A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FISIOLOGIA VEGETAL CAPILARIDADE OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA.

Cópias: 1
FISIOLOGIA VEGETAL CAPILARIDADE OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FISIOLOGIA VEGETAL CAPILARIDADE OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA."— Transcrição da apresentação:

1

2 FISIOLOGIA VEGETAL

3 CAPILARIDADE

4 OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA

5

6 XILEMA(LENHO) : tecido morto de condução e sustentação

7 XILEMA(LENHO) : CONDUÇÃO DE SEIVA BRUTA OU INORGÂNICA SEIVA BRUTA : água + sais SENTIDO : raiz folhas TEORIA de DIXON ou COESÃO TENSÃO TRANSPIRAÇÃO : folhas exercerem uma força de sucção que garante a ascensão de uma coluna de água no interior do xilema desde as raízes, conforme ocorre a transpiração.

8 Teoria da Tensão-Coesão ou Teoria da Sucção A planta transpira, isto é, perde água sob forma de vapor, principalmente pelas folhas; A transpiração aumenta a sucção celular das células das folhas - sucção das folhas; As células foliares retiram água dos vasos do xilema que passam a transportar a seiva da raiz até as folhas;

9 A seiva bruta circula da raiz até as folhas numa coluna continua e em estado de tensão (pressão negativa); A continuidade da coluna líquida é mantida pelas forças de coesão (une as moléculas de água entre si) e pelas forças de adesão (une as moléculas de água às paredes dos vasos); Os reforços de lignina dos vasos do xilema evitam o colapso dos vasos quando a transpiração vegetal for intensa.

10 TEORIA de DIXON ou COESÃO TENSÃO TRANSPIRAÇÃO

11

12 FLOEMA(LÍBER) : CONDUÇÃO DE SEIVA ELABORADA SEIVA ELABORADA : glicose(açúcar) Sentido da Condução: folhas demais partes da planta. Modelo físico de Münch ou pressão positiva de seiva. Fluxo sob pressão das folhas em direção às raízes pela diferença de concentração entre ambos.

13 FLOEMA(LÍBER) : Tecido vivo Hipótese de Münch, propõe que o acúmulo de açucares solúveis nas células das folhas faria com que estas retirassem, por osmose, um grande quantidade de água das células do xilema; essa água em parte seria perdida pela transpiração e o restante arrastaria e forçaria os açucares a passarem de célula para célula, através do floema.

14 Modelo de Münch ou pressão positiva de seiva Funcionamento: o osmômetro A, mais concentrado, absorve mais água do que o osmômetro B. A água passa a circular de A para B, arrastando o açúcar. Isto ocorre até se atingir o equilíbrio final.

15

16 FLOEMA XILEMA

17 FLOEMA XILEMA

18 Retirando um anel completo da casca (anel de Malpighi) que envolve o vegetal, interrompemos a distribuição de seiva elaborada em direção à raiz, pois os vasos liberianos são lesados, levando à morte das raízes depois de certo tempo. Com a morte das raízes, não ocorre absorção de água e sais minerais do solo e, conseqüentemente, ocorrerá a morte do vegetal, pois as folhas não receberão mais água.

19

20 OS PULGÕES E A CONDUÇÃO DA SEIVA ORGÂNICA

21 Seiva elaborada Afídeo(pulgão)

22 TRANSPIRAÇÃO VEGETAL É a eliminação de água na forma de vapor através das folhas, principal superfície de contato do vegetal com o ambiente. Ocorre pelos Estômatos(cerca de 99%) e pela cutícula de cutina da epiderme(1%).

23 GUTAÇÃO ou SUDAÇÃO: perda de água na forma líquida pelos hidatódios das folhas ( Em dias frios e úmidos com solo encharcado de água as raízes podem empurrar água não podendo ser evaporada pela baixa temperatura e saturação de umidade do ambiente, saindo pelos bordos da folha através de pequenas aberturas que são os hidatódios).

24 PARÊNQUIMA TECIDOS DE PREENCHIMENTO

25 COLÊNQUIMA TECIDOS DE SUSTENTAÇÃO

26 ESCLERÊNQUIMA


Carregar ppt "FISIOLOGIA VEGETAL CAPILARIDADE OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google