A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS O que você deve saber sobre O pronome indefinido se refere.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS O que você deve saber sobre O pronome indefinido se refere."— Transcrição da apresentação:

1 PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS O que você deve saber sobre O pronome indefinido se refere à terceira pessoa de forma indeterminada e abrangente. O pronome interrogativo tem por finalidade introduzir uma interrogação. O pronome relativo introduz uma oração adjetiva e retoma um termo antecedente.

2 I. Pronomes indefinidos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS Atribuem ideia imprecisa, abrangente ou genérica.

3 Locuções pronominais indefinidas Quem quer que, cada qual, todo aquele, seja quem for, qualquer um, tal e qual etc. exercem a função de pronomes indefinidos. Quem quer que seja o culpado, temos de puni-lo. I. Pronomes indefinidos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

4 (função de adjetivo) (posposto e anteposto assumem valor semântico diferente) (função de adjetivo) (sentido pejorativo) (redundância) Emprego de alguns pronomes indefinidos Um certo dia ele chegou muito chateado a minha casa. Uma certa prefeita gastou o dinheiro público de forma irresponsável. O técnico de futebol certo não inventa sistemas táticos mirabolantes. Alguém me empresta algum dinheiro, pois não tenho dinheiro algum no bolso. A mulher toda é misteriosa. Toda mulher é misteriosa. I. Pronomes indefinidos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

5 (dupla negação) (função de sujeito) Emprego de alguns pronomes indefinidos Cada neto recebeu mil reais de herança. Ontem ninguém apareceu no plantão de dúvidas. Ontem não apareceu ninguém no plantão de dúvidas. (função de adjetivo) I. Pronomes indefinidos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

6 II. Pronomes interrogativos Que maluquice foi essa? Quantos participantes chegaram para a reunião? Observação Nas frases interrogativas indiretas, o pronome interrogativo vem no interior delas. Perguntaram-me quem foi o responsável pelo adiamento da prova. PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

7 II. Pronomes interrogativos Distinção entre pronome interrogativo e advérbio interrogativo Quando houve esse problema? Qual foi o problema? Como aconteceu? Quem provocou o problema? PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS (advérbio interrogativo) (pronome interrogativo) (advérbio interrogativo) (pronome interrogativo) Advérbio interrogativo = ideia de lugar, tempo, causa e modo Pronome interrogativo = ideia de quantidade ou autoria

8 (= Esta é a cidade. Gosto muito desta cidade. O pronome relativo que refere-se ao termo cidade.) III. Pronomes relativos Esta é a cidade de que gosto. PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

9 (O relativo cujas se refere a praças.) III. Pronomes relativos Observação Contrariamente aos demais pronomes relativos, cujo, cujos, cuja, cujas referem-se sempre a um termo posterior a eles. Essa é a cidade de cujas praças gosto. Variáveis, os pronomes relativos cujo, cujos, cuja, cujas concordam em gênero e número com o termo subsequente a que se referem. É errado empregar artigo seguido desses pronomes. PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

10 (= Aquela é a garota. Eu me referia a ela.) Pronome relativo preposicionado Aquela é a garota a quem me referia. Aquela é a garota de quem gosto. Aquela é a garota em quem confio. Aquela é a garota com quem converso sempre. Aquela é a garota sobre cujos olhos falei. III. Pronomes relativos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS (= Aquela é a garota. Falei dos olhos dela.) (= Aquela é a garota. Converso sempre com ela.) (= Aquela é a garota. Confio nela.) (= Aquela é a garota. Gosto dela.)

11 (referência a seres em geral) (personificação) (pessoa) Emprego de alguns pronomes relativos Vi o professor sobre quem você falava. Este é o jipe a quem trato como amigo. Tratei muito bem do cão que você me deu. Os pronomes relativos qual, quais são sempre precedidos do artigo no mesmo número e gênero de seus antecedentes. Os escritórios para os quais trabalho ficam no litoral. III. Pronomes relativos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

12 (tempo) Emprego de alguns pronomes relativos O bairro onde moro fica próximo ao centro da cidade. O modo como você me tratou foi excepcional. Naquele instante, quando todos choravam, você manteve a tranquilidade. Pegava tudo quanto via. Paquerava todas quantas dele se aproximavam. III. Pronomes relativos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS (lugar) (modo) (pronome relativo precedido de pronome indefinido)

13 O pronome relativo na construção do texto Tecendo a manhã 1 Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo que apanhe o grito de um galo antes e o lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a manhã, desde uma teia tênue, se vá tecendo, entre todos os galos. III. Pronomes relativos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

14 2 E se encorpando em tela, entre todos, se erguendo tenda, onde entrem todos, se entretendendo para todos, no toldo (a manhã) que plana livre de armação. A manhã, toldo de um tecido tão aéreo que, tecido, se eleva por si: luz balão. Melo NETO, João Cabral de. A educação pela pedra. III. Pronomes relativos PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS

