A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROTEÍNAS Funções das Proteínas Estrutural: queratina (cabelo e unha). Hormonal: insulina. Defesa: anticorpos. Resistência a tecidos: colágeno. Contração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROTEÍNAS Funções das Proteínas Estrutural: queratina (cabelo e unha). Hormonal: insulina. Defesa: anticorpos. Resistência a tecidos: colágeno. Contração."— Transcrição da apresentação:

1 PROTEÍNAS Funções das Proteínas Estrutural: queratina (cabelo e unha). Hormonal: insulina. Defesa: anticorpos. Resistência a tecidos: colágeno. Contração muscular: actina e miosina. Transporte de O 2 e CO 2 : hemoglobina. Enzimática: acelera reações químicas.

2 PROTEÍNAS Quimicamente, as proteínas são polímeros de aminoácidos (aa), isto é, são macromoléculas constituídas pela combinação de moléculas menores denominadas aa (monopeptídeos). Os aa são moléculas orgânicas constituídas por C,O, H, e N. Os aa, como o próprio nome indica, são moléculas que possuem grupo amina (- NH2) e grupo ácido ou carboxila (-C=O OH). Vários aminoácidos unidos por ligações peptídicas formam uma macromolécula denominada polipeptídeo. Uma molécula de proteína pode ser formada por apenas uma cadeia polipeptídica, como é o caso da albumina, presente na clara do ovo, e da lisozima, uma enzima presente em nosso suor, lágrimas e saliva (destruir moléculas específicas encontradas na superfície das células - bactérias).

3 PROTEÍNAS Encontramos mais de 20 tipos de aa tomando parte da formação das proteínas. Os vegetais fabricam todos os aa de que necessitam, a partir de cadeias de carbono obtidas na fotossíntese e de nitrato retirado do ambiente. Os animais não são capazes de fabricar aa por esse processo, mas podem fabricar um tipo de aa a partir de outro que tenha obtido na alimentação. São o aa naturais. No homem 9 aa são chamados essenciais, pois não podem ser formados a partir de outros, por isso, devem estar presentes obrigatoriamente na alimentação. Alanina (ala)Isoleucina (ile) Arginina (arg)Leucina (leu) Aspartato (asp)Lisina (lis) Asparagina (asn)Metionina (met) Cisteina (cis)Prolina (pro) Fenilalanina (fen)Serina (ser) Glicina (gli)Tirosina (tir) Glutamato (glu)Treonina (ter) Glutamina (gln) Histidina (his) Triptofano (tri) Valina (val) Existem 20 aminoácidos diferentes na composição das células.

4

5 Todas as proteínas possuem diferentes níveis de organização Cada tipo de proteína é formado sempre pelo mesmo número e pelos mesmos tipos de AA, ordenados sempre na mesma sequência. Essa sequência é determinada geneticamente e constitui a estrutura: Estrutura primária Residuos de aas Estrutura secudária -hélice Estrutura terciária Dobramente da cadeia polipeptidica Estrutura quaternária Dif. cadeia polipeptidicas

6 Desnaturação de Proteínas: Mudança (reversível ou não) em sua conformação normal, sem modificação de sua estrutura primária, mas com alteração das propriedades e da atividade da proteína. Fatores mais comuns que podem provocá-la: mudança de temperatura e pH. Quando ocorre desnaturação protéica, alteram as estruturas quaternária, terciária e eventualmente a secundária, sem modificar a primária.

7 ENZIMAS Definição: São catalisadores biológicos, de natureza protéica, que aceleram as reações químicas dos seres vivos, pela diminuição da energia de ativação. As enzimas são específicas, podem ser reutilizadas, atuam nos dois sentidos das reações químicas. Sua ação é influenciada pela concentração do substrato, pela influencia do pH e pela variação da temperatura.

8 ENZIMAS INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA temperatura dois efeitos ocorrem: (a) a taxa de reação aumenta, como se observa na maioria das reações químicas; (b) a estabilidade da proteína decresce devido a desativação térmica.

9 ENZIMAS INFLUÊNCIA DO PH O efeito do pH sobre a enzima deve-se às variações no estado de ionização dos componentes do sistema à medida que o pH varia.

10 Ácidos Nucléicos Macromoléculas orgânicas compostas por unidades repetidas chamadas nucleotídeos. Tipos: DNA ácido desoxirribonucléico RNA ácido ribonucléico Composição química nucleotídeo

11 Nucleotídeos Cada ácido nucléico é formado por unidades menores chamadas nucleotídeos. Um nucleotídeo é subdividido em três partes: um radical fosfato, um açúcar de 5 carbonos (ribose ou desoxirribose), e uma base nitrogenada. As bases nitrogenadas são: púricas (adenina e guanina) e pirimídicas (citosina, timina e uracila).

12 DNA E RNA O DNA é formado por duas cadeias de polinucleotídeos enroladas em hélice e ligadas uma à outra por pontes de hidrogênio. A pentose no DNA é a desoxirribose. As bases nitrogenadas são: adenina (A), guanina (G), citosina (C) e timina (T). O DNA é capaz de se autoduplicar. Essa duplicação é semiconservativa. Todas as moléculas de RNA são cópias de algum segmento de DNA. Existem três tipos de RNA: RNAr ou ribossômicos, RNAt ou transportadores e RNAm ou mensageiros. Constituído de apenas uma fita de nucleotídeos. A pentose é a ribose. As bases nitrogenadas são: adenina (A), guanina (G), citosina (C) e uracila (U).

13 Dogma Central da Biologia Molecular Duplicação: DNA DNA Transcrição: DNA RNA Tradução: RNA proteínas

14 Autoduplicação do DNA Duplicação ou replicação Processo SEMICONSERVATIVO (porque cada fita de molécula mãe se conserva numa das moléculas filhas). A duplicação desencadeia o mecanismo da reprodução celular, garantindo o desenvolvimento dos organismos e a continuidade da vida, ao transferir as informações biológicas de pai para filho.

15

16 Transcrição Formação de uma fita de RNA, a partir de uma sequência do DNA.

17 Tradução leitura dos códons do RNAm, para a formação da proteína.

18 VITAMINAS São substâncias orgânicas de natureza química heterogênea que atuam como coenzima, ativando enzimas fundamentais no processo metabólico dos seres vivos. Ao contrário dos glicídios, lipídios e proteínas, não tem função estrutural, nem função energética; além disso, são exigidas pelo organismo em doses mínimas. Cada vitamina tem um papel biológico específico; portanto, nenhuma vitamina pode substituir outra vitamina diferente. As vitaminas podem ser classificadas de acordo com a sua solubilidade em lipídios ou água. vitaminas lipossolúveis – A,D,E,K vitaminas hidrossolúveis - C e complexo B As vitaminas são produzidas pelas plantas clorofiladas e por certos organismos unicelulares. Os animais adquirem as vitaminas de que necessitam através dos alimentos que ingerem.


Carregar ppt "PROTEÍNAS Funções das Proteínas Estrutural: queratina (cabelo e unha). Hormonal: insulina. Defesa: anticorpos. Resistência a tecidos: colágeno. Contração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google