A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

URBANIZAÇÃO II O que você deve saber sobre Houve no Brasil intensa urbanização no pós-guerra, e esse processo decorreu da aceleração industrial vivida.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "URBANIZAÇÃO II O que você deve saber sobre Houve no Brasil intensa urbanização no pós-guerra, e esse processo decorreu da aceleração industrial vivida."— Transcrição da apresentação:

1 URBANIZAÇÃO II O que você deve saber sobre Houve no Brasil intensa urbanização no pós-guerra, e esse processo decorreu da aceleração industrial vivida pelo país no período. Atualmente, cerca de 80% da população nacional vive em cidades.

2 I. O êxodo rural URBANIZAÇÃO II Um dos motivos que fizeram os trabalhadores rurais virem para as cidades foi a perda de postos de trabalho no campo, em decorrência da mecanização da lavoura e da intensa concentração fundiária.

3 II. A urbanização desigual URBANIZAÇÃO II No Sudeste, desde 1950 a população urbana supera a rural. Isso ocorreu graças aos avanços industriais, à subordinação do campo aos interesses da cidade e ao papel das cidades na geração de riquezas. A região Sul teve significativo avanço nas taxas de urbanização após a década de 1970, em razão do processo de concentração fundiária acompanhado da mecanização rural e da aceleração industrial na região. No Nordeste, há pouca atração exercida pelas cidades, e a população rural se concentra em sub-regiões como o agreste.

4 URBANIZAÇÃO II No Centro-Oeste, a urbanização foi estimulada pela construção de Brasília e das redes de estradas que integram a região ao Sudeste. Além disso, o modelo de produção agropecuária se traduz em poucos postos de trabalho no campo. A região Norte apresenta as menores taxas de urbanização nacional. Houve estímulo governamental ao fluxo de migrantes para as frentes agrícolas de colonização, reduzindo a participação da população urbana na região. II. A urbanização desigual

5 URBANIZAÇÃO II II. A urbanização desigual EVOLUÇÃO REGIONAL DA URBANIZAÇÃO

6 URBANIZAÇÃO II II. A urbanização desigual BRASIL: POPULAÇÃO URBANA NOS ESTADOS

7 III. A hierarquia urbana brasileira URBANIZAÇÃO II BRASIL: HIERARQUIA URBANA

8 IV. Problemas urbanos URBANIZAÇÃO II Remoção da cobertura vegetal Redução do espaço para a agropecuária Modificação de cursos de rios Poluição atmosférica Ilhas de calor Enchentes nos grandes centros urbanos Chuvas ácidas Agravamento da qualidade do ar Inversão térmica

9 IV. Problemas urbanos URBANIZAÇÃO II A falta de planejamento nas ocupações urbanas é responsável pelo deslizamento de encostas e enchentes. Falta de saneamento básico Escassez de áreas para adequado descarte do lixo Segregação espacial, falta de moradias adequadas, violência, ausência de infraestrutura e serviços, trânsito excessivo, escassez de escolas e hospitais De acordo com a ONU, no Brasil, cerca de 40,5% das moradias apresentam pelo menos uma condição de precariedade.

10 2 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS (PUC-SP) As cidades milionárias*, que eram duas em 1960 (São Paulo e Rio de Janeiro), são cinco em 1970, dez em 1980 e doze em Esses números ganham maior significação se nos lembrarmos que em 1872 a soma da população das dez maiores cidades brasileiras não chegava a de habitantes, reunindo apenas Esta é a nova realidade da macrourbanização ou da metropolização. SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Hucitec, (*) cidades com mais de 1 milhão de habitantes Tendo como referência o texto acima, assinale a alternativa verdadeira. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

