A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXERCÍCIO. REATÂNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE CONTÍNUA TENSÕES E CORRENTES CONTÍNUAS => RESISTÊNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA TENSÕES E CORRENTES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXERCÍCIO. REATÂNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE CONTÍNUA TENSÕES E CORRENTES CONTÍNUAS => RESISTÊNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA TENSÕES E CORRENTES."— Transcrição da apresentação:

1 EXERCÍCIO

2

3 REATÂNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE CONTÍNUA TENSÕES E CORRENTES CONTÍNUAS => RESISTÊNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA TENSÕES E CORRENTES ALTERNADAS => RESISTÊNCIAS E REATÂNCIAS (são indutâncias ou capacitâncias que se opõe ao fluxo de corrente. Essa oposição denomina- se REATÂNCIA INDUTIVA (Xl) ou REATÂNCIA CAPACITIVA (Xc).

4 REATÂNCIAS CIRCUITO ORIGINAL DE CORRENTE ALTERNADA (DOMÍNIO DO TEMPO) É TRANSFORMADO NUM CIRCUITO ONDE SE UTILIZA FASORES E REATÂNCIAS (DOMÍNIO DA FREQUÊNCIA). VANTAGEM: RESISTÊNCIAS E REATÂNCIAS TEM A MESMA UNIDADE (Ohm).

5 REATÂNCIAS

6 REATÂNCIA INDUTIVA Xl

7 REATÂNCIA CAPACITIVA Xc

8 REATÂNCIAS - exercício

9

10

11 IMPEDÂNCIA

12 FORMA RETANGULAR: PARTE REAL: RESISTOR IMAGINÁRIA: REATÂNCIA (INDUTOR OU CAPACITOR) FORMA POLAR:

13 LEMBRETE IMPORTANTE: REATÂNCIA INDUTIVA PURA: LjX ou 90°LX REATÂNCIA CAPACITIVA: C-jX ou -90°CX Θ > 0 => CIRCUITO INDUTIVO Θ CIRCUITO CAPACITIVO IMPEDÂNCIA

14 EXERCÍCIO:

15

16

17

18

19 DIAGRAMA DE IMPEDÂNCIAS

20 ADMITÂNCIA CIRCUITO DE CORRENTE CONTÍNUA: CONDUTÂNCIA = G = 1/R CIRCUITO DE CORRENTE ALTERNADA: ADMITÂNCIA (SIEMENS) = IMPEDÂNCIA: (onde G é denominado Condutância e B Suscetância.)

21 ADMITÂNCIA (EXERCÍCIO)

22

23

24

25

26 EXERCÍCIO - RESOLUÇÃO

27 ASSOCIAÇÃO EM PARALELO DE IMPEDÂNCIAS EXERCÍCIO:

28 ASSOCIAÇÃO EM PARALELO DE IMPEDÂNCIAS EXERCÍCIO:

29 ASSOCIAÇÃO EM PARALELO DE IMPEDÂNCIAS EXERCÍCIO:

30 POTÊNCIA / FATOR DE POTÊNCIA CIRCUITOS DE CORRENTE CONTÍNUA OU CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA MONOFÁSICA COM CARGA RESISTIVA (lâmpadas incandescentes, ferro elétrico, chuveiro elétrico, etc) => potência ativa (potência dissipada em calor). P (watts) = U(volts) x I (amperes)

31 POTÊNCIA / FATOR DE POTÊNCIA CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA MONOFÁSICA COM CARGA COMO MOTORES OU OUTROS ENROLAMENTOS (fornos a arco, transformadores, reatores, motores elétricos, etc) => potência reativa. P (watts) = U(volts) x I (amperes) x fator de potência

32 POTÊNCIA / FATOR DE POTÊNCIA 1)Fator de Potência Reativo Indutivo: cargas como fornos a arco, transformadores, reatores, motores elétricos, etc). 2) Fator de Potência Reativo Capacitivo: motores síncronos superexcitados (compensadores síncronos) ou capacitores.

33 POTÊNCIA => 1)POTÊNCIA ATIVA (P): POTÊNCIA DISSIPADA EM CALOR. 2) POTÊNCIA REATIVA (Q): POTÊNCIA TROCADA ENTRE GERADOR E CARGA SEM SER CONSUMIDA. 3)POTÊNCIA APARENTE (N): É A SOMA VETORIAL DAS DUAS POTÊNCIAS ANTERIORES.

34

35

36

37

38

39

40 Correção do fator de potência Os sistemas industriais em geral possuem um componente indutivo prepoderante devido ao grande número de motores. Se o FP é baixo (menor que 0,92), devido a programa de tarifação das companhias distribuidoras de energia a empresa deve pagar uma multa. Para que isto não ocorra existe a necessidade de correção de FP. Para corrigir o FP são ligados capacitores ou bancos de capacitores nos equipamentos ou no transformador da substação.

41 Correção do fator de potência

42 Exercício: Considerar uma instalação de 80kW que tenha um fator de potência de 0,8 e se queira corrigir para 90%. Pede-se determinar a potência reativa a ser instalada para se obter o resultado desejado.


Carregar ppt "EXERCÍCIO. REATÂNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE CONTÍNUA TENSÕES E CORRENTES CONTÍNUAS => RESISTÊNCIAS CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA TENSÕES E CORRENTES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google