A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIRETRIZES PARA A MELHORIA DO PROJETO DO SUBSISTEMA ELEVADORES DE EDIFÍCIOS UTILIZANDO CONCEITOS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS MSc. MARCELO MENNA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIRETRIZES PARA A MELHORIA DO PROJETO DO SUBSISTEMA ELEVADORES DE EDIFÍCIOS UTILIZANDO CONCEITOS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS MSc. MARCELO MENNA."— Transcrição da apresentação:

1 DIRETRIZES PARA A MELHORIA DO PROJETO DO SUBSISTEMA ELEVADORES DE EDIFÍCIOS UTILIZANDO CONCEITOS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS MSc. MARCELO MENNA BARRETO AZAMBUJA - NORIE/UFRGS Ph.D. CARLOS TORRES FORMOSO - NORIE/UFRGS

2 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO Justificativa e objetivo do trabalho Delineamento do Método de Pesquisa Apresentação dos resultados obtidos Diretrizes para a melhoria do projeto do subsistema

3 1. JUSTIFICATIVA Processo fragmentado de construção Importância crescente de fornecedores e subempreiteiros na estrutura produtiva: custos e qualidade dos serviços Falta de integração : baixa produtividade do setor Existência de perdas pelas interfaces: originadas em etapas que antecedem a produção devido a problemas de caráter gerencial: projetos inadequados, falta de planejamento, deficiências no processo de suprimentos, entre outros Indústria da Construção Civil

4 1. JUSTIFICATIVA Indústria da Construção Civil A aplicação dos conceitos da gestão da cadeia de suprimentos tem sido estudada como uma possível alternativa para a solução de problemas e introdução de melhorias no setor da construção

5 1. JUSTIFICATIVA O que é a Gestão da cadeia de suprimentos? Forma integrada de planejar e controlar o fluxo de produtos, informações e recursos, desde os fornecedores até o cliente final, administrando as relações de forma cooperativa e para o benefício de todos os envolvidos (CHING, 1999). Objetivo da GCS: Satisfação do consumidor final via integração de processos

6 1. JUSTIFICATIVA Elementos (conceitos) para a viabilização da Gestão da cadeia de suprimentos Compartilhamento e monitoramento das informações Velocidade das operações e melhoria dos fluxos Coordenação dos níveis da cadeia Parceria entre os agentes Valor para o consumidor final

7 1. JUSTIFICATIVA Qual o primeiro passo para a GCS na Construção? (VRIJHOEF E KOSKELA, 2000) Identificação dos problemas e de suas causas no sistema Fonte de dados para ações de integração por entidades setoriais Utilização de ferramentas de simulação e de mapeamento de processos Avaliação das cadeias de suprimentos

8 1. JUSTIFICATIVA Porque a cadeia de elevadores? Altos custos de aquisição, produção e manutenção Cadeia com tendências de evolução - subsistema Componente tecnologicamente avançado: integração Inexistência de trabalhos com relação ao subsistema Potencial de melhorias da cadeia é desconhecido

9 2. OBJETIVO DO TRABALHO Identificar, explorar e sugerir melhorias para os problemas relacionados ao processo de projeto da cadeia de elevadores.

10 3. MÉTODO DE PESQUISA - Delineamento

11 4. RESULTADOS: concepção do subsistema Compreende: Execução do Cálculo de Tráfego Determina o número, capacidade e velocidade mínima de elevadores Dimensionamento Lançamento de medidas conforme resultados do cálculo de tráfego Via catálogos de dimensionamento dos fornecedores Ocorre muito antes da negociação e especificação do subsistema (Custos) : normalmente o projetista abdica de determinar ou especificar os requisitos de desempenho.

12 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto Falta de padronização de medidas entre fabricantes Variedade de dimensões: caixa, portas, alçapões Dificulta a seleção tecnológica e o dimensionamento pelo arquiteto Aumento dos custos de aquisição (adaptações na seleção de um fornecedor diferente) e custos de utilização (elevadores que operam além da capacidade) Porta AL Porta AC Fabricante ABC 1540 x x x x x 1550 xxx 6 Pessoas (Medidas mínimas de caixa de corrida)

13 Falta de comunicação na concepção do produto Desconhecimento das exigências de dimensionamento e necessidades da construtora pelos projetistas Utilização de catálogos desatualizados (experiências), principalmente em edifícios residenciais de pouca altura Redução de custos para edifícios comerciais e hospitais Ed. Residencial Padrão médio 13 pav AntesDepoisVantagens 2 elev- 10 p 90 m/min 3 elev- 8 p 60 m/min - 25% custo Conforto Atendimento manutenção 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto

14 Execução do cálculo de tráfego e posturas municipais Ed. residenciais: exige-se somente a capacidade de tráfego (não exige o critério de intervalo de tráfego) Informação sobre ocupação real e final (ed.comerciais) Não há definição de um número mínimo de elevadores em função da altura dos edifícios (SP) Falta de fiscalização do cálculo de tráfego na aprovação de projeto (pode haver mudanças de projeto após a execução do cálculo de tráfego) 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto

15 Definição e respeito às tolerâncias de projeto Lançamento de medidas mínimas independentemente da altura de edifícios: importante prever folgas para edifícios altos (desvios de prumo da estrutura ou alvenaria) Diferença de precisão: Obras (cm) x Elevadores (mm) Erros de execução podem afetar preço de aquisição (adaptações ao espaço físico) ou custos de execução (retrabalhos na estrutura ou alvenaria) 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto

16 Compatibilização de projetos Detalhamento (PE) : após contratação Informações não disponíveis para o Projeto estrutural e instalações elétricas Peso máquina, posição e tamanho de alçapões (laje casa máquinas) Características elétricas do elevador Desacordo entre PE e Projeto estrutural: retrabalhos durante a execução da laje da casa de máquinas 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto

17 Qualidade do projeto executivo Excesso de informações (descrição itens de norma) Falta de clareza (confusão com cotas) Detalhamento da parte elétrica inexiste 4. RESULTADOS: Problemas no Projeto

18 4- RESULTADOS Problemas no Uso: desempenho

19 4- RESULTADOS Problemas no Uso: assistência técnica

20 5. DIRETRIZES - Projeto Maior envolvimento dos agentes - equipes multifuncionais: seleção da melhor solução tecnológica melhoria da comunicação no início do processo Seleção tecnológica na etapa de projeto: parcerias entre construtoras, projetistas e sistemistas Proposição de critérios e fiscalização do cálculo de tráfego pelas prefeituras na aprovação de projetos: número mínimo de elevadores x altura de edifícios intervalo de tráfego Melhor apresentação e clareza do projeto executivo

21 CONCLUSÕES Falta de visão sistêmica - os agentes não consideram ou desconhecem os efeitos das decisões e atividades sobre o sistema como um todo Falta de integração entre projeto e produção Desconhecimento dos agentes sobre a satisfação e problemas enfrentados pelos clientes (processo) e usuários finais Os problemas estão relacionados às práticas de cooperação, à falta de integração e coordenação do fluxo de informações entre os agentes Oportunidade para a aplicação de conceitos da GCS para a melhoria do processo de projeto estudado e no contexto da construção civil

22 OBRIGADO !!!


Carregar ppt "DIRETRIZES PARA A MELHORIA DO PROJETO DO SUBSISTEMA ELEVADORES DE EDIFÍCIOS UTILIZANDO CONCEITOS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS MSc. MARCELO MENNA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google