A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conceitos Relevantes Tomando Decisões (Cap. 7) 1º SEMESTRE 2011 Marta Lemme - IE/UFRJ.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conceitos Relevantes Tomando Decisões (Cap. 7) 1º SEMESTRE 2011 Marta Lemme - IE/UFRJ."— Transcrição da apresentação:

1 Conceitos Relevantes Tomando Decisões (Cap. 7) 1º SEMESTRE 2011 Marta Lemme - IE/UFRJ

2 Custo de oportunidade e decisões Krugman Wells Custo explícito é aquele que requer gasto em dinheiro. O custo implícito, por outro lado, não implica despesas em dinheiro; ao invés disso, é medido pelo valor, em termos monetários, de todos os benefícios aos quais se é obrigado a abdicar. Marta Lemme - IE/UFRJ

3 Custo de oportunidade e decisões Krugman Wells 1. Os custos explícitos são pagamentos efetivos, que incluem, portanto, todos os custos que envolvam uma transação monetária. Um custo implícito é um custo econômico que não envolve necessariamente uma transação monetária, apesar de estar associado ao uso de recursos pela empresa. Quando a empresa paga a seu contador $ como honorários anuais, ocorre uma transação monetária: o contador oferece seu tempo em troca de dinheiro. Logo, os honorários anuais são custos explícitos. 2. Os custos de oportunidade são calculados a partir da comparação entre o uso corrente do recurso e seus usos alternativos. O custo de oportunidade do trabalho contábil é o tempo que deixa de ser gasto em outras atividades, como a administração de um negócio ou a realização de atividades de lazer. O custo econômico do trabalho contábil é dado pelo maior valor monetário que poderia ser obtido através de outras atividades. 1.Uma empresa paga anualmente a seu contador honorários no valor de $ Este custo é explícito ou implícito? 2. A proprietária de uma pequena loja de varejo cuida pessoalmente do trabalho contábil. De que forma você mediria o custo de oportunidade desse trabalho? Marta Lemme - IE/UFRJ

4 Krugman Wells Lucro contábil versus lucro econômico O lucro líquido contábil de uma companhia é a receita menos o custo explícito e a depreciação. O lucro econômico de uma companhia é a receita menos o custo de oportunidade de seus recursos. Em geral é um valor menor do que o lucro contábil. Marta Lemme - IE/UFRJ

5 Krugman Wells Custo Marginal Custo de produzir unidade adicional do produto/serviço de que se trate Marta Lemme - IE/UFRJ

6 Krugman Wells Custo Marginal Crescente Quando custo marginal aumenta à medida que aumenta a quantidade produzida Marta Lemme - IE/UFRJ

7 Krugman Wells Receita Marginal A receita marginal é a receita adicional por vender quantidade adicional da mercadoria Marta Lemme - IE/UFRJ

8 Krugman Wells Receita Marginal A receita marginal é a receita adicional por vender quantidade adicional da mercadoria Marta Lemme - IE/UFRJ

9 Krugman Wells Receita Marginal Decrescente Uma atividade tem receita marginal decrescente quando cada unidade adicional da atividade produz menos receita que a unidade anterior Marta Lemme - IE/UFRJ

10 Krugman Wells Ganho Líquido Marta Lemme - IE/UFRJ

11 Krugman Wells Análise Marginal A quantidade ótima de uma atividade é a que que gera ele o máximo possível de ganho total líquido. O princípio da análise marginal é o que diz que a quantidade ótima de uma atividade é a quantidade em que a receita marginal iguala o custo marginal. Marta Lemme - IE/UFRJ

12 Krugman Wells Análise Marginal: Quantidade Ótima É quantidade na qual a curva de benefício marginal intercepta a curva de custo marginal. Marta Lemme - IE/UFRJ

13 Krugman Wells Custo Irrecuperável Um custo irrecuperável é um custo que já foi gasto e não pode ser recuperado. Custos irrecuperáveis devem ser ignorados ao tomar decisões sobre ações futuras. Custos irrecuperáveis ou afundados (sunk costs): são custos que não podem ser recuperados quando a empresa decide sair do mercado. A extensão dos custos irrecuperáveis depende principalmente: 1)do grau de especificidade do uso do capital; 2)da existência de mercados para máquinas e equipamentos usados; 3)da existência de mercados para o aluguel de bens de capital; 4)do volume de investimentos necessários para garantir a distribuição do produto (gastos com promoção, publicidade e formação da rede de distribuidores). Marta Lemme - IE/UFRJ

14 Krugman Wells Valor Presente Quando alguém toma emprestado dinheiro por um ano, a taxa de juros é o preço, calculado como percentagem sobre o montante emprestado, cobrado pelo credor. a taxa de juros para comparar os valores de $1 realizado hoje com o valor de $1 realizado mais tarde, porque a taxa de juros mede corretamente o custo de adiar $1 de benefício e, correspondentemente, o benefício de adiar $1 de custo. O valor presente de $1 daqui a um ano é igual a $1/(1 + r): o montante de dinheiro que você precisa emprestar hoje para ter de volta $1 em um ano. É o valor hoje para você de $1 daqui a um ano. A fórmula do valor presente é igual a $1/(1 + r)N. Marta Lemme - IE/UFRJ

15 Krugman Wells Valor Presente Líquido O valor presente líquido de um projeto é o valor presente dos benefícios correntes e futuros menos o valor presente dos custos correntes e futuros. Marta Lemme - IE/UFRJ


Carregar ppt "Conceitos Relevantes Tomando Decisões (Cap. 7) 1º SEMESTRE 2011 Marta Lemme - IE/UFRJ."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google