A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Investimentos e estratégias empresariais da ETH Bioenergia Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2008 Fernando Ribeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Investimentos e estratégias empresariais da ETH Bioenergia Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2008 Fernando Ribeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Investimentos e estratégias empresariais da ETH Bioenergia Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2008 Fernando Ribeiro

2 2 Organização Odebrecht A Odebrecht é uma organização brasileira com padrões globais de qualidade Presente em todo o mundo, com 59 mil integrantes e um faturamento de US$ 18.4 bilhões (2007), a Organização Odebrecht é uma das pioneiras na promoção de programas sociais. Investe na sustentabilidade das comunidades onde a empresa atua: em educação, saúde e meio ambiente

3 3 Engenharia e Construção Química e Petroquímica Odebrecht S.A. Faturamento 2007: US$ 12,2 billion Maior empresa Petroquímica da América Latina Produção de 6,1mm ton anuais de produtos químicos e petroquímicos Negócios em 60 países Petrobrás – sócia com 25% do capital. Faturamento 2007: US$ 4,5 billion Entre as maiores empresas Internacionais de Construção Constrói grandes projetos de infraestrutura Atividades atuais em 20 países Organização Odebrecht - Negócios

4 Linha do Tempo NationalLocalInternationalRegional Decision de diversificação & internacionalização 2000s90s80s70s60s50s40s Diversify Decision and Internationalization Vision 2010 Norberto Odebrecht Construction Company Odebrecht Establishment Petrochemical Holding Co. created Control of Trikem Control da OPP TNE* South America CBPO* Africa Asia / Europe USA Reforestation (Cellulose) ** Road Concession Oil & Gas ETH Copesul / Ipiranga Braskem *CBPO: Companhia Brasileira de Projetos e Obras; TNE: Técnica Nacional de Engenharia ** Assets sold in

5 5 Histórico da decisão Planejamento estratégico (2000 – 2010): onde investir Algumas premissas de investimento: - áreas que o Governo Federal considerasse prioritárias para o desenvolvimento nacional - setores com possibilidade de consolidação econômica Decisão pelo setor sucroalcooleiro

6 6 Engenharia e Construção Química e Petroquímica Odebrecht S.A. Faturamento 2007: US$ 12,2 billion Maior empresa Petroquímica da América Latina Produção de 6,1mm ton anuais de produtos químicos e petroquímicos Negócios em 60 países Petrobrás – sócia com 25% do capital. Faturamento 2007: US$ 4,5 billion Entre as maiores empresas Internacionais de Construção Constrói grandes projetos de infraestrutura Atividades atuais em 20 países Organização Odebrecht - Negócios Açúcar, Etanol e Energia Elétrica Moer 45 mm ton de cana-de-açúcar Venda de Etanol: 3 milhões m 3 Venda de Açúcar: 2 milhões tons Venda de Energia Elétrica: 800 MW METAS 2015

7 7 Lógica do investimento Etanol, Açúcar e Energia possibilidade de liderança competitividade brasileira oportunidade de consolidação no setor acesso ao mercado de capitais alavancagem ativos intangíveis da ODB sinergia com demais negócios potencial de exportação Alinhamento aos interesses nacionais 7

8 8 Criação da ETH Em julho de 2007, é criada a ETH Bioenergia S/A, com 70% de capital próprio e 30% da trading japonesa Sojitz (ex-Nisho Iwai) Nesse mês, a empresa adquiriu a Destilaria Alcídia, em Teodoro Sampaio (SP). Sua capacidade moagem inicial era de 1 milhão de toneladas Em março de 2008, comprou a Usina Eldorado, em Rio Brilhante (MS), com capacidade de moagem de 2 milhões de toneladas

9 9 Concepção do negócio Pólos de produção: três pólos, nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás Total de dez unidades produtivas, com capacidade de moagem de 45 milhões de toneladas de cana-de-açúcar em 2015

10 10 Modelo de negócio Solo Adequado Cana Própria 70% min. (terras arrendadas) Topografia que permite 100% de mecanização Baixa Altitude Disponibilidade de Água Clima Adequado Modelo Agrícola Modelo Industrial Capacidade to 5.0 MM tons de cana moída por unidade Perfil de Produção - Açúcar: 30-40% - Etanol: 70-60% Utilização das tecnologias mais modernas Co-Generação de Eletricidade Pólos: larga scala, sinergias e baixo custo

