A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Lógico Transformação ER para o Modelo Relacional (nível lógico) Baseado em Regras –São aplicáveis a maioria dos casos 1 esquema ER pode gerar N.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Lógico Transformação ER para o Modelo Relacional (nível lógico) Baseado em Regras –São aplicáveis a maioria dos casos 1 esquema ER pode gerar N."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto Lógico Transformação ER para o Modelo Relacional (nível lógico) Baseado em Regras –São aplicáveis a maioria dos casos 1 esquema ER pode gerar N esquemas Relacionais –Há várias maneiras de implementar (nível lógico) uma representação abstrata (DER)

2 Projeto Lógico O mapeamento deve levar em conta: –A performance do BD Evitar junções Diminuir o Número de Chaves –Evitar criação de índices em excesso Evitar Campos Opcionais –Simplificar o desenvolvimento das aplicações

3 Projeto Lógico Passos para transformação ER Relacional: 1)Tradução inicial de Entidades e seus Atributos 2)Tradução de Generalizações/Especializações 3)Tradução de Relacionamentos e seus Atributos

4 Regra Inicial: –Cada entidade é traduzida para uma tabela –Cada atributo da entidade gera uma coluna na tabela –Atributos identificadores das entidades serão as chaves primárias da tabela Mapeamento de Entidades e Atributos

5 Livros Edicao Titulo ISBN Livros (ISBN, Titulo, Edicao)

6 Mapeamento de Entidades Fracas Identificador da entidade forte torna-se: –Parte da chave primária da Tabela Fraca –Chave estrangeira na Tabela Fraca Dependentes (Codigo, NroSequencia, Nome) Dependentes Filiação Sócios NroSequencia Codigo Nome (0,N)(1,1)

7 Mapeamento de Atributos Clientes Nome CNH (0,1) (1,N) Endereço Rua CEP Bairro Clientes (RG, Nome, CNH, Rua, Bairro, CEP) (RG, ) ou (RG, ) RG

8 Mapeamento de Especializações Três alternativas: 1.Tabela única para toda hierarquia 2.Tabelas para entidade genérica e entidades especializadas 3.Tabelas somente para as entidades especializadas

9 Mapeamento de Especializações 1) Tabela única para toda hierarquia Pessoas RG Jurídica CNPJ Física CPF Endereço Pessoas (RG, Nome, Endereco, Tipo, CPF, CNPJ) Nome

10 Mapeamento de Especializações 2) Tabelas para entidade genérica e entidades especializadas Pessoas RG Jurídica CNPJ Física CPF Endereço Nome Pessoas (RG, Nome, Endereço) Física (RG, CPF) Jurídica (RG, CNPJ)

11 Mapeamento de Especializações 3) Tabelas somente para as entidades especializadas * Não se aplica a especializações parciais Pessoas RG Jurídica CNPJ Física CPF Endereço Nome Física (RG, Nome, Endereço, CPF) Jurídica (RG, Nome, Endereço, CNPJ)

12 Mapeamento de Relacionamentos Alternativas de Mapeamento de Relacionamentos: –Entidades relacionadas podem ser fundidas em uma única tabela –Criar tabela para o Relacionamento –Adição de colunas a uma das tabelas para representar o relacionamento (chave estrangeira) Alternativa depende da cardinalidade mínima e máxima do relacionamento

13 Relacionamento 1:1 Relacionamento obrigatório em ambos sentidos –Alternativa: Fusão das Entidades Eventos Comissões organização (1,1) Eventos (Código, Nome, DataInstCom, NroCom, NomeCom) NomeCódigo NomeNúmero DataInstalacao

14 Relacionamento 1:1 Relacionamento opcional em um dos sentidos –Alternativa1: Fusão das Entidades Áreas controle (1,1) (0,1) Bibliotecárias NomeCódigo Bibliotecárias (Código, Nome, CodigoArea, NomeArea, Periodicidade) NomeCódigo Periodicidade

15 Relacionamento 1:1 Relacionamento opcional em um dos sentidos –Alternativa2: Chave Estrangeira em uma das tabelas Áreas controle (1,1) (0,1) Bibliotecárias NomeCódigo Bibliotecárias (Código, Nome) Áreas (Código, Nome,CodBiblio, Periodicidade) NomeCódigo Periodicidade

16 Relacionamento 1:1 Relacionamento opcional em ambos os sentidos –Alternativa1: Criar tabela para o relacionamento Mulheres casamento (0,1) Homens NomeRG Homens (RG, Nome) Mulheres (RG, Nome) Casamento (RGH, RGM, Regime) NomeRG Regime

