A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Análise Econômica Notável - Charme & Elegância Nívea Cordeiro 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Análise Econômica Notável - Charme & Elegância Nívea Cordeiro 2011."— Transcrição da apresentação:

1 Análise Econômica Notável - Charme & Elegância Nívea Cordeiro 2011

2 Vimos na aula passada….

3 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Sub-total "a"

4 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Móveis e Utensílios ,00 Sub-total "a"

5 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Móveis e Utensílios ,00 Máquinas e Equipamentos ,00 Sub-total "a"

6 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Móveis e Utensílios ,00 Máquinas e Equipamentos ,00 Software 2.000,00 Sub-total "a"

7 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Móveis e Utensílios ,00 Máquinas e Equipamentos ,00 Software 2.000,00 Placas e Letreiros 5.000,00 Sub-total "a"

8 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTO FIXO VALORES R$ Veículos ,00 Móveis e Utensílios ,00 Máquinas e Equipamentos ,00 Software 2.000,00 Placas e Letreiros 5.000,00 Sub-total "a"92.000,00

9 ESTIMATIVA DOS INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS

10 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Sub-total b"

11 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Sub-total b"

12 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Treinamentos2.000,00 Sub-total b"

13 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Treinamentos2.000,00 Registro da Empresa600,00 Sub-total b"

14 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Treinamentos2.000,00 Registro da Empresa600,00 Propaganda e Publicidade5.000,00 Sub-total b"

15 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Treinamentos2.000,00 Registro da Empresa600,00 Propaganda e Publicidade5.000,00 Outros 5.000,00 Sub-total b"

16 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL INVESTIMENTOS PRÉ-OPERACIONAIS VALORES R$ Reforma do Imóvel30.000,00 Franquia30.000,00 Treinamentos2.000,00 Registro da Empresa600,00 Propaganda e Publicidade5.000,00 Outros5.000,00 Sub-total b"72.600,00

17 ESTIMATIVA DO CAPITAL DE GIRO

18 LUCRO PRESUMIDO ESTIMATIVA DO INVESTIMENTO INICIAL CAPITAL DE GIRO ????????? TOTAL DO INVESTIMENTO INICIAL(a+b+c)??????????

19 Receitas

20 Hoje vamos entender e calcular as despesas fixas…

21 Despesas Fixas São aquelas cuja variação não é afetada pelo volume total da produção ou vendas da empresa. Não importa se a empresa está vendendo pouco ou muito, elas permanecem as mesmas.

22 Despesas Fixas As Despesas fixas tendem a se manter constantes, não importa a variação sofrida pelas receitas da empresa. As Despesas fixas independem da venda, ou seja, eles não variam (aumentam ou diminuem) conforme oscile a venda de bens ou serviços. Ex.: aluguel, seguro, propaganda e publicidade, água. Tudo dependerá da atividade da empresa.

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42 Depreciação Dentro das despesas fixas da empresa existe uma parcela de despesas que é destinada à proteção dos investimentos realizados. É a depreciação que é a perda do valor do bem à medida que o tempo vai passando. É a obsolescência (envelhecimento) dos bens e a própria utilização do bem no processo produtivo ou de venda. Para assegurar que o capital investido irá se manter o mesmo, é necessário criar um fundo de depreciação.

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66 Na próxima aula, veremos as Despesas Variáveis…. Mas, antes….

67 O açougueiro e o cachorro Um cachorro entrou em um açougue e o açougueiro o espantou. Logo em seguida o cachorro voltou. Novamente, o açougueiro foi espantar o cachorro, mas percebeu que ele trazia um envelope na boca. Então, o açougueiro pegou o envelope, viu dentro um bilhete e uma nota de R$ 50,00. O bilhete dizia: Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor?".

68 O açougueiro pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro, colocou em uma sacola de plástico junto com o troco e pôs na boca do cachorro. O açougueiro muito impressionado decidiu seguir o bicho, já que estava mesmo na hora de fechar o açougue. O cachorro desceu a rua, no cruzamento, deixou a sacola no chão e apertou o botão para fechar o sinal, esperou pacientemente, com o saco de volta à boca, esperou o sinal fechar e atravessou a rua.

69 Depois, caminhou até uma parada de ônibus, e o açougueiro seguindo-o. No ponto de ônibus, o cão olhou para a tabela de horário e sentou-se a esperar seu ônibus. Veio o primeiro, o cachorro foi até a frente para conferir o número e voltou para o seu lugar. Outro ônibus chegou, tornou a olhar e entrou. Pasmo, o açougueiro boquiaberto pegou o ônibus também.

70 De repente, com as compras ainda na boca, o cão se levantou, ergueu-se com as patas traseiras e puxou a cordinha para descer. Maravilhado, o açougueiro também desceu e seguiu o cão, até que este parou em frente a uma casa, colocou as compras no chão, afastou-se um pouco, correu e atirou-se de encontro à porta. Nada! Não abriu. Repetiu a operação. Nada! Ninguém na casa!

71 Então, sob a observação do açougueiro, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro por varias vezes. Retornou à porta da frente e sentou-se aguardando. Passado um tempinho, um cara enorme abriu a porta e começou a bater no cachorro. O açougueiro correu até o homem e o impediu dizendo:

72 Por Deus do céu homem, o que você está fazendo? O seu cachorro é um gênio!!! - Gênio? Esta já é a segunda vez essa semana que este cachorro estúpido ESQUECE a chave!

73 A lição que podemos tirar desta história é o quanto os líderes batem em seus funcionários quando as tarefas não saem a seu contento, esquecendo de tantas outras atividades que foram desenvolvidas corretamente.

74 Da próxima vez que for bater reflita se não existe uma forma mais assertiva para desenvolver e aprimorar seus liderados, utilizando este momento como reflexão e aprendizado.


Carregar ppt "Análise Econômica Notável - Charme & Elegância Nívea Cordeiro 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google