A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROFA. MARISTELA DE SOUZA BORBA WEB-TUTORA: MAÍRA BOGO BRUNO AULA 10 TEMA 05: PRODUÇÃO TEXTUAL JURÍDICA II: IMPUGNAÇÃO DATA: 16-03-2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROFA. MARISTELA DE SOUZA BORBA WEB-TUTORA: MAÍRA BOGO BRUNO AULA 10 TEMA 05: PRODUÇÃO TEXTUAL JURÍDICA II: IMPUGNAÇÃO DATA: 16-03-2006."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 PROFA. MARISTELA DE SOUZA BORBA WEB-TUTORA: MAÍRA BOGO BRUNO AULA 10 TEMA 05: PRODUÇÃO TEXTUAL JURÍDICA II: IMPUGNAÇÃO DATA:

4 OBJETIVOS CONHECER PEÇAS PROCESSUAIS BÁSICAS; IDENTIFICAR CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAIS E ARGUMENTATIVAS DO GÊNERO TEXTUAL IMPUGNAÇÃO.

5 PETIÇÃO INICIAL; CONTESTAÇÃO; IMPUGNAÇÃO; DECISÃO SANEADORA; ALEGAÇÕES FINAIS DO AUTOR E DO RÉU; SENTENÇA. GÊNEROS TEXTUAIS: PEÇAS PROCESSUAIS BÁSICAS DE UM MESMO PROCESSO

6 IMPUGNAÇÃO A IMPUGNAÇÃO REPRESENTA A OPORTUNIDADE DE O AUTOR MANIFESTAR-SE SOBRE AS ALEGAÇÕES DO RÉU E SOBRE OS DOCUMENTOS QUE TROUXE AOS AUTOS. DECORRE DO PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DO CONTRADITÓRIO E DO PRINCÍPIO DA IGUALDADE ENTRE AS PARTES.

7 ASSIM COMO O RÉU TEVE OPORTUNIDADE DE CONHECER A TESE DO AUTOR E OS DOCUMENTOS QUE JUNTOU E MANIFESTAR-SE SOBRE ELES, AO AUTOR DEVE SER GARANTIDA A MESMA PRERROGATIVA.

8 GÊNERO IMPUGNAÇÃO: ESTRUTURA JUIZ OU TRIBUNAL COMPETENTE; AUTOR; REBATE DAS ARGÜIÇÕES DE FALHAS PROCESSUAIS; MANIFESTAÇÕES DE MÉRITO; REITERAÇÃO DOS PEDIDOS DA PETIÇÃO INICIAL.

9 JUIZ OU TRIBUNAL COMPETENTE EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA Xª VARA CÍVEL DA COMARCA DE XXXX – TO AUTOS XYZV/0Y

10 AUTOR EMILIANO PERNETA, ATRAVÉS DE SEUS ADVOGADOS, VEM RESPEITOSAMENTE À PRESENÇA DE VOSSA EXCELÊNCIA PARA APRESENTAR IMPUGNAÇÃO À CONTESTAÇÃO E DOCUMENTOS, NOS TERMOS QUE SEGUEM:

11 REBATE DAS ARGÜIÇÕES DE FALHAS PROCESSUAIS O AUTOR IMPUGNA: -AS QUESTÕES PRELIMINARES; -AS ALEGAÇÕES DE MÉRITO; -OS DOCUMENTOS.

12 DA PRELIMINAR DE INÉPCIA DA INICIAL IMPOSSIBILIDADE JURÍDICA DO PEDIDO DEVERIA O AUTOR APRESENTAR PROVAS MAIS CONTUNDENTES DE SUA PRETENSÃO, E NÃO APENAS FAZER ALEGAÇÕES DESCABIDAS SEM QUALQUER NEXO, ESPERANDO QUE O JUÍZO ACREDITE SOMENTE EM SUAS PALAVRAS.

13 JUSTIFICATIVAS DO AUTOR DOCUMENTOS HÁBEIS QUE COMPROVAM A CONDUTA INDEVIDA DO RÉU CAUSANDO DANOS MORAIS AO AUTOR; DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS DE SUAS ALEGAÇÕES + FUTURA INSTRUÇÃO PROCESSUAL (TESTEMUNHAS); ALEGAÇÕES DO AUTOR SÃO CLARAS E CONTEXTUALIZADAS (FATOS OCORRIDOS E COMPROVADOS); PRETENSÃO DEDUZIDA EM JUÍZO PODE SER AMPARADA PELO ORDENAMENTO JURÍDICO VIGENTE: CONDUTA LESIVA DO RÉU.

