A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MAGISTRA – A ESCOLA DA ESCOLA Elaboração e gestão de projetos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MAGISTRA – A ESCOLA DA ESCOLA Elaboração e gestão de projetos."— Transcrição da apresentação:

1 MAGISTRA – A ESCOLA DA ESCOLA Elaboração e gestão de projetos

2 O QUE É UM PROJETO? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?

3 O que é um projeto Um projeto é um empreendimento planejado que consiste num conjunto de atividades interrelacionadas e coordenadas, com o fim de alcançar objetivos específicos dentro dos limites de um orçamento e de um período de tempo dados.” (ONU, 1984)

4 O PROJETO NA ESCOLA Nem todo o projeto se desenvolve como queremos, depende de fatores internos e externos. Um projeto para ter seu resultado positivo requer estudo, pesquisa dedicação de uma equipe, do professor, do orientador, do coordenador, do diretor, do aluno e também da família. É possível que um projeto seja desenvolvido pela escola e só algumas turmas se destaquem nos seus objetivos, isso acontece muitas vezes por falta de apoio, integração e conhecimento da equipe escolar, com o professor e seus alunos. professor escola

5 O que um projeto contempla? Elaborar um projeto é, antes de mais nada, contribuir para a solução de problemas, transformando IDÉIAS em AÇÕES.

6 Que assunto abordar? Quando estiver pensando em um tema para seu projeto, você pode se perguntar, por exemplo, até que ponto ele vai despertar (e manter) a atenção dos seus alunos; o quanto vai contribuir para ampliar o conhecimento deles; quais são as vantagens e desvantagens de escolher esse ou aquele tema, o que ele teria a oferecer...

7 Tema do projeto Uma boa forma de escolher um tema é conversar com seus alunos. Como eles são os maiores interessados, por que não propor que eles participem deste o início?

8 Projeto Um projeto é elaborado para transformar uma ideia em realidade. Desenvolver este projeto, portanto, é definir uma proposta de trabalho e traçar algumas linhas de ação em relação a algo que desejamos alcançar. O projeto elaborado deve ser um projeto da escola, não um projeto do diretor ou apenas de um professor. Para isso, ele deve ser pensado, definido e elaborado coletivamente por todos os segmentos da escola. A participação dos alunos em todas as etapas é essencial.

9 Um projeto educacional geralmente tem esses requisitos: 1 - Título 2 - Apresentação 3 - Justificativa 4 - Objetivos (geral e específicos) 5 - Identificação dos Responsáveis pelo Projeto 6 – Culminância (socialização) 7 - Metodologia (procedimentos metodológicos) 8 - Avaliação 9 - Anexos (planilha financeira, cronograma de execução, etc...) 10 - Referências

10 Fases do projeto Um projeto é elaborado por etapas Uma etapa depende da outra = coerência das informações. Um projeto tem que ser inovador......gerar mudanças em seu público alvo e ser sustentável.

11 Projeto O projeto nasce de um planejamento (estratégico). A orientação e o direcionamento devem acontecer em todas as etapas do projeto (monitoramento e avaliação)

12 Planeje o projeto Que atividades você vai propor aos alunos? De que materiais ou ferramentas vocês vão precisar? Isso vai gerar algum custo (para a escola e/ou para os alunos)? Como você vai conduzir o projeto?

13 Planeje o projeto Que disciplinas serão abordadas? Quantas aulas você usará para executá-lo? Que estratégias vai usar para incentivar os alunos e manter o interesse deles?

14 Planeje o projeto As respostas a essas perguntas nortearão seu trabalho e orientarão os procedimentos seguintes. Nesse momento, é importante trocar ideias com os colegas e com a coordenação da escola. Faça uma previsão do que poderia se tornar um "fator complicador” e pense em alternativas possíveis para o caso de algo não dar certo

15 Planeje o projeto Organize seu projeto por etapas e monte um cronograma para ajudar a turma a não se dispersar.

16 O projeto e a proposta pedagógica da escola Ao elaborar o projeto, deve-se considerar como ele vai se relacionar com a proposta pedagógica da escola, tanto na fase de elaboração, quanto nas fases de execução e avaliação. O projeto deve levar a escola a refletir sobre sua proposta pedagógica e buscar formas de aperfeiçoá- la.