11 11 Modelo de negócio Acionistas Clientes Referência internacional no trading de açúcar e álcool, tanto produto próprio, como de terceiros Comercialização: Açúcar e álcool, próprio e de terceiros, e energia Excelência na movimentação de todo o volume comercializado Investimentos (próprios e em parcerias) em alcooldutos, teminais e hidrovias, tanto no Brasil como no exterior Logística: Viabilizar as operações de mercado interno e externo Objetivos unidades em 3 pólos de produção Moagem de 45 mm ton de cana-de-açúcar Produção de 3 bi litros de etanol 2 mm ton de açúcar Comercialização de 800 MW de energia Produção: Atividades Agrícolas e Industriais de açúcar, álcool e energia.

12 12 Pólos de Produção SP GO MS MG Escala / Sinergias Serviços compartilhados / Competitividade Redução de custos

13 13 Pólos de produção Pólo Goiás 174 mil hectares para o plantio 3 unidades Moagem de 15 milhões de tons de cana-de-açúcar 4 unidades Moagem de 15 milhões de tons de cana-de-açúcar Pólo Mato Grosso do Sul 152 mil hectares para plantio 3 unidades Moagem de 15 milhões de tons de cana-de-açúcar Pólo São Paulo Área de plantio total 520 mil hectares 10 unidades Capacidade de moagem de 45 milhões de tons de cana-de-açúcar ETH mil hectares para o plantio

14 14 Plano de Investimentos Para a concretização do negócio, a ETH planeja investimentos de R$ 5,5 bi a R$ 6 bi na expansão, aquisição e construção de suas dez unidades Pólo SP: - Alcídia Conquista do Pontal Presidente Epitácio – 2010* - Euclides da Cunha – 2011* Pólo MS: - Eldorado Santa Luzia I – Santa Luzia II – 2010* Pólo GO: - Rio Claro Itarumã – 2010* - Rio Claro II – 2011*

15 15 Plano de Investimento – Moagem 2008/2015 mm ton cana Fase 1 Alcídia (SP) + 0,8 mm ton UCP (SP) 4 mm ton Rio Claro I (GO) 5 mm ton St. Luzia 1 (MS) 5 mm ton Eldorado (MS) 2.2 mm ton entrada em operação Fase 1 Moagem de cana-de-açúcar durante as 3 fases:

16 16 Plano de Investimento – Moagem 2008/2015 mm ton cana Fase 2 Epitácio (SP) 4 mm ton Santa Luzia 2 (MS) 5 mm ton Itarumã (GO) 5 mm ton entrada em operação Fase 2 Eldorado (MS) + 3 mm ton Moagem de cana-de-açúcar durante as 3 fases:

17 17 Fase 3 Euclides (SP) 2 mm ton Rio Claro II (GO) 5 mm ton entrada em operação Fase 3 Alcídia (SP) +2 mm ton mm ton cana 45 Plano de Investimento – Moagem 2008/2015 Moagem de cana-de-açúcar durante as 3 fases:

18 18 Unidades em operação Destilaria Alcídia S.A. Aquisição (90%): Jul 2007 Capacidade Atual - 1,3 mm ton Futura - 4,0 mm ton Teodoro Sampaio, SP Usina Eldorado S.A. Aquisição (100%): Mar 2008 Capacidade Atual - 2,2 mm ton Futura – 5,0 mm ton Rio Brilhante, MS

19 19 Unidades em construção Destilaria Fermentação Tratamento de Caldo Casa de Força Caldeira Moenda Área Administrativa COI Almoxarifado ETAG ETA Cozimento Refinaria Armazém de Açúcar Oficina Área de Utilidades Vista aérea: Unidade Conquista do Pontal

20 20 Unidades em construção Terraplanagem: Unidade Conquista do Pontal

21 21 Produção de Etanol e Açúcar - ETH Produção de Etanol Bln litros mil toneladas Produção de Açúcar

22 22 Cenário 2007/2008 Moagem Total *: 546 mm ton Top 3: 14% do mercado Além dos grupos nacionais, significativa entrada de grupos internacionais de commodities agrícolas e empresas petrolíferas Intensa consolidação empresarial e necessidade de modernização dos ativos Cenário 2020 Moagem Total: mm ton Top 3: >30% do mercado Fontes: Única – DATAGRO – Taxa da Operação estimada: 90% mm ton Perspectivas de mercado

