A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IAMSPE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA AO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IAMSPE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA AO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE."— Transcrição da apresentação:

1 IAMSPE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA AO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

2 Grupo de Planejamento Estratégico Dr. David Braga Jr. Renata Maria Ramos Soares Armando Dupeyrat Kuntz Rodrigo Bernardino de Souza Dra. Kátia Antunes Tosi Dra. Mª Beatriz Viana Peres Ana Mª Procópio Felippe Elenice Trópico Dr. Rubens G. Ávila Vivian Naira Bastos Simonato Marcelo dos Santos Millanello

3 Estabelecer os objetivos estratégicos para o IAMSPE. Objetivo:

4 Elaboração do Modelo Organizacional Especialização Técnica Leis Diretrizes e Normas Benchmarking Padrão Diretrizes SES Modelo Proposto ModeloDefinitivo SES IAMSPE Diagnóstico

5 PosicionamentoInstitucional Planejamento Estratégico Estrutura Organizacional Recursos Humanos Qualidade Administração Econômico - Financeira Sistemas de Informação Modelo Proposto Controle Social

6 Planejamento Estratégico - IAMSPE Visão : Metas Estado Atual do Iamspe Ano 2006 Estado desejado para 2011 Plano de Ações Missão : Atuar na promoção da saúde, prevenção de doenças, assistência e reabilitação aos doentes, garantir o acesso à rede de serviços, própria ou contratada, por meio da gestão dos recursos, do ensino, da pesquisa e do aprimoramento, contribuindo para a melhoria de vida de seus contribuintes e beneficiários.. © Gera Cidadania Em 2011 o IAMSPE será reconhecido por seus contribuintes e beneficiários por oferecer maior cobertura no atendimento com melhor qualidade dos serviços de atenção à saúde, e também......

7 Elaboração de Estratégias Para onde queremos ir? Missão Visão Objetivos Organizacionais O que há no ambiente? Análise Ambiental Análise Organizacional Estratégia Organizacional Quais as oportunidades e ameaças que existem no ambiente? O que temos na empresa? O que devemos fazer? Quais as forças e fraquezas que temos na organização? © Gera Cidadania

8 BUSCA DE METODOLOGIA CLIENTES E CONSUMIDORES Beneficiários finais dos esforços organizacionais PESSOAL OPERACIONAL Os funcionários trabalham diretamente afetando a satisfação dos clientes/consumidores DIRETORES Estabelecem os propósitos da organização e a direção geral GERENTES Ajudam o pessoal operacional a executar suas tarefas e resolver problemas SERVEM APÓIAM SUPORTAM

9 Acompanhamento da Implantação 1 Definir o negócio e desenvolver o sentido de missão 2 Definir uma visão e estabelecer os objetivos 3 Formular a estratégia para alcançar os objetivos estratégicos 4 Implementar a estratégia 5 Avaliar os resultados e fazer as correções necessárias As etapas da administração estratégica © Gera Cidadania

10 Atuar na promoção da saúde, prevenção de doenças, assistência e reabilitação aos doentes, garantir o acesso à rede de serviços, própria ou contratada, por meio da gestão dos recursos, do ensino, da pesquisa e do aprimoramento, contribuindo para a melhoria de vida de seus contribuintes e beneficiários. Missão

11 Visão de Futuro Em 2011 o IAMSPE será reconhecido por seus contribuintes e beneficiários por oferecer maior cobertura no atendimento com melhor qualidade dos serviços de atenção à saúde, e também como: Será uma organização autônoma, com atuação orientada para resultados e pautada pelos valores de transparência e humanidade. Formulador e controlador de políticas de promoção, prevenção, reabilitação e assistência à saúde, com foco no usuário; Organização pautada em critérios de eqüidade e integralidade; A melhor relação custo benefício para o usuário; Serviço de fácil acesso para o usuário; Instituição com ampla rede de parcerias.

12 Desenvolvimento e oferta de programas de prevenção e promoção da saúde Atividade hospitalar com foco em especialidade de alta complexidade Gestão descentralizada Sustentabilidade orçamentária e financeira Desenvolvimento da imagem da instituição Diretrizes Estratégicas

13 Lógica da concepção do projeto Declarações Estratégicas Objetivos estratégicos Diretrizes Estratégicas CAMPO INSTITUCIONAL Projetos estratégicos Cadeia de Valor PLANO ESTRATÉGICO

14 I -Ofertar os serviços de modo integral e resolutivo II -Ampliar o acesso aos serviços III-Efetivar ações de comunicação com o cliente Objetivo Estratégico - Grupo 1 Perspectiva Cliente :

