A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

X SAIR ACERVO ICONOGRAPHIA Acomodações nas primeiras horas da República.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "X SAIR ACERVO ICONOGRAPHIA Acomodações nas primeiras horas da República."— Transcrição da apresentação:

1 X SAIR ACERVO ICONOGRAPHIA Acomodações nas primeiras horas da República

2 X SAIR A questão escravista no Brasil imperial ACERVO ICONOGRAPHIA

3 X SAIR As transformações da sociedade imperial Sociedade imperial: homens brancos (boas famílias, quase sempre ligadas à propriedade da terra); escravos e o povo em geral Antes mesmo da abolição da escravidão, existiam negros que viviam de seu trabalho. MUSEUS CASTRO MAYA 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia

4 X SAIR As transformações da sociedade imperial Centros urbanos em expansão: homens brancos pobres e mestiços trabalhavam no comércio e em prestação de serviços. Cartão postal Belle Époque 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia MUSEUS CASTRO MAYA

5 X SAIR Efeitos da modernização Modernização do Rio de Janeiro, Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia MARC FERREZ/INSTITUTO MOREIRA SALLES, SÃO PAULO

6 X SAIR O fim do tráfico negreiro 1845: Lei Bill Aberdeen Apresamento legal, pela marinha britânica, de navios negreiros de qualquer nacionalidade e julgamento da tripulação infratora 1850: Lei Eusébio de Queiroz, extinção do tráfico negreiro entre a África e o Brasil. A entrada de africanos em território brasileiro cai drasticamente e o preço dos escravos dobra em poucos meses. O escravismo torna-se então economicamente inviável. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia

7 X SAIR Imigração e parceria Escravidão se tornava obsoleta: aparecimento de novos tipos de relação social Suprimento à carência de mão de obra Entre 1847 e 1857: senador Nicolau de Campos Vergueiro impulsiona experiência da mão de obra imigrante na cafeicultura. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia

8 X SAIR Imigração e parceria Fracasso do sistema de parceria: endividamento do trabalhador, obrigações contratuais desprezadas pelos fazendeiros, acostumados a tratar seus escravos com brutalidade. A partir de 1870: investimento em propaganda na Europa para atrair imigrantes. Branqueamento da população brasileira Europa vive crise em razão do desemprego e das guerras associadas à unificação italiana e alemã. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia

9 X SAIR No final do Império, havia mais de 350 mil imigrantes no Brasil, em geral concentrados nas áreas cafeeiras. Imigração e parceria Redenção de Cam, de Modesto Brocos, Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES, RIO DE JANEIRO

10 X SAIR Crise da monarquia e o advento da República 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia IEB-USP Charge de Agelo Agostini, Revista Ilustrada, 1882

11 X SAIR A abolição da escravatura Nas grandes cidades do Império, havia uma ativa imprensa abolicionista. Livre! é o título da litografia de Ângelo Agostini publicada na Revista Illustrada, do Rio de Janeiro, em Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS/IEB-USP

12 X SAIR A abolição da escravatura Discussão sobre o trabalho escravo como responsável pelo atraso do país, diante das evoluídas nações europeias, ocupa jornalistas, escritores e políticos. Pressões externas aliam-se às pressões internas decorrentes do próprio desenvolvimento urbano. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia

13 X SAIR As leis abolicionistas 1850: Lei Eusébio de Queiroz 1871: Lei do Ventre Livre 1885: Lei dos Sexagenários Fuga de escravos, charge de Ângelo Agostini 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS / IEB - USP

14 X SAIR As leis abolicionistas 1885: Lei Saraiva-Cotegipe Trazia vantagens para os donos de escravos. Os raros escravos que conseguiam atingir 60 anos já estavam no fim de sua vida produtiva. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia INSTITUTO MOREIRA SALLES, SÃO PAULO

15 X SAIR A aprovação da Lei Áurea e seus desdobramentos 13 de maio de 1888: princesa Isabel assina a Lei Áurea, libertando os escravos no Brasil. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia ACERVO D. JOÃO DE ORLEANSE BRAGANÇA

16 X SAIR A aprovação da Lei Áurea e seus desdobramentos Após a abolição, a vida dos negros não sofreu muitas alterações, uma vez que não houve a preocupação de integrá-los à sociedade. 1 Mudanças socioeconômicas e crise da monarquia trutas e tretas: Racionais MCs Clique aqui para ver o trecho do filme. Duração: 3min23s


Carregar ppt "X SAIR ACERVO ICONOGRAPHIA Acomodações nas primeiras horas da República."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google