A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A nova geografia portuária mundial e o lugar do Brasil Profª Drª Rita de Cássia Ariza da Cruz DG/FFLCH/USP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A nova geografia portuária mundial e o lugar do Brasil Profª Drª Rita de Cássia Ariza da Cruz DG/FFLCH/USP."— Transcrição da apresentação:

1 A nova geografia portuária mundial e o lugar do Brasil Profª Drª Rita de Cássia Ariza da Cruz DG/FFLCH/USP

2 Objetivos Discutir as principais características da nova geografia portuária mundial. Analisar, criticamente, o lugar do Brasil nesse contexto. Analisar, criticamente, o lugar dos portos do Nordeste nesse contexto.

3 a)O que chamamos de geografia portuária b)Como se organiza a nova geografia portuária mundial c) Qual o lugar do Brasil na geografia portuária contemporânea d) Qual o lugar do Nordeste e) Perspectivas para o futuro

4 A geografia portuária Entendemos por geografia portuária a distribuição espacial dos portos pelo mundo. Consideramos nesta análise apenas os portos organizados e entendemos que esses portos não apenas ocupam um lugar no espaço, mas estão intimamente relacionados aos espaços em que se inserem.

5 A nova geografia portuária mundial Algumas características: o gigantismo dos navios a especialização/racionalização a hegemonia dos armadores a hegemonia dos portos da Ásia de Sudeste

6 O transportador global e o transportador marítimo O papel do armador passou de entregador a parte integrante do processo produtivo, ao qual ele assegura a continuidade. Sem ele, a multilocalização não ocorreria. A esse novo sujeito Genet (1999) denominou transportador global (global carrier), em substituição a transportador marítimo.

7 A escolha de um porto pelos armadores fatores relevantes: posição geográfica e tarifária em relação à rede de transporte terrestre preocupações do armador: adaptar o navio ao volume de tráfego esperado; assegurar contratualmente a entrega.

8 Novos Países Industrializados – NICs: países que vivenciaram nas últimas décadas - pós II Grande Guerra - processos intensos de industrialização, capazes de mudar sua situação no mundo. A hegemonia da Ásia de Sudeste - os novos países industrializados

9 Fig.1- Novos países industrializados

10 Outra característica desse momento histórico: a multilocalização tradução territorial do fenômeno da globalização diz respeito à produção espalhada pelo território, viabilizada, principalmente, pelo aparecimento do contêiner principais ramos de atividade envolvidos: automobilístico, químico e eletrônico.

11 Tabela 5 Os dez maiores portos do mundo: caracterização geral segundo o volume de carga transportado. Dados para o ano de FONTE: Port of Rotterdam/Port Information Desk.

12 Dez maiores portos do mundo em movimentação de carga conteinerizada* ( ) PORTOS CINGAPURA HONG KONG SHANGAI SHENZEN BUSAN KAOHSIUNG ROTERDÃ DUBAI HAMBURGO LOS ANGELES * Número X 1000 TEUs (Twenty Feet-Equivalente-Units) – Unidades de Vinte Pés Fonte: Port of Rotterdam/Port Authorities/Marketing Information & Service (2007)

13

14

15

16 Maiores portos do mundo em movimentação geral de carga e de carga conteinerizada (2003).

17 Tendências do setor portuário 1.Expansão/modernização 2.Privatização 3.Fusões entre empresas 4.Aumento da competitividade 5.Regionalização

18 O lugar do Brasil na economia- mundo Pressuposto: movimento da economia- mundo X movimento da economia nacional Pontos fortes: estabilização da moeda; controle da inflação; crescimento da economia; ampliação do mercado consumidor Pontos fracos: questão cambial; proeminência de produtos primários na pauta de exportações.

19 -estruturação sistêmica -estrutura hierárquica e articulada -regionalização da economia/especialização portuária (racionalização das operações) - dinâmica econômica da hinterlândia: centralidade/polarização de cada porto - exceções: agro-negócio e produção extrativa de base natural O Sistema Portuário Brasileiro Atual

20

21 Grandes portos litorâneos: –Rio Grande –Paranaguá –Santos; –Sepetiba –Rio de Janeiro –Tubarão –Suape –Itaqui

22 Portos intermediários: –Fortaleza –Salvador –Itajaí

23

24

25

26

27 Congestionamento dos portos Sistemas de logística pouco ágeis e caros Opção pelo transporte rodoviário Papel do poder público Privatizar é a solução? Conseqüência da Inadequação dos Portos (Bndes, 1998)

28

29 Infra-Estrutura do CIPP 56 km de Fortaleza Terminal Off-Shore Profundidade: 15,5 m 2 Piers: 4 berços de Atracação Alfandegado Terminal Portuário do Pecém Atracação de Navios em 2003: 289 Localização Estratégica: Europa e USA. Área Portuária: ha


Carregar ppt "A nova geografia portuária mundial e o lugar do Brasil Profª Drª Rita de Cássia Ariza da Cruz DG/FFLCH/USP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google