23 23 Comercialização Monitorar o Mercado maximizando resultados através de precificação adequada Contratos de Longo Prazo Parecerias Estratégicas com Consumidores Globais Mesa de Operação baseada em São Paulo Originação no Brasil com terceiras partes (contratos estratégicos, oportunidades,etc) Atenção constante as oportunidades do álcool no mercado mundial Metas Escritóro Comercial Suíça / EUA Escritóro Comercial Suíça / EUA Futuros & Hedges (ICE/NYBOT, CBOT e LIFFE) Trading Produção Trading Logística Criar uma forte relação com clientes e produtores objetivando grandes contratos de compra e venda Times de Originação Inteligência Própria Desenvolver associações comerciais e parcerias com outros produtores Melhor precificação e acesso a mercados globais

24 24 Logística Desenvolver projetos que satisfaçam as demandas de açúcar e álcool (Brasil e exterior): Criar vantagens comparativas para a ETH na comercialização Acrescentar valor para a ETH em projetos específicos e investimentos Gerência Operacional dos ativos de logística. Brasil Alcoduto. Hidrovia - Paraná-Tietê. Centros de Transbord de coleta e Armazenagem Time chartering de Navios Terminais Portuários Exterior Distribuição Internacional Terminais Portuários Metas Oportunidade de Investimentos

25 25 Produtos Etanol Açúcar Co-geração de energia elétrica

26 26 Importância da co-geração de energia O mundo pede novas fontes de energia Vantagens Comparativas da Co-generação Co-geração complementa o sistema Hidro-Elétrico Proximidade dos Grandes Centros Consumidores Incertezas no Suprimento de Gás Natural e outras fontes de combustível fóssil Oportunidade de Co-geração via bagaço de Cana

27 27 Produção de Energia Meta 2015 Capacidade: MW Comercialização: 800 MW MW Capacidade Maiores hidrelétricas brasileiras: - Itaipu: MW - Tucuruí: 4300 MW - Ilha Solteira: 3400 MW - Xingó: 3000 MW - Paulo Afonso IV: 2460 MW Fonte: ABRAGE e CESP (2002)

28 28 Etanol Etanol apresenta importante oportunidade de mercado bilhões litros Principais países com oportunidades de novos mercados : EUA União Européia China Japão Projeção de demanda de etanol no mundo

29 29 Mercado Brasileiro Tendência de forte crescimento Vendas de Carros no Brasil Flex Fuel Gas/Diesel/Etanol 86% mm ton 7% a.a. Previsão Moagem de Cana no Brasil

30 Açúcar Brasil = Base 100 Capacidade de Produção (mm tons) Custo de Produção ,7 7, ,5 19,8 13,2 9, ,2 44,8 26,9 36, , ,4 Total mm ton Além de ser o maior produtor mundial de açúcar, o Brasil apresenta a estrutura de custo mais competitiva entre todos os países produtores. Brasil representa 40% do comércio externo mundial Produção Mundial de Açúcar 2,8 0,

31 31 Açúcar Mercado Maduro Arbitragem entre Produtos Funding através de Financiamentos Estruturados Intrumentos de Hedging (Curto e Longo Prazo) Fábrica de Açúcar => RI Alto Mitigação através do Mecanismo de Preços da Cana de Açúcar Por que produzir açúcar?

32 32 Meio Ambiente Projetos especiais de reflorestamento com espécies nativas de cada área promovendo a restauração da biodiversidade local Compromisso da ETH com as melhores práticas focada em investimentos em tecnologia, pesquisa e inovação de modo a minimizar impactos ambientais ETH é signatária do Protocolo Ambiental com o Estado de São Paulo enfatizando recomposição de matas nativas, preservação de matas ciliares, redução da queima da palha de cana, entre outros

33 33 Novas Tecnologias Genética – Novas Variedades Aumento de Produtividade; Maior Teor de Sacarose Mecanização Intensiva. Utilização da Biomassa Eficiência Energética Automação Agricultura Industrial Hidrolise; Gaseificação

34 34 OBRIGADO


Carregar ppt "Investimentos e estratégias empresariais da ETH Bioenergia Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2008 Fernando Ribeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google