17 Relacionamento 1:1 Relacionamento opcional em ambos os sentidos –Alternativa2: Chaves estrangeiras em uma das tabelas Mulheres casamento (0,1) Homens NomeRG Homens (RG, Nome, [RGM]) Mulheres (RG, Nome, RGH, Regime) NomeRG Regime

18 Relacionamento 1:N Relacionamento obrigatório ou opcional no lado N Editoras publicacao (1,1)(0,N) Livros Título ISBN Nome Código Data Editoras (Código, Nome) Livros (ISBN, Título, CodEditora, DataPublicacao)

19 Relacionamento 1:N Relacionamento opcional no lado 1 –Alternativa1: Criar tabela para relacionamento com chave primária da tabela do lado N Estante localização (0,1)(0,N) Livros Título ISBN Capacidade Número NumeroControle Estantes (Número, Capacidade) Livros (ISBN, Título) Localização (Número, ISBN, NumeroControle)

20 Relacionamento 1:N Relacionamento opcional no lado 1 –Alternativa2: Chave estrangeira na tabela do lado N Estante localização (0,1)(0,N) Livros Título ISBN Capacidade Número NumeroControle Estantes (Número, Capacidade) Livros (ISBN, Título, Número, NumeroControle)

21 Relacionamento N:N Relacionamento obrigatório ou opcional em ambos os sentidos Livros Pedidos ItemPedido (0,N) Titulo ISBN Numero Quantidade Livros (ISBN, Titulo) Pedidos (Número, OrdemCompra) ItemPedido (ISBN, Numero, Quantidade) OrdemCompra

22 Auto-Relacionamento Aplicar as mesmas regras para relacionamentos Bibliotecárias supervisão Supervisionada Supervisora (0,N) (1,1) NomeCódigo Bibliotecárias(Código, Nome) Supervisão(CodSupervisionada, CodSupervisora) ou Bibliotecárias(Código, Nome, CodSupervisora)

23 Relacionamentos com Entidades Associativas Alternativa1: Clientes empréstimo Livros (0,1)(0,N) cadastro (1,1) (0,N) Bibliotecárias Livros (Código,..., RGCliente, DataDevolução, RGBiblio) Clientes (RGCliente,...) Bibliotecárias(RGBiblio,...) DataDevolução Empréstimos

24 CartõesMagnéticos Contas Concessão Clientes vínculo (1,N) (1,1) (0,1) Correntista(RG, Número) CartõesMagnéticos(Número, DataExp, RG, NroConta) Número DataExp RG Número Correntistas Alternativa 2: Relacionamentos com Entidades Associativas

25 Caso N:N:N Relacionamentos Ternários (1,N) Instituições Pesquisadores Projetos Pesquisa (1,N) (0,N) Sigla Número RG DataInício Instituições (Sigla,...) Projetos (Número,...) Pesquisadores (RG,...) Pesquisa (Sigla, Número, RG, DataInício)

26 Relacionamentos Ternários (0,1) Produtos Distribuidores Cidades Distribuição (0,N) Código Produtos (Código,...) Cidades (Código,...) Distribuidores (RG,...) Distribuição (CodProduto, CodCidade, RG) RG Caso 1:N:N

27 (1,1) Correspondências Carteiros Bairros Entrega (0,N) (1,1) Código Bairros (Código,...) Carteiros (RG,...) Correspondências (CodCarta, Peso, CodBairro, RG,...) Peso RG Relacionamentos Ternários Caso 1:1:N

28 Relacionamentos Ternários (1,1) Painéis Latarias Veículo (1,1) Código Fabricante Peso Veículo (Código, PesoPainel, CodMotor, FabrMotor, CodLataria, ModLataria) Motores Modelo Caso 1:1:1

29 Dicionário de Dados Relação Médicos AtributoDomínioTamanhoRIDescrição codmNuméricochave primáriaCódigo do Médico nomeTexto50Nome do Médico cpfTexto20Índice únicoCPF do Médico nroadNuméricochave estrangeira para relação Ambulatórios Número do ambulatório q o Médico dá atendimento

30 Mapear o DER para Relacional:


Carregar ppt "Projeto Lógico Transformação ER para o Modelo Relacional (nível lógico) Baseado em Regras –São aplicáveis a maioria dos casos 1 esquema ER pode gerar N."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google