A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Digestivo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Digestivo."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Digestivo

2 Sistema Digestivo - Função
Ingestão Digestão Absorção Eliminação de fezes

3 Sistema Digestivo - Morfologia
Tubo digestivo Glândulas anexas Glândulas salivares Fígado Pâncreas Boca Faringe Esófago Estômago Intestino delgado Intestino grosso Recto e ânus O tubo digestivo tem aproximadamente 9 metros de comprimento

4 Sistema digestivo Boca Faringe Glândulas salivares Esófago Fígado
Estômago Vesícula biliar Pâncreas Intestino delgado Intestino grosso Recto

5 Boca  Início do tubo digestivo Dentes e Língua
Glândulas salivares (saliva) Epiglote

6 Faringe (comum ao sistema respiratório e ao sistema digestivo)
Orgão tubular do tubo digestivo, que faz a ligação entre a boca e o esófago. Esófago  Tubo muscular que liga a faringe ao estômago, conduzindo os alimentos ingeridos até este.

7 Piloro Estômago  Orgão em forma de bolsa, de parede muito musculosa, situado entre o esófago (valva - cárdia) e o duodeno (valva - piloro).  Glândulas gástricas (suco gástrico)

8 Intestino Delgado  Orgão mais longo do tubo digestivo (6 a 7 metros de comprimento)  dobrado várias vezes sobre si.  Entre o estômago e o intestino grosso, divide-se em três regiões: duodeno (inicial), jejuno (central) e íleo (final)  duas últimas de difícil diferenciação - jejunoílleo.

9 Intestino Delgado A nível, principalmente do jejuno, ocorre a absorção dos nutrientes. Também se encontra recoberta por inúmeras projeções em forma de dedos de luva-as vilosidades e/ou microvilosidade. Estas possuem no interior uma pequena rede de capilares sanguíneos e um vaso linfático, que auxiliam na absorção dos nutrientes

10 Intestino Grosso  Apresenta um diâmetro maior que o intestino delgado e tem 1,5 metros de comprimento.  É formado pelo cólon ascendente, cólon transverso e cólon descendente. Este último termina no reto que abre para o exterior pelo ânus.

11 Fígado e pâncreas Fígado Glândula anexa ao sistema digestivo.
Localiza-se na zona superior direita da cavidade abdominal, abaixo do diafragma, recobrindo parcialmente o estômago. Produz a bílis, que é armazenada na vesícula biliar e depois libertada no duodeno. Funções do fígado: Controlar os níveis de glicose no sangue; Metabolizar aminoácidos e gorduras, Armazenar vitaminas e minerais, Eliminar elementos tóxicos, como medicamentos e toxinas do sangue; Produzir proteínas do plasma; Gerar calor, ajudando o corpo a manter-se quente.

12 Fígado e pâncreas Pâncreas
Órgão anexo ao sistema digestivo, situado na zona superior esquerda da cavidade abdominal. Apresenta-se como um órgão com um aspeto alongado e achatado. Glândula mista: Produz e liberta para o intestino delgado (duodeno) o suco pancreático; Produz insulina e glucagon (hormonas com intervenção na regulação dos níveis de açúcar no sangue). Funções do fígado: Controlar os níveis de glicose no sangue; Metabolizar aminoácidos e gorduras, Armazenar vitaminas e minerais, Eliminar elementos tóxicos, como medicamentos e toxinas do sangue; Produzir proteínas do plasma; Gerar calor, ajudando o corpo a manter-se quente.

13 Sistema Digestivo - Função
Os alimentos ingeridos têm de ser transformados em substâncias utilizáveis (NUTRIENTES) pelo organismo. Esta transformação envolve vários fenómenos físicos e químicos. Estes fenómenos ocorrem ao longo do tubo digestivo com o auxílio de vários órgãos (glândulas anexas) que lançam nele os seus produtos. Transformar os alimentos ingeridos nos nutrientes necessários para o desenvolvimento e manutenção do organismo e permitir a sua absorção.

14 Digestão Consiste no desdobramento das grandes moléculas (nutrientes) presentes nos alimentos em constituintes mais simples, que são absorvidos para o sangue e a linfa. Digestão mecânica Mastigação e mistura dos alimentos Digestão química Acção de enzimas digestivas

15 Digestão Digestão mecânica:
É a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. Os processos mecânicos são controlados pelo sistema nervoso. Digestão química É a transformação das moléculas mais complexas em moléculas mais simples através da ação dos sucos digestivos que contêm enzimas. Os processos químicos dependem de estímulos do sistema neuro-hormonal.

16 Sucos digestivos (enzimas)
Digestão Digestão mecânica Digestão química Língua Dentes Movimentos peristálticos Sucos digestivos (enzimas) Digestão

17 Digestão química - Enzimas
São moléculas orgânicas de natureza proteica. Aceleram as reações químicas. São específicas (atuam sobre “uma só” substância). A sua ação é influenciada pela temperatura e pH. Classificadas em função da substância sobre a qual atuam. A sua designação termina geralmente, com o sufixo ase. As enzimas catalisam reacções catabólicas e anabólicas. As enzimas são classificadas em função da substância sobre a qual actuam e a sua designação termina geralmente, com o sufixo ase.

18 Onde tudo começa… Digestão na boca
Mecânica - através da acção dos dentes (mastigação) e da língua os alimentos são misturados com a saliva (ensalivação). Química - a saliva possui amílase salivar (enzima digestiva) que provoca a transformação química do amido (glícido) em moléculas mais pequenas (maltose e lactose). Os alimentos transformam-se no bolo alimentar. O bolo alimentar é empurrado pela língua em direção à faringe; nesta, a epiglote tapa o acesso às vias respiratórias, seguindo o bolo alimentar para o esófago – DEGLUTIÇÃO.

