A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tratamento Percutâneo & Transapical da Estenose Aórtica Resultados do Programa CoreValve Rogério Sarmento-Leite, MD, PhD Diretor Técnico do Laboratório.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tratamento Percutâneo & Transapical da Estenose Aórtica Resultados do Programa CoreValve Rogério Sarmento-Leite, MD, PhD Diretor Técnico do Laboratório."— Transcrição da apresentação:

1 Tratamento Percutâneo & Transapical da Estenose Aórtica Resultados do Programa CoreValve Rogério Sarmento-Leite, MD, PhD Diretor Técnico do Laboratório de Hemodinâmica do ICFUC Professor de Curso do PPG da FUC

2 Potenciais Conflitos de Interesse Apoios educacionais e de pesquisa Abbott Biotronik Cordis CMS Bureau de palestrantes Biotronik B-Braun CMS Consultoria técnica Biotronik Comitê Científico Scitech

3 J Am Coll Cardiol 2006; 48:e1 História Natural….

4 31.8% não são submetidos a intervenção, apesar de sintomas classe III/IV (NYHA) Os Pacientes com Patologias Valvares Recebem o Tratamento de Acordo com as Diretrizes Estabelecidas? 92 hospitais de 25 países 92 hospitais de 25 países 5,001 pacientes. De Abril-Julho, ,001 pacientes. De Abril-Julho, 2001

5 Mortalidade Troca isolada: 9,4% Cir. associada: 20,9% Morbidade Troca isolada: 25,2% Cir. associada: 37,4,9% Cenário da Troca Valvular Aórtica Cirúrgica no Brasil

6 Experiência Clínica Global com CoreValve > de implantes no mundo em 32 países 124 casos no Brasil (julho 2010)!

7 Cateter de Liberação da CoreValve 12Fr Flexible shaft 18Fr Valve capsule Radiopaque tip Radiopaque marker Over-the-wire (0.035 compatible)

8 Transfemoral (preferencial) Subclavia esquerda (acesso alternativo) Trans aorta (exceção) Vias de Acesso Possíveis Transapical (Edwards) Subcávia direita/Carótida (ângulo ruim; > risco) Para CoreValve vasos de >6mm são mandatórios X ? ?

9 Incremento do Acesso Subclávio (Registro Italiano) EuroPCR 2010

10 Comparação entre as Vias de Acesso Sistema Corevalve EuroPCR 2010

11 Resultados da Experiência Clínica Global First in man Relatos de casos Experiências de centros isolados Registros médicos Ensaios clínicos randomizados

12

13 Resultados da Experiência Clínica Global First in man Relatos de casos Experiências de centros isolados Registros médicos Ensaios clínicos randomizados Anatomias complexas Casos inoperáveis Valve-in-Valve Manejo de complicações

14 Resultados da Experiência Clínica Global First in man Relatos de casos Experiências de centros isolados Registros médicos Ensaios clínicos randomizados

15 Siegburg-Bern, Catania & Rotterdam Seattle-USA, TVT 2010

16 Experiências Clínicas Hospital Israelita Albert Eisntein Dante Pazzanese/Hospital do Coração Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul

17 Hospital Albert Einstein N= 24 Idade: 82 anos EUROScore: 19% Sucesso: 92% Mortalidade: 8% Marcapasso: 35% Sobrevida 1 ano: 80% Belo Horizonte-MG, SBHCI 2010

18 Dante Pazzanese/Hospital do Coração N= 11 Idade: 82 anos EUROScore: 28% Sucesso: 100% Mortalidade 30d: 10% Marcapasso: 10% Sobrevida 3m: 80% Belo Horizonte-MG, SBHCI 2010

19 Instituto de Cardiologia do RS N= 16 Idade: 86 anos EUROScore: 18% Sucesso 93% Mortalidade 30d: 12% Marcapasso: 64% Sobrevida 1 ano: 88% Belo Horizonte-MG, SBHCI 2010

20 Gradientes Médios Transvalvares (Eco) (Série IC/FUC RS) Belo Horizonte-MG, SBHCI 2010

21 Classe funcional (NYHA) (Série IC/FUC RS) Belo Horizonte-MG, SBHCI 2010

22 Resultados da Experiência Clínica Global First in man Relatos de casos Experiências de centros isolados Registros médicos Ensaios clínicos randomizados

23 Perfil Clínico dos Pacientes Paris-França, EuroPCR 2010

24 Taxas de Sucesso Paris-França, EuroPCR 2010

25 Mortalidade em 30 dias (todas as causas) Paris-França, EuroPCR 2010

26 Necessidade de Marcapasso Paris-França, EuroPCR 2010

27 Complicações Vasculares Paris-França, EuroPCR 2010

28 Taxa de AVC Paris-França, EuroPCR 2010

29 Regurgitação Aórtica Paris-França, EuroPCR 2010

30 Performance Hemodinâmica Paris- França, EuroPCR 2010

31 Melhora na Classe Funcional (NYHA) 80% dos pacientes trocam de classe funcional 74% sustentam esta situação em 2 anos Paris-França, EuroPCR 2010

32 1 & 2 anos Paris-França, EuroPCR 2010

33 Resultados da Experiência Clínica Global First in man Relatos de casos Experiências de centros isolados Registros médicos Ensaios clínicos randomizados

34 Ensaio Clínico Randomizado IPVA Vs. Tratamento Clínico

35 Ensaio Clínico Randomizado IPVA Vs. Cirurgia

36 Programa CoreValve: Conclusões Técnica já é uma realidade muito promissora! Altos índices de sucesso, mortalidade aceitável. Baixos índices de complicações maiores. Necessidade de marcapasso comum! Melhora no status hemodinâmico & clínico. Experiência global atual advém de estudos observacionais. Performance de longo prazo parece muito boa, mas ainda requer dados mais consistentes. Aguardam-se os resultados de ensaios clínicos antes de extrapolar técnica para pacientes de baixo risco...


Carregar ppt "Tratamento Percutâneo & Transapical da Estenose Aórtica Resultados do Programa CoreValve Rogério Sarmento-Leite, MD, PhD Diretor Técnico do Laboratório."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google