14 DA PRELIMINAR DE FALTA DE INTERESSE DE AGIR O AUTOR PROPÔS AÇÃO COM MERO INTERESSE DE OBTER VANTAGEM FINANCEIRA, OU A UTILIZAÇÃO DO PROCESSO COMO MEIO DE VINGANÇA.

15 MÉRITO - NÃO CUMPRIU SUAS OBRIGAÇÕES E CAUSOU DANO AO CLIENTE; - ARGUMENTO DE ENRIQUECIMENTO NÃO É CRIATIVO; - PROCESSO: LUGAR INADEQUADO PARA BRINCADEIRAS DE MAU GOSTO – PAPAI NOEL;

16 MÉRITO -CHEQUES DEVOLVIDOS UMA ÚNICA VEZ, COMPENSADOS POSTERIORMENTE; -DIFERENÇA ENTRE DEVOLUÇÃO DE CHEQUE SEM PROVISÃO EM CONTA SEM TER SIDO SUSTADO;

17 MÉRITO RÉU CULPADO POIS AGIU DE FORMA NEGLIGENTE E DESIDIOSA: - CHEQUES DEVOLVIDOS DUAS VEZES SEM TEREM SIDO SUSTADOS – ARGUMENTAÇÃO APONTADA NA PETIÇÃO INICIAL E COMPROVADA POR MEIO DOS DOCUMENTOS;

18 MÉRITO EXISTE LIAME PERFEITO ENTRE A CONDUTA INDEVIDA DO RÉU E OS DANOS SOFRIDOS PELO AUTOR.

19 MÉRITO RÉU: O NOME DO AUTOR NÃO FOI INCLUÍDO NO SPC. MAS, HOUVE: -DANOS MATERIAIS (DANO MORAL - ABALO DE CRÉDITO); - DANO MORAL PURO (CONSTRANGIMENTO CITADOS NA PETIÇÃO INICIAL).

20 MÉRITO RÉU ALEGOU GENERICAMENTE QUE O MESMO É EXAGERADO, MAS NÃO APONTOU QUAL SERIA O VALOR QUE JULGA SER O CORRETO.

21 MÉRITO CONTESTAÇÃO DO RÉU É INEPTA. PEDIDO DO AUTOR – BINÔMIO: - CONDIÇÕES DE PAGAMENTO DO LESANTE E POSIÇÃO SÓCIO- ECONÔMICA DO LESADO; - PARÂMETROS QUE VÊM SENDO FIXADOS PELO ENTENDIMENTO JURISPRUDENCIAL.

22 REITERAÇÃO DOS PEDIDOS DA PETIÇÃO INICIAL AUTOR INPUGNA OS ARGUMENTOS DA CONTESTAÇÃO; RÉU TEM ACESSO AO SERASA; CADA PARTE DEVE PROVAR AS ALEGAÇÕES; PERDA DO PRAZO DE 30 DIAS APÓS O PROTOCOLO DA CONTESTAÇÃO PARA JUNTAR DOCUMENTOS.

23 REITERAÇÃO DOS PEDIDOS DA PETIÇÃO INICIAL ANTE O EXPOSTO, IMPUGNA A PEÇA CONTESTATÓRIA OFERTADA PELO RÉU, PUGNANDO MAIS UMA VEZ PELA PROCEDÊNCIA DA AÇÃO.

24 SÍNTESE ANÁLISE DA PEÇAS DE UM PROCESSO CÍVEL EM PRIMEIRA INSTÂNCIA: IMPUGNAÇÃO.

25 PRÓXIMA AULA (23/03/2006) CONTINUAÇÃO DO TEMA 5: DECISÃO SANEADORA TEMA 6: ALEGAÇÕES FINAIS - DO AUTOR E DO RÉU


Carregar ppt "PROFA. MARISTELA DE SOUZA BORBA WEB-TUTORA: MAÍRA BOGO BRUNO AULA 10 TEMA 05: PRODUÇÃO TEXTUAL JURÍDICA II: IMPUGNAÇÃO DATA: 16-03-2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google