A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CLIMATOLOGIA DA AMÉRICA DO SUL FLG XXX PROFa MARIA ELISA SIQUEIRA SILVA Tempo e Clima no Brasil Cavalcanti et al. (2009) Ed. Oficina de Textos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CLIMATOLOGIA DA AMÉRICA DO SUL FLG XXX PROFa MARIA ELISA SIQUEIRA SILVA Tempo e Clima no Brasil Cavalcanti et al. (2009) Ed. Oficina de Textos."— Transcrição da apresentação:

1 CLIMATOLOGIA DA AMÉRICA DO SUL FLG XXX PROFa MARIA ELISA SIQUEIRA SILVA Tempo e Clima no Brasil Cavalcanti et al. (2009) Ed. Oficina de Textos

2

3 REGIÃO AMAZÔNICA Precipitação2300 mm/ano Vazão anual média m 3 /s 18% água doce global Floresta Amazônica grande regulador dos Balanços Calor e Hídrico Impacto Regional e Global

4 abril/ :00 UTC

5

6 CLIMA RELEVO

7

8 Variabilidade interanual e sazonal TSM e ZCIT

9 Circulação Atmosférica VERÃO Circulação de altos níveis - Baixa do Chaco - Associação a FF/ZCAS - JBN (alíseos de norte e sul) (15 m/s em 850 hPa) - Transportam umidade até Bacia do Prata e Norte da Argentina - VCAN – verão

10 BAIXOS NÍVEIS ALTOS NÍVEIS

11 ZCIT – variabilidade anual/sazonal INVERNO JS mais intenso mais para norte ZCIT mais para norte com SST mais alta Entrada de massas de ar frio modificam o oeste/sul da Amazônia FRIAGEM JAN ABR JUL OUT FREQUÊNCIA DE DIAS COM SISTEMAS CONVECTIVOS PROFUNDOS

12 PRECIPITAÇÃO Clima Equatorial Chuvoso

13 Maior pluviosidade Litoral do Amapá Foz do Amazonas Ocidente da região

14 PRECIPITAÇÃO praticamente sem estação seca Oiapoque HN (3N 60W) max chuva durante o inverno austral (jun/jul/ago) Defasagem de 6 meses entre o início da estação chuvosa do norte e do sul da região Norte: jun-jul Sul: início de dez Defasagem tb observada nas margens direita e esquerda do rio Amazonas A variabilidade interanual do início e fim da estação chuvosa depende da variabilidade da TSM no Atlântico e Pacífico

15 TEMPERATURA ANUAL Manaus Tmáx = 27,9 o C SET Tmáx = 25,8 o C ABR Tmín = 25,4 o C MAR Belém Tmáx = 26,5 o C NOV Tmín = 25,4 o C MAR

16 TEMPERATURA SAZONAL Pouca amplitude annual Exceção região sul - Rondônia - Mato Grosso - sul do Amazonas Acre 1997 Rio Branco T=11 o C - perda de 70% da produção de café no Paraná - massa de ar bastante frio

17 CICLO HIDROLÓGICO ATMOSFERA Principal fonte de umidade da Bacia Amazônica Fluxo de vapor dágua do Atlântico Equatorial VENTOS ALÍSEOS

18 Admitindo-se que o Atlântico Norte seja a única fonte de umidade para a Bacia Amazônica, é impossível explicar o padrão observado de chuvas Portanto, ressalta-se o papel da floresta na reciclagem de umidade EVAPOTRANSPIRAÇÃO AMAZÔNIA principal fonte de umidade para o Brasil Central SETEMBRO-FEVEREIRO CICLO HIDROLÓGICO - ATMOSFERA

19 CICLO HIDROLÓGICO Variação da umidade do solo = P – ET – runoff P: precipitação ET: evapotranspiração Longo Prazo variação umidade do solo = 0 P = (ET + runoff) ciclo fechado

20 P (ET + runoff) ciclo aberto Vários estudos indicam ciclo Hidrológico aberto Amazônia fonte de umidade para outras regiões da América do Sul CICLO HIDROLÓGICO - Amazônia

21 VARIABILIDADE CLIMÁTICA TSM Pacífico Niño 3 x Pcp Am SUL

22 (Silva, 2009)

23 VARIABILIDADE CLIMÁTICA - Amazônia La Niña Anomalias + chuva El Niño Anomalias - chuva EL Niño

24 Influência do Atlântico Tropical p.211 VARIABILIDADE CLIMÁTICA - Amazônia

25 Variação relativa (%) entre o desmatamento encontrado nas 85 cenas em 2007 e 2008 (Fig 5.2 Prodes/INPE)

26 Rondônia


Carregar ppt "CLIMATOLOGIA DA AMÉRICA DO SUL FLG XXX PROFa MARIA ELISA SIQUEIRA SILVA Tempo e Clima no Brasil Cavalcanti et al. (2009) Ed. Oficina de Textos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google