A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é a Pesquisa? Procedimento sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos; A Metodologia Científica propicia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é a Pesquisa? Procedimento sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos; A Metodologia Científica propicia."— Transcrição da apresentação:

1 O que é a Pesquisa? Procedimento sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos; A Metodologia Científica propicia a utilização cuidadosa de métodos, técnicas e outros procedimentos científicos

2 Considerações iniciais sobre a seleção do tema de pesquisa O que pesquisar? Por onde começar? Que critérios devem ser observados na construção de um objeto de estudo?; Os temas para o desenvolvimento de uma pesquisa podem surgir: - da observação do cotidiano, através do qual, direcionando o seu olhar, o pesquisador poderá descobrir problemas interessantes;

3 - da vida profissional, que suscita a vivência de muitas situações dilemáticas que podem ser pensadas como projetos de pesquisa; - de contato com especialistas, de maneira individual ou coletiva (através de conferências, seminários, etc), que costumam proporcionar o levantamento de novas questões;

4 - do estudo da literatura especializada, que pode indicar controvérsias e lacunas a serem preenchidas; - da criatividade, da descoberta repentina e algumas vezes casual de um problema a ser investigado

5 Pontos fundamentais para a escolha do tema Interesse pelo tema; Familiaridade; Motivação Lembre-se: Na escolha de um tema de pesquisa, a opção ideal é unir uma grande motivação com uma certa familiaridade!

6 Primeiras aproximações ao tema O pesquisador define o problema de pesquisa; O pesquisador foca nos elementos do cotidiano; Pesquisador recorre ao levantamento de documentos

7 Levantamento de dados (documentação indireta) Para a obtenção de dados podem ser utilizados três procedimentos: pesquisa documental (ou de fontes primárias), pesquisa bibliográfica (ou de fontes secundárias) e contatos diretos

8 Pesquisa documental Documento é qualquer informação sob a forma de textos, imagens, sons, sinais etc, contida em um material (papel, madeira, pedra), fixados por técnicas especiais como impressão, gravação, pintura… Quaisquer informações orais (diálogo, exposição, aula, reportagens faladas) tornam-se documentos quando transcritas em suporte material; Exemplos: dados históricos, bibliográficos e estatísticos; material cartográfico; arquivos oficiais e particulares; documentação pessoal (diários, memórias, autobiografias); correspondência pública ou privada

9 Pesquisa bibliográfica Caracteriza-se a pesquisa bibliográfica pela identificação e análise dos dados escritos em livros, artigos de revistas, dentre outros. Sua finalidade é colocar o investigador em contato com o que já se produziu a respeito do seu tema de pesquisa; Exemplo: imprensa em geral e obras literárias

10 Contatos diretos O esforço de levantar dados pode ser realizado através de contatos diretos. Isso significa que o pesquisador deve conversar informalmente com pessoas que podem fornecer dados ou sugerir possíveis fontes de informações úteis

11 Questionário – consiste na formulação de perguntas objetivas; Entrevistas - normalmente utilizada para ajudar no diagnóstico de um problema social. Existem três tipos básicos de entrevistas: Entrevista estruturada – segue um roteiro, Não-estruturada – perguntas abertas, liberdade do pesquisador Painel – repetição de perguntas, de tempo em tempo, às mesmas pessoas

12 Formas básicas de organização do trabalho científico Formas de conhecer melhor o material selecionado. Sugiro três tipos de sistematização: fichamento, resumo, resenha; Fichamento - Você pode recorrer a dois tipos de fichamentos para organizar o seu material. O primeiro tipo de fichamento é o mais simples, denominado de fichamento bibliográfico, e serve como um guia de busca. O segundo tipo de fichamento é mais elaborado, é aquele que recorre à ficha de leitura.

13 Ficha bibliográfica Título: Autor(a): Referência bibliográfica: Indicado para: Referências importantes/ Anotações Esse tipo de fichamento tem como objetivos: Evitar pesquisas com a mesma abordagem; Estabelecer uma visão global e crítica a respeito do problema e das hipóteses levantadas na pesquisa; Iniciar o guia bibliográfico, indicando a bibliografia básica e complementar para a temática proposta

14 Ficha de leitura Título: Autor(a): Referência bibliográfica: Indicado para: Resumo Colocar o resumo das ideais do autor: apresentar com vocabulário próprio, por tópicos e por escrito a compreensão do texto. Citações importantes Apresentar algumas passagens do texto consideradas mais relevantes (não esquecendo de registrar sempre o número da página). Comentários Interpretação do texto: Iniciar um diálogo com o autor, incorporando ou questionando posições assumidas.

