A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diferentes visões sobre o

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diferentes visões sobre o"— Transcrição da apresentação:

1 Diferentes visões sobre o
Modelo do Real (R$)

2 Globalização e Hegemonia EUA
Decisão Política EUA Tx. Câmbio flutuante Financiamento déficit público países desenv. Internacionalização Mercado Ações (86) e Mercado de Bônus Tx. Juros EUA (79) Mercado Cambial Internacionalizado Decisão política EUA e países centrais 2ª /78 3ª /91 Decisão política periféricas Suspensão Padrão ouro-dólar (71) Homogeneização Políticas macro Perda de Soberania Fases da Globalização Financeira 1ª /70 4ª - 91/2001 Mercado de Eurodólares Incorpora Emergentes Fuga de K’s dos EUA Globalização e Hegemonia EUA Decisão Política Gov. Inglês Fortalecimento K financeiro e Estado EUA Crise Capitalismo Mundial Internacionalização Decisões macro Plataforma de Valorização K Consenso Keynesiano Disseminação Modelo Eco. EUA Contexto Guerra-Fria “Imperial System” (1991/2001) Unipolar Competição Inter-estatal Construção Hegemonia (1945/70’s) Crises Financeiras emergentes Etapas Relação EUA c/ mundo Anos Dourados Tx. Inflação Cresc. Mundial Coordenação Hegemônica (1982/91) Crise (1970’s) Multipolar Efeitos da Crise Eco. Sinais de fim Guerra-Fria Retomada Hegemonia (1979/82) Fragilização Política EUA Dívidas Públicas Consenso de Washington Enfraquece Guerra-Fria Plano Baker/ Brady Questionamento Poder do dólar Coordenação Monetária e Cambial Wall Street Comando financeiro Enquadramento Da Pol. Eco. do resto do mundo Dólar forte Retoma Guerra-Fria

3 Abertura Comercial e Plano Collor
Licenças p/ Import. Lei do Similar Nacional Infra-estrutura precária Baixa Compet. Internacional Prog. Esp. p/ Import. Esfera Administrativa Esfera produtiva Atraso Tecnológico Terceirização mão-de-obra Proteção não-tarifária Controle Import.: CACEX/BB Desemprego Gestor: BNDES Antecedentes Conseqüências Desverticalização Produtiva Qualidade Total Desestatização Abertura Comercial Liberação até NCr$ 20 mil Política Industrial Liberação até NCr$ 50 mil Liberação até NCr$ 25 mil ou 20% total horizontal Depósitos a prazo Tarifas import Depósitos poupança/ à vista Meta: Superávit op. 2% PIB Abertura Comercial e Plano Collor T Cambial Comercial Overnight/ Contas Rem. Bloqueio Liquidez (18 meses) Isenções/ Subsídios Política Fiscal Abertura Setor Externo Rendimento: 6% + BTN Após período liberação gradual (até 12m) Sonegação Instrumento Plano de Governo Plano Collor Plano de Estabilização Cong. Preços 2 meses Política Rendas Privatização Ref. Adm. Fracasso Reforma Monetária 1 Cr$ = 1 NCr$ Reajustes Mensais Usiminas (1991) Redução nº Ministérios Redução de Pessoal Fase I mar/maio 90 Fase 2 maio/set 90 Recuperar Controle Moeda Emissão Inversão TQM Liquidez/ Remonetização Pol, Mon. Ortodoxa Liquidez

4 Plano Real e seus impasses Dificuldades Pressupostos Resultados Modelo
Coord. Expect. Elim. Index. Média 4m México (94) Ásia (97) Rússia (98) Eleições 94 e Reeleição 98 Fornecer Ativos Atraentes Recomposição Reservas Receptor de Poup. Externa URV Conversão Salários Fortes Oscilações Tx. Juros Superávit 94/95 Emergentes Estabilização Ciclo Político Entrada de Capitais Jul/94 FSE Fiscal Crises Externas Base DLSP Baixa Dificuldades Pressupostos Estados/ Municípios Recessão Americana Benefício p/ Importad. Condicionantes Externos Programa de Estab. Fiscal (98) IDE Plano Real e seus impasses Feder. Dívidas Estouro bolha Japonesa Esfera Externa Abertura Com./Finac. Consenso Washington Privatizações Esfera Fiscal Resultados Modelo Econômico Projeto Liberal DLSP M4 Mudança Estrut. Produtiva Esfera Produtiva Imposto Inflacion. Âncora Cambial Tx. Juros Elevadas Esfera Finac./Monet. Inflação Tx. Inflação Invest. Prejudicado Desnac. Conversib. Limitada Atração Fluxos K externo Baixo Cresc, Transf. renda p/ Rentistas Reestruturação Sist. Bancário Estabild. Preços Piso Tx Juros EUA Risco País Perdas p/ Sist. Bancário Expec. Desv. Cambial Represa Poup. Financ. PROER Desnacionalização Sist. Bancário

