A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODELO DE EQUILÍBRIO EM OLIGOPÓLIOS UFSC – PPGEP Tópicos Especiais em Logística e Transporte Prof. Dr. Sérgio Fernando Mayerle Junelene Costodio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODELO DE EQUILÍBRIO EM OLIGOPÓLIOS UFSC – PPGEP Tópicos Especiais em Logística e Transporte Prof. Dr. Sérgio Fernando Mayerle Junelene Costodio."— Transcrição da apresentação:

1 MODELO DE EQUILÍBRIO EM OLIGOPÓLIOS UFSC – PPGEP Tópicos Especiais em Logística e Transporte Prof. Dr. Sérgio Fernando Mayerle Junelene Costodio

2 Heinrich von Stackelberg Heinrich von Stackelberg ( ) foi um economista alemão que contribui para a teoria dos jogos e a teoria dos oligopólios. Heinrich von Stackelberg Seu principal trabalho, Marktform und Gleichgewicht (publicado em 1934) descreve o comportamento de modelos de duopólio.

3 O Modelo de Duopólio de Stackelberg Até agora foram apresentado dois modelos onde ambas firmas tomavam suas decisões simultaneamente (estático): Cournot e Bertrand. Agora veremos um exemplo de um jogo dinâmico. No modelo de Stackelberg uma firma, chamada de firma líder, realiza primeiro a escolha de quanto produzir. No segundo momento do jogo, a segunda firma, conhecida como a firma seguidora, observa a ação da firma líder e toma a sua decisão de quanto produzir. Caldas, G. J., 2003.

4 O Modelo de Duopólio de Stackelberg As características deste jogo são as seguintes: a) os movimentos ocorrem em seqüência; b) todos os movimentos prévios são observados antes do próximo movimento ser escolhido; c) os ganhos dos jogadores provenientes de cada combinação factível de movimentos são de conhecimento comum. Caldas, G. J., 2003.

5 DEFINIÇÃO: COMPETIÇÃO DE STACKELBERG Na competição de Stackelberg uma firma fixa o seu nível de produção (concorrência em quantidades) num primeiro momento. As outras firmas, dada a escolha da primeira firma, escolhem por sua vez seus níveis de produção. Isso faz com o jogo entre as firmas deixe de ser estático e passe a ser dinâmico. Caldas, G. J., 2003.

6 QUANDO ISSO PODE ACONTECER??? As políticas comerciais estratégicas, dentre suas inúmeras aplicações, podem fazer com que num jogo estático uma firma possa ganhar lucros correspondentes a um jogo dinâmico. Isto equivale a dizer que num jogo estático, onde o equilíbrio seria o ponto Cournot- Nash, poderia ter um equilíbrio de Stackelberg devido à intervenção governamental e, desta maneira, uma firma poderia ser beneficiada com tal intervenção. Caldas, G. J., 2003.

7 Competição de Stackelberg: FUNÇÃO DE REAÇÃO Existe uma empresa que é líder, que decide em primeiro lugar, e uma empresa seguidora que toma a sua decisão, tendo como um dado a decisão da primeira. Dito de outra forma, a empresa seguidora tomará a sua decisão de acordo com a sua função de reação. Fonte: Mata, J. 2000

8 Competição de Stackelberg: FUNÇÃO DE REAÇÃO A primeira empresa sabe que a segunda vai reagir desta forma e, ao tomar a sua decisão inicial leva em conta a previsível resposta da segunda. Uma vez tomadas as decisões sobre as quantidades, a mesma é irreversível. Fonte: Mata, J. 2000

9 Equilíbrio de Nash-Stackelberg O equilíbrio no modelo de Stackelberg é encontrado da seguinte forma: A empresa seguidora vai decidir em cima da sua função de reação. A empresa líder, sabendo isto, vai escolher a quantidade que lhe proporciona o maior nível de lucro possível, isto é, que lhe permite atingir uma curva de isolucro tão próxima do eixo horizontal quanto possível.curva de isolucro Fonte: Mata, J. 2000

