A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Observatório Pierre Auger e indústria brasileira Ronald Cintra Shellard CBPF, Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Observatório Pierre Auger e indústria brasileira Ronald Cintra Shellard CBPF, Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Observatório Pierre Auger e indústria brasileira Ronald Cintra Shellard CBPF, Rio de Janeiro

2 Observatório de raios cósmicos cujo objetivo é observar partículas com energias acima de eV São muito 19 eV, uma partícula/km 2 /século Espectro cai com E -3 Energias macroscópicas ( 1 Joule = 6.3 X eV) Problema científico: Qual a origem destas partículas? O que são estas partículas? Para responder estas questões necessitamos alta estatística e precisão na medida de: Direção de chegada Energia Composição química Observatório Pierre Auger

3 Alemanha Eslovênia Espanha França Itália Países Baixos Polônia Portugal Reino Unido (UK) Republica Tcheca Argentina Australia Brasil Bolivia* México USA Vietnam* *Associate Countries ~300 PhD cientistas de ~70 Instituições e 17 países Colaboração Pierre Auger

4 38° Sul, Argentina, Mendoza, Malargue

5

6 1438 deployed 1400 filled 1364 taking data ~ 85% All 4 fluorescence buildings complete, each with 6 telescopes 1st 4-fold on 20 May 2007 AIM: 1600 tanks HYBRID DETECTOR

7

8 Tanques alinhados

9

10 Indústria brasileira no Auger Tanques Cherenkov (rotomoldagem): Alpina Termoplásticos (São Paulo, SP) Rotoplastyc (Carazinho, RS) Shutters + caixas ópticas: Equatorial Sistemas (São José dos Campos, SP) Lentes Corretoras: Schwantz Ferramentas Diamantadas (Indaiatuba, SP) Baterias (Sistema de potência): Acumuladores Moura (Belo Jardim, PE)

11 Tanques Cherenkov

12

13

14

15

16 Optical boxes Shutters

17 Corrector Lenses

18 Família MC- Ciclos Constantes - Energia Solar e Eólica Energia Solar Telecomunicações Fazendas de Energia Eólica Bóias e Sinalização Marítima para telecomunicações e cercas elétricas Monitoramento Remoto Instalações Solares Fotovoltaicas Moura CLEAN 12MC baterias, trabalhando em tempo integral Provem potência para eletrônica, rádio e GPS dos tanques Cherenkov e alimentadas por painéis solares Monitoramento on-line: Leitura de voltagem, corrente e temperatura a cada 6 min

19 Conclusões Indústria brasileira está preparada para prover equipaento para experimentos científicos de grande porte Com todas as indústrias com quem colaboramos houve algum desenvolvimento associado com demandas comerciais Companhias estão disponíveis para trabalhar para atender as demandas técnicas estrictas requeridas dos equipamentos Todas alegam que se beneficiaram da interação com os cientistas.


Carregar ppt "Observatório Pierre Auger e indústria brasileira Ronald Cintra Shellard CBPF, Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google