15 I - Ofertar os serviços de modo integral e resolutivo A -Políticas. padrões e protocolos de atendimento B - Atender com precisão, presteza, legitimidade e reconhecimento C - Estruturar equipes multidisciplinares; condições de trabalho; remunerar em função de metas; adequação a normas de saúde e segurança no trabalho D - Alocar recursos orçamentários; avaliar e controlar o uso de recursos II- Ampliar o acesso aos serviços A - Aumento da oferta; ações programáticas; agente local; comunicação com usuário; agendamento eletrônico B - Atendimento do usuário na região de sua cidade C - Incrementar parcerias com ambulatórios em órgãos da Administração e associações de funcionários D - Parcerias com entidades credenciadas para fazer triagem E - Utilizar mais o credenciamento, aberto para todos os interessados F - Estabelecer mecanismo de referenciamento sólido no IAMSPE Objetivo Estratégico - Grupo 1 Perspectiva Cliente: Perspectiva Cliente :

16 Objetivo Estratégico - Grupo 1 Perspectiva Cliente: Perspectiva Cliente : III - Efetivar ações de comunicação com o cliente A - Diagnóstico das necessidades do cliente, pesquisa, ouvidoria B - Uso de recursos áudio visuais, tótens de comunicação, manuais C - TIC = tecnologia de informação e comunicação D - Explorar associação da atividade ensino e pesquisa à imagem de credibilidade de serviços (sensibilizar os públicos de interesse)

17 I - Aumentar a Receita II - Otimizar Recursos e Diminuir Despesas Objetivo Estratégico Grupo 2 Perspectiva Financeira

18 I - Aumentar a Receita A - Realizar o Cálculo Atuarial. B -Propor a Contrapartida do Governo do Estado. C- Instituir a Co-Participação Financeira do usuário nos custos da assistência. D - Vender Serviços. II - Otimizar Recursos e Diminuir Despesas A - Aprimorar o Gerenciamento de Custos. B - Redefinir a Gama de Serviços Ofertados. C - Readequar a Política de RH. D - Implantar Sistema de Controle de Metas. E - Descentralizar a Gestão Administrativa. Objetivo Estratégico Financeiro

19 I -Promover a reestruturação institucional II -Implantar gestão da informação III-Implantar um sistema de planejamento e monitorar as ações estratégicas IV Investir na ampliação de programas de prevenção no IAMSPE V -Aprimorar o atendimento dos serviços próprios VI-Ampliar a terceirização de serviços VII-Adequar a tecnologia ao público alvo e a realidade da instituição Objetivo Estratégico - Processos Internos

20 I -Promover a reestruturação institucional A- Mudança da atual estrutura (legislação) – passar de autarquia para organização com maior autonomia – autarquia especial, reduzir níveis hierárquicos – democratização no processo de gestão – agilização – rever o papel dos atuais CEAMAs e escritórios regionais – formalizar o centro de ensino e pesquisa - implementar plano de comunicação para promover a socialização das informações no IAMSPE. B - Desenvolver gestão de qualidade (melhoria continua). Mapear processos de trabalho, conforme nova estrutura. Normatizar procedimentos médicos - protocolos. Sistematização dos processos. Visão sistêmica. Inovação – melhoria de processo. II-Implantar gestão da informação. A - Gestão da informação – modelagem de dados, conforme processos B - Tecnologia da informação – Melhorar/integrar sistemas de informação - Informatização e banco de dados – a partir de processos redesenhados C - Automatizar processos da área administrativa D - Caracterizar a população atendida para dimensionar serviços necessários – perfil do usuário - Produzir um sistema que permita identificação cadastral de toda clientela - Transformações dinâmicas no atendimento -Construção do perfil nosológico–população + envelhecida. III-Implantar um sistema de planejamento e monitorar as ações estratégicas A – formular políticas e monitorar sua implementação Objetivos – Processos Internos

21 IV-Investir na ampliação de programas de prevenção no IAMSPE A - Implementar ações educativas e preventivas B - Atender a diversas secretarias C - Divulgar experiência do HSPE nos programas de prevenção D - Promoção e prevenção para professores, por meio de laboratórios de voz V -Aprimorar o atendimento dos serviços próprios A - Fortalecer o atendimento terciário e quartenário no HSPE B - Acesso dos usuários aos exames subsidiários com maior rapidez C -Criar programa de formação de cuidadores – agilizar alta no hospital – central de voluntariado. D - Ampliar sistema de relacionamento com cliente para orientação e acesso aos serviços E - Maior divulgação dos programas de atendimento do IAMSPE VII- Ampliar a terceirização de serviços A - Para serviços de apoio diagnóstico e serviços de apoio B - Para atendimento aos idosos e crônicos VIII- Adequar a tecnologia ao público alvo e a realidade da instituição Objetivos – Processos Internos