5 Plano de Estabilização do Real
Aceitação da Dissociação da Moeda Curso Forçado Formal Forte Indexação DL 857/69 Curso Legal “Bigamia Monetária” Informal MP Unid Conta MP Unid. Conta Res. Valor Jurídicas Econômicas Etapas: 1º - Res. Valor 2º - Unid. Conta 3º - MP Sist. Finac. Sofisticado Economiza MP Juristas Economistas Peculiaridades Brasileiras Funções da Moeda Desagreg. da Moeda Coord. Expectativas Inflação Incentivos eco. naturais Diagnóstico da Inflação Objetivos Plano de Estabilização do Real Neutralidade Contratual Custo De Menu Reunificação Monetária URV Expressão Poder de Compra CR$ Conversão Compulsória URV Passou Teste no Jurídico Preços Conversão Voluntária Medidas Salários e Benef. Prev. Ação Metalúrgicos SP Proibição URV Varejo Risco de Inflação Contratos Reajuste Rejeitada TRT/SP Moeda Indexada mar/jun 94 Conversão pela Média Novos URV Velhos Pró-rata Indexador Único Mensal URV Embrião de Moeda URV data Pgto Conversão Voluntária Média Simples IPC IPCA IGP-M 4 últimos meses de 01/03 até 30/06 Unidade de Conta

6 Privatização Brasil 1991/2002 Segunda Primeira Terceira Etapas
Light CERJ Escelsa Eletricidade Autoriz K estrangeiro Serviços Públicos Privatizações Estaduais BNDES PREVI Moedas podres Transporte Portos Ferrovias Petroquímica Banespa (2000) Banestado (2001) BEA (2002) Segunda 1995/97 Fertilizantes Telecomunicações Financiamento Setores Primeira 1991/94 Bancos Terceira 1998/2002 Siderúrgica Etapas Telecomunic. Vulnerab. Externa Divisão Intern. Trab. Portos Setores Saneamento Criação PND (1990) Ampla partic IDE Desnacion. Eletricidade Privatização Brasil 1991/2002 ANATEL Marco Regulatório Conseqüências ANEEL Fortalec. Setor Privado Papel Em geral Pós-concebido Brasil Mundo Poder sobre investimento Eixo dinâmico da economia Adesão Consenso de Washington Ancorta cambial Atração de IDE Alternativa p/ aplicação Espaço de valorização do capital Novos Investimentos

7 Política jul 1994/ mar 1995 mar 1995/jun 1995 jun 1995/jan 1999
jan 1999/out 2002 out 2002/2007 Política Cambial Banda cambial assimétrica - relativa flutuação Regime flutuante Banda cambial Estreitamento da banda cambial regime cambial semifixo apreciação cambial Câmbio com reajustes pré fixados - "crawling peg". Valorização cambial depreciação cambial Política Monetária Taxas de juros em patamar elevado Elevação da taxa de juros Taxa de juros sobe acima do piso nas crises externas de 97 e 98. Não cai abaixo do piso. Taxa de juros determinada pelo piso e pelo regime de metas de inflação Taxa de juros determinada pelo regime de metas de inflação Atração de capitais Política Fiscal Ajuste fiscal pontual Política fiscal frouxa Política fiscal frouxa. Ajuste fiscal dos estados desde 1997/98. Política fiscal restritiva - ajuste estrutural em todas as esferas. Política Fiscal restritiva Meta de superávit fiscal em 1998 Acordo com FMI 1999/2004 Fim do acordo com FMI 2004 Superávit primário crescente

8 Visões sobre o modelo do Real
Déficit em TC financiado por K’s de CP Desequilíbrio Externo Especialização Regressiva Precarização Trabalho Fragilidade Estrutural BC Desemprego Vulnerabilidade Externa Desindustrialização Contínuo Ajuste Fiscal Subordinação da Pol. Fiscal às Pol. Mon. e Cambial Visão Crítica (conseqüências) Especialização Regressiva Crescimento Mantém baixa capacidade de Invest. do Estado Dívida Pública Desnacionalização da produção Visões sobre o modelo do Real Atração IDE e K’s CP Motivos Tx. Invest. Export. Homogeneização Produtiva Dinamização da Economia Tx. Juros elevada Tx. Câmbio apreciada Vulnerabilidade Externa Visão Favorável Tx. crescimento e produtividade Conseqüências Novo modelo Velho modelo (ISI) Concentração de Renda Desemprego Estabilização Processos Virtuosos Interativos Privatização Busca pela auto-suficiência Flexibilização das relações de trabalho Inflacionismo Abertura Externa Globalização

9

10

11

12 Nova metodologia em 2002

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22


Carregar ppt "Diferentes visões sobre o"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google