11 2 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: A a) No Brasil a modernização do campo teve relação direta com a aceleração da urbanização, caracterizada por uma metropolização que se disseminou por várias regiões brasileiras. b) Embora no mundo todo a tendência migratória campo-cidade seja pequena, o Brasil, em função da desorganização econômica e social, e das ilusões de que a vida nas cidades apresenta mais perspectivas, mantém taxas elevadas desse fluxo migratório. c) Um ritmo de metropolização tão elevado, como o do Brasil, corresponde a índices equivalentes de crescimento industrial. Assim, a maior parte da população, que se dirige às cidades, é empregada no setor secundário. d) Embora o ritmo de urbanização e metropolização no Brasil tenha sido muito elevado, o fenômeno ficou restrito às regiões Sul e Sudeste, pois foi justamente nessas regiões que ocorreu o maior crescimento industrial. e) A urbanização brasileira, com seu caráter metropolitano, indica definitivamente a passagem de nosso país para o estágio de país desenvolvido e moderno. Sabe-se que todos os países considerados desenvolvidos são aqueles que apresentam elevados índices de urbanização. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

12 4 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: C (Udesc) As cidades são classificadas segundo uma hierarquia urbana, que as diferencia pelos produtos e equipamentos funcionais (rede de serviços como hospitais, escolas, lojas etc.) que têm à disposição da população. Assim, de acordo com essa hierarquia urbana, existem metrópoles nacionais, metrópoles regionais e centros regionais. Assinale a afirmativa que contenha SOMENTE metrópoles regionais. a) São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador. b) São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador. c) Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza e Salvador. d) Joinville, Blumenau e Florianópolis, em Santa Catarina. e) São Paulo e Rio de Janeiro. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

13 5 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS (UFBA) As grandes cidades são por definição ambientes centralizados, feitos pelo homem, e dependem basicamente de alimentos, água, energia e outros bens que vêm de fora. Diante da importância das cidades, são necessários esforços e meios de preservação especiais para garantir que os recursos de que necessitam sejam produzidos de forma sustentável e que os habitantes urbanos participem das decisões que afetam as suas vidas. Nosso Futuro Comum. p O texto anterior e os conhecimentos sobre os processos de urbanização e hierarquização de cidades permitem concluir: (01) O processo de urbanização, em escala mundial, tem levado a uma melhor distribuição de renda e consequente mudança de mentalidade e da qualidade de vida da classe trabalhadora. (02) As megalópoles do Primeiro Mundo foram planejadas de tal forma que suas diversas atividades econômicas melhoram a qualidade de vida de suas populações. (04) A urbanização galopante que se processa nos países da América Latina, nos dias atuais, é decorrente da integração desses países à Divisão Internacional do Trabalho (DIT). (08) A importância das cidades na organização do espaço resulta da sua capacidade de oferecer bens e serviços para um amplo mercado consumidor, maior do que o do núcleo urbano propriamente dito. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

14 5 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: Soma: = 30 (16) No Brasil, o crescimento da população urbana, a partir do final da Segunda Guerra Mundial, está vinculado ao aumento do êxodo rural, gerado pelas transformações das estruturas econômicas do país. (32) Brasília, a capital política e administrativa do país, pela natural capacidade de polarização externa que possui, é a metrópole mais completa e de maior influência em todo o território nacional. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

15 6 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: Há uma saturação do espaço, o que provoca elevação de taxas e impostos, além de valorização do preço dos terrenos e organização sindical forte que pressiona para o aumento dos níveis salariais. (UFRJ) A Região Metropolitana de São Paulo já apresenta desvantagens para a instalação de novas unidades industriais. A crise que vem se prolongando desde a década de 1980 atingiu duramente essa área. Enquanto isso, outros espaços do país vêm despontando com indiscutível vocação industrial. Explique duas desvantagens da Região Metropolitana de São Paulo para a instalação de novas indústrias. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