15 Resumo É um pequeno texto que destaca as idéias essenciais do texto-base, procurando guardar uma fidelidade ao texto original. Qualquer que seja o tipo de resumo, atente para as seguintes dicas: A primeira coisa que deve ser escrita no resumo é a referência bibliográfica do texto-base. Faça um cabeçalho e escreva a referência completa; Procure ser fiel ao texto original, buscando reproduzir as idéias do autor, mesmo quando estiver usando as suas próprias palavras; Destaque a idéia principal do texto e os detalhes mais importantes; Sublinhe o texto. Mas faça isso sempre numa segunda leitura

16 Resenha Resenha indica trabalho de síntese, uma análise resumida de produções científicas ou não, podendo ser seguida de apreciação crítica. Existem dois tipos de resenha: a informativa (considerada também como resumo informativo) e a crítica (que contempla uma apreciação, um julgamento explícito). Para fazer uma resenha crítica, deve-se elaborar um julgamento sobre a obra. Para tanto, você pode fazer dois tipos de crítica: A crítica externa, que ressalta a importância da obra no seu contexto histórico, social, cultural e filosófico; A crítica interna, que se dedica ao exame do conteúdo da obra, julgando-o

17 O referencial teórico Depois de organizado o levantamento inicial, é necessário especificar que aspectos do tema você pretende privilegiar na sua investigação. Esse é o momento da problematização do tema e da sua delimitação

18 O problema de pesquisa O problema é um fato, o fenômeno que ainda não possui respostas ou explicações. Trata-se de uma questão ainda sem solução e que é objeto de discussão, em qualquer área de domínio do conhecimento

19 Como formular um problema? Todo problema deve ser formulado como pergunta O problema deve ser claro e preciso O problema deve ser empírico O problema deve ser suscetível de solução O problema deve ser delimitado a uma dimensão viável

20 Sobre a delimitação do problema Ao delimitar a questão você deverá responder a uma série de indagações: a questão é relevante? Mesmo que seja um tema interessante é adequado para mim? Tenho fontes de consulta acessíveis e de fácil manuseio? Delimitando o tema e o problema, uma direção é tomada. Essa direção pode indicar possíveis respostas, mesmo que provisórias

21 O que são hipóteses? A hipótese é a proposição testável que pode vir a ser a solução do problema. Ou seja, a hipótese é uma suposição formulada pelo(a) pesquisador(a) a respeito de possíveis soluções a um problema colocado na pesquisa; Problema - Quem se interessa por parapsicologia? Hipótese - Pessoas preocupadas com a vida após a morte tendem a manifestar interesse por parapsicologia

22 Fases da Pesquisa Científica

23 Todo o trabalho acadêmico deve apresentar uma lógica interna; deve expor idéias obedecendo uma coerência entre os tópicos abordados e, no interior destes, um encadeamento lógico de idéias

24 Estrutura do trabalho científico Elementos pré-textuais: São as informações que antecedem o texto principal do trabalho: capa, folha de rosto, errata (opcional), folha de aprovação, dedicatória (opcional), agradecimentos e epígrafe (opicionais), resumo em português e língua estrangeira, listas (ilustrações, tabelas, figuras, gráficos, etc), e sumário

25 Elementos textuais: Constituídos pelas partes do trabalho em que é exposto o conteúdo – introdução, desenvolvimento e conclusão; Elementos pós-textuais: Parte composta pelas referências, glossário, apêndice e anexos. São elementos relacionados com o texto, mas apresentados após a parte textual

26 Apresentação Gráfica – Normas Gerais a) Papel Os trabalhos devem ser apresentados em papel branco, tamanho A-4 (21cm x 29,7cm), digitado na cor preta; b) Alinhamento Justificado

27 c) Espacejamento As NBR 6023 e recomendam a utilização do espacejamento 1,5 entrelinhas no texto e entre uma referência e outra; OBS: Nas citações longas (mais de três linhas), nas notas de rodapé, nas legendas das ilustrações e tabelas, utiliza-se espacejamento simples

28 d) Margem: Margem folha: superior e esquerda: 3cm. Direita e inferior: 2cm Parágrafo: a 1,25 cm da margem esquerda e) Fonte: Formato: Arial ou Times new Roman Tamanho 12: Texto e Referências

29 e) Fonte: Tamanho 10: citações longas, notas de rodapé, legendas das ilustrações e tabelas, paginação; Para títulos de seções: Tamanho 12, maíuscula, negrito, espaço simples f) Paginação: Todas as folhas são contadas sequencialmente a partir da página de rosto, porém somente são númeradas a partir da primeira folha da parte textual em algarismos arábicos. Canto superior direito da folha, a 1,5 cm da borda superior, e a 2 cm da borda direita

30 Elementos pós-textuais nas normas a) Referências Bibliográficas Informações indispensáveis à identificação do documento – a mais usual: SOBRENOME DO AUTOR (Ma), Nome (mi). Título: subtítulo. Edição. Local: Editor, data.

31 b) Citações: É uma menção no texto, de uma informação colhida em outra fonte (escrita ou oral), para esclarecimento do assunto em discussão, ou para sustentar o que se afirma. Todas as obras citadas em um trabalho devem constar nas referências, em ordem alfabética


Carregar ppt "O que é a Pesquisa? Procedimento sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos; A Metodologia Científica propicia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google