A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Algoritmos Escher. Agenda Estruturas Seqüências; Exercícios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Algoritmos Escher. Agenda Estruturas Seqüências; Exercícios."— Transcrição da apresentação:

1 Algoritmos Escher

2 Agenda Estruturas Seqüências; Exercícios.

3 Estruturas Seqüências Instruções Básicas: nAs instruções a serem implementadas em um computador para a execução de um determinado programa são representadas por um conjunto de palavras-chave (palavras reservadas). (Manzano & Oliveira) Para criar um programa que seja executável dentro de um computador, é preciso ter em mente três pontos: dados de entrada, processamento e dados de saída.

4 Estruturas Seqüências Atribuição: nÉ a principal forma de se armazenar um dado em uma variável. Esse comando permite que você forneça um valor a uma variável, onde o tipo desse valor tem de ser compatível com a variável. É definido por: Onde... identificador <- expressão;

5 Estruturas Seqüências Atribuição - Legenda: nidentificador - é o nome da variável à qual está sendo atribuído um valor. n <-é o símbolo de atribuição, formado pelos sinais < e -. n expressãopode ser uma expressão aritmética, uma expressão lógica ou literal cuja avaliação (resultado) é atribuída ao identificador (variável). n ;finaliza o comando.

6 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nExemplo 1: x <- 10; nComo se lê? A variável x recebe o valor 10 ou x recebe 10. n O que faz o computador? Nesse momento, na memória do computador, onde já estava alocado um espaço para a variável x (realizado na declaração de variáveis), essa variável recebe o valor 10.

7 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nExemplo 2: x <- a + b; nComo se lê? A variável x recebe o resultado do conteúdo da variável a somado ao conteúdo da variável b ou x recebe o valor de a somado a b ou, ainda, x recebe a + b. nO que faz o computador? Nesse momento, na memória do computador, onde já estava sendo alocado espaço para variáveis a, b e x, o conteúdo da variável x vai receber a soma do conteúdo de a e b.

8 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nExemplo 3: nx <- 1;x recebe o valor 1. ny <- x;y recebe o conteúdo que está em x; mas como x vale 1, y vai receber 1, que é o conteúdo de x. n sal < ; sal recebe o valor

9 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nnome <- GUTO; a variável nome recebe a string GUTO. nchr <- g; a variável chr recebe o caractere g. n str <- chr; str recebe o conteúdo de chr que é g. gg

10 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nEntão podemos resumir o exemplo 3 como: x e y são duas variáveis inteiras; sal é uma variável do tipo real; nome é uma variável do tipo caractere; chr e str são variáveis do tipo char. nConclusão: O comando de atribuição é muito importante em algoritmos. Devido a flexibilidade que ele nos possibilita.

11 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nExemplo 4: n Qual o objetivo do algoritmo acima? O conteúdo das variáveis A e B é trocado. No final a variável A está com o valor 20 e a variável B está com o valor 10. Notem a variável auxiliar (AUX).

12 Estruturas Seqüências Atribuição - Exemplos: nExemplo 5: n Obs.: Os operadores ++ e - - são operadores de incremento e decremento, usados para realizar operações de adição e subtração. x++ ; é equivalente a: x <- x+ 1; y-- ; é equivalente a: y <- y – 1;

13 Estruturas Seqüências Comando de Saída: nÉ o comando responsável por enviar um resultado, uma informação ao usuário. nAtravés desse comando o computador pode emitir os resultados e outras mensagens para o usuário através da tela do computador ou uma impressora. É definido por: O valor de cada variável é buscado na memória e inserido em um dispositivo de saída. imprima expressão ou variável ou constantes ;

14 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo11 imprima "Aprendendo Algoritmo!!!"; fimprog nSaída:

15 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo12 imprima "Aprendendo Algoritmo !!!"; imprima "Com Anita e Guto"; fimprog nSaída: Cuidado: temos duas linhas de comandos, mas apenas uma linha no vídeo.

16 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo13 imprima "Aprendendo Algoritmo!!!"; imprima "\n Com Anita e Guto"; fimprog nSaída: O símbolo \n poderá ser colocado ao final da linha anterior ou no início da próxima linha e produzirá o efeito de pular linha.

17 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo15 imprima "Aprendendo Algoritmo \n Com Anita e Guto\n\n E implementando no UAL\nFica muito mais facil!! "; # digite tudo na mesma linha fimprog nSaída: Observe que podemos, usando um único comando imprima e fazendo uso do símbolo \n, mostrar várias mensagens em várias linhas, inclusive deixando linha em branco quando colocamos \n\n.

18 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo16 int x; x <- 10; imprima x ; fimprog nSaída: x é declarado e recebe o valor 10, ficando armazenado na memória do computador. Quando o comando imprima é executado, o valor de x, da memória do computador, é exibido pelo comando imprima no vídeo.

19 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo17 int x; x <- 10; imprima "Valor de x = ", x; fimprog nSaída: Esse trecho permite a exibição de uma mensagem e do conteúdo de uma variável na tela do computador.

20 Estruturas Seqüências Saída - Exemplos: prog algoritmo18 int x; x <- 10; imprima "Valor de x = ", x+1; fimprog nSaída: Esse trecho é bem parecido com o anterior. O conteúdo da variável x é copiado da memória e acrescido de um, sendo impresso, após a string, sem alterar o valor de x na MP.

21 Estruturas Seqüências Comando de Entrada: nÉ o comando que permite que o usuário digite dados, possibilitando um diálogo com o computador. nO dado digitado é armazenado temporariamente em um registrador e, depois, copiado para a posição de memória indicada no comando.

22 Estruturas Seqüências Comando de Entrada: nLembre-se de que o nome de uma variável representa uma posição de memória. A sintaxe para a leitura de dado é definida por: leia nome de uma variável ;

23 Estruturas Seqüências Entrada- Exemplos: nExemplo 1: leia nome; nComo se lê? Leia um valor para a variável nome. n O que faz o computador? O computador fica esperando o usuário digitar um dado; neste exemplo, um nome:Maria. A variável nome, tendo sido declarada como string, recebe o valor Maria. Para facilitar, o dado digitado é sempre mostrado na tela.

24 Referências nLopes, A. & Garcia, G. – Introdução a Programação. nSchildt – C Completo e Total.

25 Obrigado

26 E Agora??? Exercícios!!!


Carregar ppt "Algoritmos Escher. Agenda Estruturas Seqüências; Exercícios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google