17 Como definir o título Deve refletir o objetivo geral do projeto e causar impacto no leitor Procure informações a respeito do tema escolhido em diferentes fontes e certifique-se de que seus alunos poderão encontrar material suficiente na biblioteca da escola. A Internet também pode ser uma boa aliada nesse momento.

18 Definição do tema A primeira providência da equipe é definir um tema para o projeto. Nunca perca de vista que: A participação dos alunos é essencial. Eles sabem melhor do que ninguém quais temas têm interesse de aprender. Como o projeto deve ser multidisciplinar, é fundamental que o tema possa ser trabalhado sob a ótica de diferentes disciplinas.

19 título  O tema deve causar impacto  traduzir o objetivo do projeto  Ser claro e objetivo  Ter coerência com o projeto

20 Justificativa Deve descrever as potencialidades e deficiências do contexto e do espaço em que o projeto vai se inserir.

21 JUSTIFICATIVA A justifica serve também como uma "introdução", nela você vai relatar quais os motivos de estar desenvolvendo este projeto na escola, de onde saiu a ideia, o que fez a escola querer tratar este tema. Podem ser mencionadas a parte histórica ou literária e seus objetivossobre as perspectivas do projeto. Pode ser sucinta (poucas linhas).

22 justificativa Procure respostas claras para as seguintes questões: 1. Por que é importante fazer o projeto? 2. Quem se beneficiará?

23 OBJETIVOS Pense no que você pretende conseguir com esse projeto. Provavelmente, surgirão muitas metas. Para não se perder em meio a tantos objetivos, você pode se perguntar: "O que gostaria que meus alunos (e/ou todos os participantes desse projeto) aprendessem com ele?".

24 Objetivos Geral – é o foco principal do projeto, ele deve começar com verbo, sempre no infinitivo. ex: Diminuir a violência na escola (dois verbos com o mesmo objetivo criam dualidade sem fundamento e sem necessidade, já que os verbos transmitem a mesma ideia). ex: Diminuir e minimizar a violência na escola

25 Escolha do objetivo geral Na escolha do tema já se deve procurar definir o objetivo do projeto. O que a escola pretende alcançar com o projeto? O que o projeto pode contribuir com a escola em termos de formas de trabalho, modalidades de aprendizagem e envolvimento dos alunos. Quais competências específicas serão desenvolvidas pelos alunos com a participação nas várias fases do projeto? Que impacto o projeto terá sobre ambiente externo à escola?

26 Objetivo geral devemos ter cuidado ao escolher – definir o objetivo geral. Não é bom colocar um objetivo amplo, pois criará abrangência de ideias, e dependendo da duração do projeto, pode não haver tempo hábil para sua conclusão.

27 OBJETIVOS ESPECÍFICOS A escolha dos objetivos específicos requer coerência com o objetivo geral. Eles são desdobramentos do objetivo geral. Não se deve colocar muitos objetivos. O ideal é que um projeto tenha de três até cinco objetivos específicos.

28 objetivos específicos Os objetivos específicos são mais precisos e detalhados. Devem manter a coerência com os objetivos gerais e vão ser eventualmente perseguidos por meio de atividades específicas. Uma maneira útil de pensar os objetivos específicos é considerá-los como soluções a serem buscadas para problemas razoavelmente bem delimitados.

29 CULMINÂNCIA Culminante = apogeu, auge (Fig. O mais alto grau possível: o ponto culminante da glória). A culminância de um projeto é o momento de socializar resultados, apresentar o que foi aprendido, a produção do conhecimento. Não é a finalização, o fechamento, o encerramento.

30 CULMINÂNCIA É O MOMENTO EM QUE SE MATERIALIZAM ALGUNS DOS OBJETIVOS DEFINIDOS NO PROJETO. SOCIALIZAÇÃO DOS RESULTADOS PARCIAIS

31 Metodologia Metodologia = método utilizado para se fazer alguma coisa. A metodologia informa como o trabalho será desenvolvido, como o professor poderá introduzir o tema em sala de aula, como o professor estará trabalhando o tema do projeto e aplicando-o em suas atividades, a integração entre os conteúdos, entre os professores e entre esses e os alunos. A maneira como acontecerá cada etapa.