16 7 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS (UFRJ) A distribuição geográfica dos núcleos urbanos na Amazônia obedeceu, desde o início do povoamento, à rede fluvial. Esses núcleos, na sua maioria, não poderiam ser rigorosamente considerados como cidade. Depois de 1970, políticas voltadas para a ocupação do território desencadearam um intenso processo de urbanização na Amazônia, provocando o aumento do número e do tamanho das cidades, a alteração de sua distribuição no espaço regional e a integração da rede urbana amazônica ao restante do país. Hoje, a maior parte da população amazônica vive em núcleos urbanos. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

17 7 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: A expansão da fronteira pioneira por meio da agropecuária e a criação de projetos de colonização pelo governo federal, objetivando a ocupação territorial do espaço natural (floresta). a) Explique dois fatores que contribuíram para o intenso processo de urbanização da Amazônia. b) Analise a alteração da distribuição dos núcleos urbanos na atualidade, levando em consideração as principais atividades econômicas da região. RESPOSTA: Há concentração de núcleos urbanos ao longo de rodovias ou junto a polos de desenvolvimento agropecuários ou extrativistas. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

18 10 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS (Cesgranrio-RJ) Que afirmativa NÃO pode ser relacionada com os dados expressos nos quadros a seguir? URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR Centro-Oeste

19 10 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: C a) É bastante acelerado o processo de urbanização brasileiro, que ocorre em todo o país, embora com variações. b) Em três décadas ocorreu praticamente uma inversão percentual na distribuição rural/urbana. c) Industrialização e urbanização são dois fenômenos que se completam, razão pela qual o crescimento urbano se restringiu aos centros industrializados. d) Tão elevadas taxas de urbanização devem determinar sérios problemas de infraestrutura, sobretudo na periferia das cidades. e) O crescimento percentual da população urbana foi mais acelerado nessas décadas que o da população total. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

20 12 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS (Unicamp-SP) Observe o gráfico que mostra a taxa média de crescimento geométrico anual no núcleo e na periferia das regiões metropolitanas brasileiras e responda às questões. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

21 12 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: O crescimento periférico das metrópoles brasileiras no período de 1980 a O núcleo apresenta colapso da infraestrutura, fazendo a população deslocar-se para municípios vizinhos, que, consequentemente, têm maior crescimento. a) Que fenômeno está expresso no gráfico do eslaide anterior? b) Que fatores podem explicar essa situação? RESPOSTA: Especulação imobiliária nos grandes centros, levando a população a buscar imóveis mais baratos na periferia; saturação das condições socioeconômicas (emprego, serviços, saúde, moradia etc.); deslocamento econômico para a periferia, gerando empregos e atraindo contingentes populacionais; melhor qualidade de vida. URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR

22 16 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS URBANIZAÇÃO II NO VESTIBULAR RESPOSTA: Entre os problemas, podemos citar: o lançamento de resíduos nos cursos-dágua, com o consequente assoreamento e poluição de rios, baías e praias; o mau odor e a proliferação de insetos e roedores junto aos lixões, o que ameaça a saúde pública; a desvalorização que esses lixões impõem às propriedades vizinhas; os inconvenientes que a coleta domiciliar causa ao tráfego urbano. (UFRJ) A dupla face do lixo: Com a expansão da sociedade de consumo, a produção de lixo vem crescendo a taxas elevadas em todo o mundo. Consequentemente, o destino que deve ser dado a esse lixo torna-se crucial. Mas o lixo é, ao mesmo tempo, dejeto da sociedade e matéria-prima para novas atividades produtivas. No Brasil, essas questões assumem graves proporções nos centros urbanos. a) Apresente um problema decorrente do aumento da produção de lixo nas cidades brasileiras. b) Indique uma atividade produtiva resultante do aproveitamento do lixo. RESPOSTA: A produção de adubos e fertilizantes; a produção de papel reciclado; a utilização de aparas metálicas e de madeiras como insumos para a indústria metalúrgica e madeireira etc.


Carregar ppt "URBANIZAÇÃO II O que você deve saber sobre Houve no Brasil intensa urbanização no pós-guerra, e esse processo decorreu da aceleração industrial vivida."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google