22 1- Investir na qualificação profissional dos funcionários do IAMSPE 2-Fortalecer a imagem institucional valorizando a competência profissional 3-Desenvolver atrativos buscando a retenção do capital intelectual 4- Adequar os programas de aprimoramento com ênfase na promoção da saúde e prevenção de doenças. 5-Incentivar linhas de pesquisa baseadas nas diretrizes (protocolos) da Instituição 6- Desenvolver política de gestão de pessoas Objetivos Estratégicos - Grupo 4 Perspectiva Aprendizado e Crescimento

23 Anexo I Resultados do 1º Seminário de Planejamento Estratégico

24 Anexo II Reconhecimento Institucional Resultados obtidos na análise dos dados primários e secundários.

25 Cadeia de Valor Atividades que permitem transformar insumos em produtos / serviços que agregam valor para cliente. Análises com base na cadeia de valor: 1.Abrangência das atividades; 2.Complementaridade entre as atividades; 3.Alianças/parcerias/contratos na realização das atividades x estratégias de custos. Logística Interna Operações Logística Externa Marketing & Vendas Serviços Infra-estrutura Gerência de recursos humanos Desenvolvimento de tecnologia Aquisição ATIVIDADES DE APOIO MARGEM ATIVIDADES PRIMÁRIAS MARGEM

26 Execução Direta Terceiros/convênios Execução Direta, estrutura de 3º Rede Conveniada LOGÍSTICA INTERNA OPERAÇÕES LOGÍSTICA EXTERNA MKT VENDAS Atendimento domiciliar CEAMAs Rede conveniada Terceiros - GSP Rede conveniada Int. Lavanderia Ensino e Pesquisa Programas de Promoção da Saúde e Prevenção de doenças Transporte de profis- sionais para Atendi- mento domiciliar Definição de valores para convênio s Portal Relação com usuários Ouvidori a Comuni- cação SERVIÇOS HSPEHSPE Ambulatório PS Internação HSPEHSPE Ambulatório PS Internação Organizações Parceiras PRIMÁRIAPRIMÁRIA HSPEHSPE Ambulatório PS Internação Organizações parceiras Aquisição e compras Desenvolvimento de tecnologia da informação Infra-Estrutura Recursos Humanos Distribuição de Materiais, Medicamentos. Alocação de pessoas. Alocação de Atendimentos Agendamento SECUNDSECUND TERCIÁRIATERCIÁRIA Nutrição Cadeia de Valor atual

27 Análise FOFA (swot) (strenghts, weakness, opportunities, threats) Ambiente externo: - Oportunidades; - Ameaças. Ambiente interno: - Pontos fortes; - Pontos fracos.

28 Ambiente externo - Oportunidades Política de RH do Estado Abordagens alinhadas ao conceito de gestão de pessoas em administração pública, abrindo nova perspectiva para a atenção a saúde do servidor, dependentes e agregados; Potencial para aumento de contribuições com a adesão ao IAMSPE de funcionários. Política de Saúde Precedentes de participação do governo em planos de atenção a saúde do funcionário público. Movimentos Econômicos Padrão de atendimento de outros hospitais públicos de São Paulo, que são referência para IAMSPE, não apresenta diferenciações significativas; Área de saúde apresenta conjuntura favorável ao estabelecimento de parcerias com organizações sociais; Demanda para formação e qualificação de profissionais de saúde.

29 Ambiente externo - Oportunidades Sociedade Atividades de ensino e pesquisa contribuem para imagem de credibilidade de serviços de atenção à saúde do servidor; Sensibilidade da sociedade quanto à relevância da prevenção em saúde; Momento político favorável para discussão do papel e inserção institucional do IAMSPE. Tecnologia Possibilidade dos projetos para material e equipamento de cirurgia, para processamento de resíduo hospitalar e para dispensação eletrônica; Formalização da participação em redes de pesquisa nacional e internacional.

30 Ambiente externo - Ameaças Estado e Administração Pública Orçamento público estadual limitado reflexo na possibilidade de contribuição para o IAMSPE; Limitação legal para a venda de serviços e produtos a diversos; Dificuldade de acesso a informações precisas sobre os dados do contribuinte IAMSPE com relação ao valor arrecadado com as contribuições; Dificuldade para ampliação de convênios com entidades prestadores de serviços de saúde no interior. Política de RH no Estado Salários dos servidores (atualmente, 2% de contribuição não cobre custos IAMSPE); Possibilidade de diminuir quadro de contribuições obrigatórias.

31 Ambiente externo - Ameaças Política de Saúde Alegação da inconstitucionalidade do Estado custear serviços para os funcionários (SUS x Visão da assistência médica fechada); Risco de incorporação pelo SUS. Movimentos Econômicos Preço dos serviços conveniados superior à capacidade financeira do IAMSPE; Atratividade e concorrência de planos de saúde oferecidos pela iniciativa privada no interior.

