A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação de Superfície Quanto à Evolução do Atrito em Componentes de Bombas Injetoras de Combustível com a Utilização de Biodiesel Eduardo Imamura Seratiuk.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação de Superfície Quanto à Evolução do Atrito em Componentes de Bombas Injetoras de Combustível com a Utilização de Biodiesel Eduardo Imamura Seratiuk."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação de Superfície Quanto à Evolução do Atrito em Componentes de Bombas Injetoras de Combustível com a Utilização de Biodiesel Eduardo Imamura Seratiuk Carlos José de Mesquita Siqueira

2 Sumário 1.Motivação 2.Objetivos do Trabalho 3.Aplicabilidades 4.Metodologia 5.Resultados Alcançados 6.Conclusões 7.Trabalhos Futuros

3 Motivação Preço do barril de petróleo cada vez mais alto; Aumento do nível de emissões de poluentes; Economia de combustível; Desenvolvimento sócioeconômico.

4 Motivação Fonte: TudoParaná

5 Objetivos do Trabalho Entender como a utilização do biodiesel afetará a lubricidade do diesel derivado de petróleo; Encontrar uma proporção que otimize a resposta tribológica das superfícies de componentes da bomba injetora.

6 Metodologia Utilização de 4 misturas de biodiesel/diesel e amostras puras dos dois combustíveis; Ensaios tribológicos realizados utilizando-se o Tribômetro Linear Recíproco; Avaliação do desgaste sofrido pela amostra.

7 Metodologia Modelo evidenciando a geometria de contato

8 Metodologia Vista geral do equipamento de ensaio

9 Metodologia Vista superior da montagem do ensaio

10 Resultados Alcançados

11

12 Os slides anteriores mostram as curvas do coeficiente de atrito com relação à distância percorrida. A execução dos ensaios e as análises posteriores demonstraram um menor coeficiente de atrito do biodiesel puro em relação ao Diesel Metropolitano. Tais resultados sugerem uma melhor lubricidade do B100 e, como conseqüência, uma menor taxa de desgaste. As misturas (B5, B10, B15 e B20) apresentaram tendências de estabilização em valores muito próximos para o coeficiente de atrito. A pouca variação de resultado do B5 em relação ao Diesel Metropolitano sugere que a pouca concentração de biodiesel na mistura não influiu em ganhos na redução do atrito, pelo contrário, observou-se um leve aumento em seu coeficiente. O B10 mostrou-se bastante instável e sem tendências de estabilização para a distância analisada. As misturas B15 e B20 apresentaram dados bastante dispersos dos quais é razoável esperar que um nível maior de desgaste esteja ocorrendo entre os materiais em contato deslizante.

13 Benefícios Sociais e Econômicos Por ser originado do processamento de óleos vegetais, mais especificamente do óleo de soja neste trabalho, a implementação do biodiesel gerará uma demanda dessa matéria-prima. Assim, com a utilização do biodiesel na matriz energética brasileira, novos postos de trabalho, diretos e indiretos, serão gerados contribuindo com o sustento de milhares de pessoas. Como conseqüência direta, promove o desenvolvimento da região produtora da matéria- prima, acelerando o seu desenvolvimento sócio- econômico.

14 Conclusões Resultados preliminares apresentados nesse artigo demonstram a evolução do coeficiente de atrito para diversas misturas de biodiesel/diesel, assim como para o diesel e biodiesel puro. Foram verificados resultados semelhantes para as misturas e uma melhor resposta do B100 devido à suas boas características lubrificantes.

15 Trabalhos Futuros Avaliação do desgaste do material; Caracterização da superfície das amostras (avaliação de microestrutura e integridade dos revestimentos); Utilização de amostras revestidas com DLC.


Carregar ppt "Avaliação de Superfície Quanto à Evolução do Atrito em Componentes de Bombas Injetoras de Combustível com a Utilização de Biodiesel Eduardo Imamura Seratiuk."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google