19 Continua… No esófago Empurrado pelos movimentos musculares da parede do esófago - movimentos peristálticos - o bolo alimentar progride até ao estômago.

20 Mastigação e ensalivação
O bolo alimentar é empurrado da BOCA Alimento Saliva‏ (Ação química) + Dentes e língua (Ação mecânica)‏ Mastigação e ensalivação Bolo alimentar ESÓFAGO O bolo alimentar atravessa o ESÓFAGO Movimentos peristálticos (Ação mecânica) ESTÔMAGO A saliva é constituída, essencialmente, por mucina (com função lubrificante) e amilase salivar ou ptialina (com função enzimática). A amilase salivar é uma enzima que intervém na digestão química do amido, transformando-o em maltose.

21 Um banho ácido… Digestão no estômago
Mecânica – pela ação dos movimentos musculares da parede do estômago-movimentos peristálticos- o bolo alimentar é misturado com secreções gástricas. Química - O suco gástrico (pepsina e ácido clorídrico) é libertado pela parede do estômago. O bolo alimentar é transformado numa mistura líquida - o quimo.

22 Movimentos peristálticos (acção mecânica) + Suco gástrico
Bolo alimentar Movimentos peristálticos (acção mecânica) + Suco gástrico Ácido clorídrico + muco + enzimas (acção química) Quimo Quimo Bílis (acção química) Suco pancreático (acção química) Suco intestinal (acção química) + Movimentos peristálticos (acção mecânica) Quilo O Suco gástrico ou estomacal é produzido pelas glândulas que existem na parede do estômago. O suco gástrico contém muco, enzimas e ácido clorídrico. O muco protege as paredes da acção do ácido clorídrico. As enzimas gástricas são, essencialmente, a prótease (pepsina) que inicia a digestão das proteínas e a lipáse gástrica, que inicia a digestão de alguns lípidos. O Ácido clorídrico baixa o pH do estômago para cerca de 1 a 3, facilitando a acção das enzimas e eliminando a maioria das bactérias que existem nos alimentos. O quimo é uma mistura semilíquida e espessa.

23 Um trajeto sinuoso… Digestão no intestino delgado
Mecânica – pela ação dos movimentos musculares da parede do intestino delgado-movimentos peristálticos- o quimo é misturado com diversas secreções. Química – ação da bílis, suco pancreático e secreções intestinais. O quimo transforma-se no quilo. Função da bílis – emulsionar as gorduras, facilitando a ação das lípases pancreáticas e intestinais, na digestão das gorduras. Suco pancreático – contém várias enzimas, como a amilase pancreática, a tripsina (protease), a lipase pancreática, cuja ação é facilitada pela bílis.

24 Ultrapassando a barreira… Absorção
Depois de digeridos, os alimentos ficam reduzidos à sua forma mais simples-os nutrientes, que juntamente com as substâncias que não sofrem digestão constituem o quilo. A passagem das substâncias nutritivas do quilo para o sangue e para a linfa, que as transportam a todas as células do organismo,tem o nome de absorção digestiva (ou intestinal), a qual se faz, essencialmente, através das vilosidades intestinais que revestem o interior do intestino delgado. Aminoácidos, monossacarídeos, sais minerais, vitaminas hidrossolúveis e alguma água Ácidos gordos e glicerol Vitaminas lipossolúveis

25 Saindo para o exterior… Fezes
Os resíduos dos alimentos, que não foram absorvidos, passam para o intestino grosso, misturadas com água, que é maioritariamente absorvida, e vão formar as fezes, as quais são expulsas para o exterior através do ânus. Composição das fezes (150g/dia) Água 117 g Celulose 20 g Lípidos 2 g Prótidos Inf. 60 mg Pigmentos biliares 250g Amido Vestígios Microorganismos 11 g

26 Movimentos peristálticos
Digestão… Síntese Alimento Bolo alimentar Saliva Mastigação Quimo Suco gástrico Movimentos peristálticos Quilo Suco pancreático Bílis Suco intestinal Acção química Acção mecânica

27 Digestão química… Síntese
BOCA Suco digestivo: Saliva Enzima digestiva: Amilase salivar ESTÔMAGO Suco digestivo: Suco gástrico Enzimas digestivas: Protease (pepsina) INTESTINO DELGADO Sucos digestivos: Suco pancreático Suco intestinal Enzimas digestivas: Amilase pancreática Proteases (tripsina e eripsina), sacarase, lactase maltase e Lipases

28 Digestão química… Síntese
GLÍCIDOS PRÓTIDOS LÍPIDOS Boca Amilase Estômago Proteases Intestino Protease Lipase Maltase Amido Proteínas Triglicéridos Maltose Polipeptidos

29 Digestão química… Síntese
VITAMINAS MINERAIS ÁGUA NUTRIENTES GLÍCIDOS PRÓTIDOS LÍPIDOS pH BOCA Amilase salivar Amido > Maltose Neutro 6,0–7,0 Ácido 1,0–3,5 Básico 7,5–8,3 ESTÔMAGO Protease Proteínas > Polipeptídeos Lipase pancreática Lípidos > Glicerol e Ácidos gordos Lipase intestinal Amilase pancreática Amido > Maltose Maltase Maltose > Glicose Sacarase Sacarose > Glicose e Frutose Lactase Lactose > Galactose e Glicose Protease Proteínas e polip> Péptidos Péptidos > Aminoácidos INTESTINO DELGADO Produtos finais da digestão Glicose Frutose e Galactose Vitaminas Minerais Água Ácidos gordos Glicerol Aminoácidos


Carregar ppt "Sistema Digestivo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google