A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perspectivas do Setor Elétrico Brasileiro Objetivo: Analisar os principais elementos que podem ajudar na construção de perspectivas do setor elétrico brasileiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perspectivas do Setor Elétrico Brasileiro Objetivo: Analisar os principais elementos que podem ajudar na construção de perspectivas do setor elétrico brasileiro."— Transcrição da apresentação:

1 Perspectivas do Setor Elétrico Brasileiro Objetivo: Analisar os principais elementos que podem ajudar na construção de perspectivas do setor elétrico brasileiro Prof. Nivalde J. de Castro

2 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ2 Perspectivas do Setor Elétrico Brasileiro Palestra está estruturada 5 partes (25 slides): 0 – Metodologia 1 - Modelo de Investimento Público: 1950´ Modelo de Privatização Pura Reestruturação Recente: Perspectivas

3 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ3 0 – Metodologia Partir da evolução histórica Usar fundamentação da Economia Industrial Fases históricas => Modelos qualitativos Definir Padrões de Financiamento Evitar posições ideológicas Construir Perspectivas: olhar o futuro próximo

4 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ4 1- Modelo de Investimento Público: 1950´ Modelo Anterior – Investimento estrangeiro Formação de Monopólio verticalizado Padrão de financiamento: tarifa ouro, empréstimo externo Crise: aumento da demanda e queda de rentabilidade (perda do poder de monopólio, Código de Águas)

5 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ5 Modelo de Investimento Público: 1950´ A Crise de oferta é localizada: soluções municipais e estaduais Inicio da intervenção estatal - Planos de Eletrificação Pacto da clivagem : público + privado Financiamento via IEE Experiências estaduais são base do novo modelo

6 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ6 Modelo de Investimento Público: 1950´ Plano de Eletrificação: 1954 BNDES: IUEE + FFE Furnas: 1957 Eletrobrás + MME

7 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ7 Modelo de Investimento Público: 1950´ Padrão de Financiamento: Recursos externos oficiais Tarifas + encargos IUEE + Empréstimo Compulsório

8 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ8 Crise do Modelo de Investimento Público Causa central é Exógena : –Crise do México 1982 Subordinação ao ajuste macroeconômico: –Tomada de empréstimos externos –Tarifas combatem inflação

9 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ9 Crise do Modelo de Investimento Público Descompasso demanda (crise) com Oferta (planejamento) Plano de Expansão: Itaipu, Tucurui, Nuclear Inadimplência intra- empresas Resultado: Desequilíbrio econômico-financeiro do SEB

10 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ Modelo de Privatização Pura: Formulação é exógena = Neoliberalismo Motivação: Equilibrar as Finanças Públicas (divida externa + divida interna + inflação)

11 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ11 Modelo de Privatização Pura: Objetivos da Privatização: Mais receita com a venda das empresas Menos despesas com Não investimento público

12 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ12 Modelo de Privatização Pura: Gerar superávits primários Criar oportunidades para investimentos externos no Brasil Objetivo Macro: Estabilidade da moeda (inflação e câmbio)

13 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ13 Modelo de Privatização Pura: Proposta: privatizar tudo (pura) Estado abre mão do planejamento BNDES: financia privatização x novos Gw Bloco Estatal do SE: proibido de investir

14 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ14 Crise do Privatização Pura: Perda do Planejamento como instrumento de ajuste OxD Insuficiência dos investimentos: públicos e privados Explosão tarifária: realismo, contratos e leilões.

15 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ15 Crise do Privatização Pura: Marco regulatório inconsistente Padrão de financiamento indefinido Incertezas e riscos nos Investimentos =>Crise do Apagão

16 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ16 3- Reestruturação do SEB: Objetivo Central e Estrutural vinculado à estabilidade da moeda: Modicidade Tarifária

17 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ17 Reestruturação do SEB: Planejamento do Estado e não do mercado Ampliação da capacidade instalada: por leilão de unidade produtiva Investimento das Empresas Estatais permitido, mas restringido Contratos de longo prazo Equilíbrio entre oferta e demanda

18 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ18 Reestruturação do SEB: Novo Padrão de Financiamento: – BNDES (ver slides de Nelson Siffert) – Debêntures (ver tabela) – Fundo de Recebíveis (ver tabela) – Mercado de Ações ( slides Elbia p 38)

19 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ19 Reestruturação do SEB: Marco Regulatório consolidado Equilíbrio econ. – financeiro Leilões consolidados Aumento da oferta de financiamento interno Risco setorial reduzindo

20 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ20 Reestruturação do SEB: Variáveis Macroeconômicas favoráveis: - inflação, câmbio, juros e contas externas - PIB com crescimento sustentado

21 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ21 4- Perspectivas do SEB Meta de 5 % do PIB força novo papel das empresas públicas: - Contribuir para equilíbrio da oferta e demanda de EE - Aumentar o Investimento Público e FBKF (ver Tabela)

22 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ22 Perspectivas do SEB Empresas Públicas: Serem liberadas das restrições aos investimentos Acesso pleno ao BNDES Acesso a recursos externos (volume e prazos) Governança Corporativa

23 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ23 Perspectivas do SEB Papel estratégico das Empresas Públicas: Enfrentar a questão ambiental Equilíbrio frente à crise mundial de energia Ser instrumento de políticas setoriais, sem arcar com prejuízos Enfrentar a concorrência derivada da concentração do SE (holdings)

24 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ24 Perspectivas do SEB Papel e Função estratégica das Empresas Públicas: Ser fator de estabilidade e sustentação do desenvolvimento do Setor Elétrico

25 GESEL-Instituto de Economia- UFRJ25 Perspectivas do SEB Estes condicionantes, características e perspectivas indicam bases de novo modelo: -Modelo de Parcerias Estratégicas entre Empresas Públicas e Privadas (Madeira, LLT) -Modelo de Parcerias entre Empresas Públicas e Privadas (Light) - Modelo de Investimento Público e Privado


Carregar ppt "Perspectivas do Setor Elétrico Brasileiro Objetivo: Analisar os principais elementos que podem ajudar na construção de perspectivas do setor elétrico brasileiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google