32 Ambiente externo - Ameaças Sociedade Pressão dos usuários por serviços médicos de melhor qualidade (aumento do risco de denúncias); Exposição na mídia sobre novas tecnologias e produtos na área de saúde provocando aumento de demandas pontuais; Questionamento por parte de usuários da obrigatoriedade das contribuições; Mudança de perfil do servidor público estadual que busca serviços do IAMSPE: –envelhecimento e doença do servidor público (alto índice de depressão e hipertensão do funcionalismo - pesquisa governo ESP); –aumento da demanda pelos serviços; –inserção dos agregados na carteira de clientes do IAMSPE.

33 Ambiente interno – Pontos Fortes Produtos e Serviços Implementação de serviços on line; Serviços de alta complexidade ofertados no HSPE e em alguns conveniados; Experiências de parcerias com ambulatórios em órgãos da Administração e associações de funcionários; Competência para trabalhar com idoso no HSPE (PAI, Atendimento domiciliar); Programas preventivos (prevenir, canguru); Acesso eletrônico ao acervo da biblioteca; Pesquisa clínica e revista médica; Referência em queimados e transplantes (atende SUS); Atratividade da residência médica; Assistência domiciliar e cuidados paliativos.

34 Ambiente interno – Pontos Fortes Operações Padronização de Insumos e Medicamentos. Organização e Gestão Consciência entre os entrevistados da necessidade de orientar a gestão do IAMSPE por resultados. Expansão da Ouvidoria para o interior do Estado de SP. Recursos Humanos Sistema coletivo de negociação; Reconhecimento da qualidade do corpo médico; Investimento na qualificação profissional ; Projetos visando a revisão dos plantões, prêmio de incentivo e código disciplinar.

35 Ambiente interno – Pontos fracos Produtos e Serviços Existência de serviços (banco de tecidos) sem regulamentação da ANVISA; Atendimento limitado a 107 municípios do Estado de SP; Rede do interior com atendimento insuficiente para a necessidade (alguns CEAMAS precários e convênios insuficientes); Sinais de fragilidade nos processos de avaliação e controle dos funcionários; Necessidade de revisão em alguns contratos e convênios. Operações Deficiência em mapeamento e modelagem de processos de trabalho; Funcionamento burocrático, não alinhado à natureza das atividades; Deficiências na reposição de material cirúrgico; Prédio da residência médica condenado; Mecanismo deficiente para o controle do acesso aos serviços (inexistência de cartão magnético); Dificuldade para gerenciar o aumento da demanda (formação de filas); Inexistência de sistemática para triagem de pacientes no atendimento ambulatorial.

36 Ambiente interno – Pontos Fracos Organização e Gestão Dificuldade para implantar um modelo de gestão com foco em resultados; Regimento interno desatualizado; Estrutura verticalizada, com excesso de níveis hierárquicos; Monitoramento do perfil da demanda não estruturado; Existência de unidades informais (15 CEAMAS e unidades no IAMSPE); Ausência de projetos estruturados para creditação e outras certificações; Divergências internas sobre o grau de centralização x descentralização de compras. Sistema de Informações Processos de gestão dos convênios (DECAM) em informatização; - ponto forte; Carência de pontos de rede e equipamentos de TI atualizados; Inexistência do sistema informatizado de apoio à gestão, bem como de relatórios gerenciais, Sistema de Informação operacional não automatizado, não integrado e ineficiente.

37 Ambiente interno – Pontos Fracos Tecnologia para Prestação dos Serviços Sucateamento de equipamentos em determinados serviços. Recursos Humanos Inadequação do quadro de servidores às necessidades atuais (carência de profissionais de TIC, carência de enfermeiras e de especialização, desequilíbrio entre médicos no atendimento ambulatorial e nas atividades de pesquisa, carência de executivos públicos); Alta rotatividade do quadro de pessoal, devido à baixa atratividade em relação ao mercado (baixa retenção de residentes); Carência de sistema de remuneração variável com base na produção do grupo; Política de gestão de pessoas ineficiente; Grau de informatização de atividades relacionadas a gestão de pessoas ainda é insuficiente; Ocorrências de desvio de função.

38 Ambiente interno – Pontos Fracos Orçamento e Finanças Déficit orçamentário: –contribuição média de R$ 20,00 dos servidores, mas não por beneficiários; Risco de carência de recursos para investimento em equipamentos; Dificuldade de identificar novas fontes de receita e captar recursos; Inexistência de sistema de gestão de custos.

39 SECRETARIA DA SAÚDE

40


Carregar ppt "IAMSPE INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA AO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google