32 METODOLOGIA É importante que ela seja: Colaborativa - envolvendo equipes cujos membros conjugam esforços na consecução de um fim comum. Integrativa - envolvendo professores, alunos e, se possível, funcionários e até mesmo membros da comunidade externa, como os pais dos alunos.

33 METODOLOGIA Multidisciplinar - envolvendo pessoas cuja formação, atividade profissional e interesses abranjam as diferentes disciplinas em que se segmenta o trabalho escolar. Abrangente - quanto à faixa etária dos participantes, envolvendo alunos de diferentes séries numa mesma equipe.

34 METODOLOGIA É importante que o projeto explicite: Como ele vai contribuir para modificar os hábitos de trabalho e as formas de aprendizagem na escola, de modo a dar ênfase ao desenvolvimento de competências e habilidades.

35 Metodologia Como será redimensionado o tempo e o espaço da escola, de modo que atividades envolvendo equipes multidisciplinares e alunos de múltiplas séries possam ser desenvolvidas integralmente no ambiente escolar regular.

36 METODOLOGIA É importante levar em conta o currículo obrigatório e não contar com salas criadas especialmente para facilitar o trabalho colaborativo em projetos que ultrapassem a grade curricular, o horário escolar e os limites da sala de aula.

37 Avaliação A avaliação pode ser qualitativa e/ou quantitativa. A avaliação qualitativa é o grau de aquisições como socialização, interação, participação e conhecimento que o aluno terá com as atividades e com seus colegas durante as atividades. A avaliação quantitativa é geralmente feita pelo alcance de metas numéricas (nº de alunos, índice de notas, nº de livros lidos, etc..)

38 avaliação A AVALIAÇÃO É UM PROCESSO CONTÍNUO E OCORRE DESDE O INICIO DO PROJETO ESTÁ PRESENTE EM TODAS AS ETAPAS. A AVALIAÇÃO DEVE SER ENTENDIDA COMO INSTRUMENTO DE PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO, POSSIBILITA REDIRECIONAMENTO DE AÇÕES E REDEFINIÇÃO DE PROCESSOS, DENTRE OUTROS.

39 Anexos / atividades a serem desenvolvidas Anexos – (memória de cálculo, planilha financeira, atividades a serem desenvolvidas, etc...) Observação: As atividades devem ser adequadas aos objetivos do projeto cronograma Parcerias, etc....

40 Acompanhamento, avaliação e disseminação : Como será feito o acompanhamento do projeto? A equipe deve definir e relacionar as formas de acompanhamento e registro dos efeitos do projeto, tais como reuniões de acompanhamento, relatórios ou outros meios.

41 avaliação Como serão medidos os efeitos do projeto? A equipe deve relacionar os indicadores (sinais que mostrem o que está acontecendo) dos efeitos do projeto com os alunos, os professores, a escola e a comunidade, à medida que suas atividades forem sendo realizadas.

42 avaliação Como será transmitido o que se aprendeu? A equipe deve também descrever os meios que utilizará para comunicar a outras escolas e a todos que se interessem o que foi alcançado e como isto ocorreu. O importante é que outros possam um dia aprender com esta experiência.

43 Equipe responsável pela elaboração do projeto Liste as pessoas envolvidas na elaboração do projeto e sua função na escola (diretor, coordenador, professor, aluno).

44 Finalização O projeto deve ter, no máximo, 10 páginas. Procure utilizar uma única cor e apenas um tipo de letra, sempre do mesmo tamanho, para dar boa leitura.

45 Referencias Não se esqueça de registrar os créditos dos autores que voce pesquisou nos livros, textos, sites. Utilize as normas da ABNT

46 Bom trabaho Sucesso em seus projetos


Carregar ppt "MAGISTRA – A ESCOLA DA ESCOLA Elaboração e gestão de projetos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google