um Kipu e outro.

29 Conclusão 3. O uso de partidas dobradas como sistema de registro. 4. Exercício social de um ano de acordo com o calendário solar. 5. Possuir sistemas contábeis patrimoniais e de resultado. 6. Registros contábeis mensais de suas variações patrimoniais

30 Finalizando Muito obrigado! Contato:


Carregar ppt "Contabilidade no Império do Sol Prof. M. Sc. Carlos Alberto Serra Negra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google