10 Curvas de Isolucro Uma curva de isolucro representa as combinações das quantidades Q 1 e Q 2 que proporcionam a uma dada empresa um dado nível de lucro. Nessa figura temos representadas 3 curvas de isolucro de uma determinada empresa 1. As curvas de isolucro mais próximas do eixo horizontal do gráfico correspondem a níveis de lucro maiores para a empresa 1. Sendo o nível máximo de lucro atingido quando a empresa 2 não produz nada e a empresa 1 produz a quantidade de monopólio Q 1 M Fonte: Mata, J. 2000

11 Equilíbrio de Nash-Stackelberg Relativamente ao modelo de Cournot, a empresa líder produz uma quantidade que é superior, ao passo que a seguidora produz uma quantidade inferior. Ou seja, o fato de decidir em primeiro lugar, permite à empresa líder ganhar uma vantagem relativamente à seguidora. Fonte: Mata, J. 2000

12 Equilíbrio de Nash-Stackelberg Função de reação da empresa seguidora Escolha da empresa líder (curva tangente à função de reação da seguidora), ponto de equilíbrio S Fonte: Mata, J O ponto C representa o equilíbrio de Cournot

13 Quem é o líder? O modelo de Cournot é um ponto de referência natural para a análise do modelo de Stackelberg, podendo o equilíbrio de Stackelberg ser visto como o resultado de uma estratégia de antecipação da empresa líder. O modelo não nos diz onde é que está a origem da assimetria existente entre as empresas e por que é que uma é líder e a outra seguidora. Fonte: Mata, J. 2000

14 Quem é o líder? Um contexto onde existe uma razão natural para esta assimetria é o contexto em que existe uma empresa instalada no mercado e outra que vai entrar nesse mesmo mercado. Nesse contexto, é natural que a empresa instalada tenha a iniciativa e decida sobre a capacidade a instalar. Parece também razoável que, se o investimento em capacidade for irreversível, a entrante decida assumindo a capacidade instalada como um dado. Fonte: Mata, J. 2000

15 Quem é o líder? Neste modelo, se os custos fixos forem tais que a quantidade Q S correspondente ao equilíbrio seja inferior à dimensão mínima necessária para operar com rentabilidade, então a vantagem de se ter movido em primeiro lugar permite à empresa líder impedir a entrada da seguidora. Fonte: Mata, J. 2000

16 Quem é o líder? Admitindo que a entrada ocorre, o equilíbrio será dado pelo ponto S, e a empresa instalada obtém um lucro correspondente a 1 *. Se a entrada não ocorrer, o equilíbrio será dado pelo ponto M, ponto esse que corresponde um lucro claramente superior para a empresa líder. Fonte: Mata, J. 2000

17 Stackelberg comparado com Cournot Os modelos de Stackelberg e Cournot são similares porque ambos competem sobre as quantidades. Entretanto, o primeiro movimento de decisão dá ao líder em Stackelberg uma vantagem em relação à Cournot. Existe também um importante conceito no jogo de Stackelberg: a perfeita informação: o seguidor deve observar a quantidade escolhida pelo líder se não o jogo reduz-se a Cournot. Carraro, A. 1996

18 Stackelberg comparado com Cournot Na competição de Cournot, é a simultaneidade do jogo, ou seja a imperfeição do conhecimento, que pode trazer desvantagens para os competidores. Carraro, A. 1996

19 Stackelberg comparado com Cournot Nota: O equilíbrio de Cournot ocorre quando as duas curvas de reação se interceptam. O equilíbrio de Stackelberg ocorre quando uma curva de reação é tangenciada pela curva de isolucro da outra firma. Carraro, A. 1996

20 Referências Bibliográficas Mata, José. O modelo de Stackelberg Carraro, André. Jogos e Mercados. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Departamento de Economia Caldas, Gustavo Jacinto. Políticas Comerciais Estrangeiras. Departamento de Economia, Universidade de Brasília, 2003.


Carregar ppt "MODELO DE EQUILÍBRIO EM OLIGOPÓLIOS UFSC – PPGEP Tópicos Especiais em Logística e Transporte Prof. Dr. Sérgio Fernando Mayerle Junelene Costodio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google