15 (UFRJ) O padeiro Tomo meu café com pão dormido, que não é tão ruim assim. E enquanto tomo café vou me lembrando de um homem modesto que conheci antigamente. Quando vinha deixar o pão à porta do apartamento ele apertava a campainha, mas, para não incomodar os moradores, avisava gritando: – Não é ninguém, é o padeiro! Interroguei-o uma vez: como tivera a ideia de gritar aquilo? Então você não é ninguém?. Ele abriu um sorriso largo. Explicou que aprendera aquilo de ouvido. Muitas vezes lhe acontecera bater a campainha de uma casa e ser atendido por uma empregada ou outra pessoa qualquer, e ouvir uma voz que vinha lá de dentro perguntando quem era: e ouvir a pessoa que o atendera dizer para dentro: Não é ninguém, não senhora, é o padeiro. Assim ficara sabendo que não era ninguém... Ele me contou isso sem mágoa nenhuma, e se despediu ainda sorrindo. BRAGA, Rubem. Ai de ti, Copacabana. 4. ed. Rio de Janeiro: Autor, p (Fragmento.) a) Que sentido assume o pronome indefinido NINGUÉM no texto acima? b) Quando esse pronome indefinido é usado na função sintática de sujeito, a dupla negação pode ou não ocorrer. Justifique essa afirmativa, exemplificando-a. 1 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: O pronome ninguém significa pessoa sem importância. RESPOSTA: Se o pronome (sujeito) é anteposto ao verbo, não ocorre a dupla negação: Ninguém veio. Se, porém, ele é posposto ao verbo, a dupla negação ocorre: Não veio ninguém. PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS NO VESTIBULAR

16 (UFU-MG) Preencha, com pronomes relativos, as lacunas das orações abaixo. I. Fisionomia melancólica, fitou o cadáver. Sapatos lustrosos, ______brilhava a luz das velas, calça de vinco perfeito, paletó negro assentado, as mãos devotas cruzadas no peito. (J. Amado) II. Cabo Martim, ______em matéria de educação só perdia para o próprio Quincas, retirou da cabeça o surrado chapéu, cumprimentou os presentes. (J. Amado) III. Não gostava dessas magricelas, ______ cintura a gente nem podia apertar. (J. Amado) IV. Curió, ______ infância em parte decorrera num asilo de menores dirigido por padres, buscava na embotada memória uma oração completa. (J. Amado) Assinale, a seguir, a alternativa correta. a) Todas as lacunas podem ser preenchidas com o pronome relativo CUJO (A). b) III e IV podem ser preenchidas com o pronome relativo CUJO (A). c) Todas as lacunas podem ser preenchidas com o pronome relativo QUE. d) I e II podem ser preenchidas com o pronome relativo ONDE. e) II e III podem ser preenchidas com o pronome relativo QUE. 2 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: B PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS NO VESTIBULAR

17 (ITA-SP) Em relação ao texto a seguir, assinale a opção que preenche corretamente as lacunas: Nos ecossistemas naturais, como as matas, os cerrados e os campos nativos, há um perfeito equilíbrio entre os seres vivos, e entre estes e o meio. Esta condição resulta da interação entre as espécies, e da adaptação destas ao meio ao longo de extensos períodos de tempo. São sistemas quase fechados ____(1) ____, devido a razões pouco conhecidas, novas espécies dificilmente se estabelecem neles de modo natural. Em qualquer deles, a densidade populacional de um inseto fitófago, isto é, que se alimenta de plantas, é controlada principalmente pela densidade populacional da espécie de planta ____ (2) ____ ele tem preferência e por seus inimigos naturais (parasitos, predadores e patógenos, ou seja, seres que ____ (3) ____ causam doenças), além evidentemente dos fatores físicos como a temperatura, a umidade e a luz, entre outros. Ciência Hoje. n. 6, maio/jun a) que – que – os b) por que – a qual – lhe c) porque – na qual – lhes d) porque – pela qual – lhe e) por que – pela qual – os 6 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: D PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS NO VESTIBULAR

18 (UBC-SP) Alguém, antes que Pedro o fizesse, teve vontade de falar o que foi dito. Os pronomes assinalados dispõem-se nesta ordem: a) de tratamento, pessoal, oblíquo, demonstrativo b) indefinido, relativo, pessoal, relativo c) demonstrativo, relativo, pessoal, indefinido d) indefinido, relativo, demonstrativo, relativo e) indefinido, demonstrativo, demonstrativo, relativo 11 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: E PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS NO VESTIBULAR

19 (UEL-PR) Pergunta-se QUANTOS são AO CERTO OS que foram premiados. As classes a que pertencem as expressões em destaque na frase acima são, respectivamente, a) advérbio de intensidade, locução prepositiva, artigo definido. b) pronome interrogativo, advérbio de modo, artigo definido. c) advérbio de intensidade, locução prepositiva, pronome demonstrativo. d) pronome interrogativo, locução adverbial, pronome demonstrativo. e) pronome indefinido, locução adverbial, artigo definido. 14 EXERC Í CIOS ESSENCIAIS RESPOSTA: D PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS NO VESTIBULAR


Carregar ppt "PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS PRONOMES INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS O que você deve saber sobre O pronome indefinido se refere."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google