A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nematodea Triblásticos Simetria bilateral Protostômios Pseudocelomados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nematodea Triblásticos Simetria bilateral Protostômios Pseudocelomados."— Transcrição da apresentação:

1 Nematodea Triblásticos Simetria bilateral Protostômios Pseudocelomados

2

3 O homem adquire a ascaridíase ao ingerir ovos de lombriga em verduras mal-lavadas e água contaminada. Ao atingirem o intestino, esses ovos liberam uma larva que perfura a parede intestinal e alcança a circulação sangüínea (CICLO:LOSS:ovos-larvas). Através da circulação, as larvas atingem o fígado, o coração e os pulmões do hospedeiro. Nos pulmões podem perfurar a parede dos alvéolos e subir pelos brônquios até atingir a faringe. São novamente deglutidas e, ao atingirem o intestino, dão origem ao verme adulto que chega a ter cerca de 30 centímetros de comprimento. Possuem sexos separados e reproduzem-se por fecundação cruzada, sendo que os numerosos ovos formados são eliminados com as fezes. Caindo em local inadequado, podem contaminar alimentos e a água que, ingeridos pelo homem, podem determinar o início de novo ciclo. A profilaxia dessa parasitose é feita através do tratamento da água do esgoto e pelo cuidado com as verduras cruas, que devem ser sempre bem lavadas antes da ingestão.

4 Nematodea Oxiúros Ascaris Microfilárias Ancilóstoma

5 Nematodea Podem fazer ciclo de Looss ou Pulmonado: Necator, Ancylostoma, Strongyloides, Ascaris. Tendências evolutivas: Primeiros com sist.digestivo completo Aparecimento de um pseudoceloma Sist.nervoso mais complexo do que platel- minto Tendencia para dioiquia e ciclo monoxeno.

6 SISTEMA CIRCULATÓRIO Inexistente. Os nutrientes são distribuídos por um líquido que preenche o pseudoceloma para as demais células, após serem absorvidos pela parede intestinal. SISTEMA RESPIRATÓRIO Inexistente. Nas formas de vida livre as trocas gasosas ocorrem por difusão, enquanto os parasitas são anaeróbios. SISTEMA EXCRETOR A excreção é realizada por células especiais em forma de H que apresenta canais e um poro excretor que se abre próximo à boca. SISTEMA NERVOSO Apresenta gânglios que formam um anel em volta do esôfago, partindo cordões nervosos longitudinais. Na superfície do corpo as regiões dos cordões podem ser identificadas através de dois sulcos longitudinais, as linhas laterais.

7 REPRODUÇÃO Geralmente são dióicos, sendo os machos menores e de vida curta em relação à fêmea.

8 Ascaris lumbricoides Morfologia:

9 Ascaris lumbricoides Morfologia:

10 Ascaris lumbricoides Morfologia: ovos

11 Ascaris lumbricoides O que se sente? A maioria das infecções é assintomática. A larva se libera do ovo no intestino delgado, penetra a mucosa e por via venosa alcança o fígado e pulmão de onde alcançam a árvore brônquica. Junto com as secreções respiratórias são deglutidas e atingem o intestino onde crescem chegando ao tamanho adulto. Em várias situações podem surgir sintomas dependendo do órgão atingido. A ascaridíase pode causar: dor de barriga, diarreia, náuseas, falta de apetite ou nenhum sintoma. Quando há grande número de vermes pode haver quadro de obstrução intestinal. A larva pode contaminar as vias respiratórias, fazendo o indivíduo apresentar tosse, catarro com sangue ou crise de asma.

12 Ascaris lumbricoides: Patogenia:

13 Ascaris: Ciclo de vida

14 Ascaris lumbricoides Transmissão: Ingestão de ovos com larvas infestantes na água, alimentos, poeira, etc. A maturação ocorre no meio.

15 Ascaris lumbricoides Profilaxia:

16 Ancylostoma duodenale e Necator americanus Morfologia:

17 Ancylostoma duodenale Morfologia: Larva filarióide

18 Ancylostoma duodenale Morfologia: ovo

19 Ancylostoma duodenale Ocorrência:

20 Ancylostoma duodenale Patogenia: Amarelão ou Mal do Jeca tatu

21 Ancylostoma duodenale Sintomas: Cansaço, desânimo, moleza

22 Ancylostoma duodenale Sintomas: Anemia ferropriva Geofagia Aspecto amarelado Hemorragias Sangramento nas fezes

23 Ancylostoma duodenale O amarelão afeta até celebridades Menos os professores de biologia

24 Ancylostoma duodenale Ciclo biológico:

25 Ancylostoma brasiliensis Bicho geográfico

26 Ancylostoma brasiliensis Bicho geográfico:

27 Ancylostoma Profilaxia: Cuidados especiais na praia Andar calçado Educação sanitária

28 Ancylostoma Não passear com cães na praia

29 Ancylostoma Proteger de todas as formas:

30 Wuchereria bancrofti.Morfologia Macho

31 Wuchereria bancrofti Morfologia: Microfilárias

32 Wuchereria bancrofti Vetor: Fêmea do Culex Às vezes: Fêmea do Anopheles e Aedes

33 Culex Ciclo de vida:

34 Wuchereria bancrofti Ocorrência:

35 Wuchereria bancrofti Patogenia: Elefantíase ou Filariose As formas mais frequentes de elefantíase são: - Elefantíase das pernas: o edema começa no dorso do pé e chega até o joelho, mas dificilmente chega aos quadris. Apresenta a pele muito grossa, com muita fibrose e superfície enrugada, fato que lembra a pele do elefante. A ulceração é frequente no tecido danificado. - Elefantíase do saco escrotal e do pênis: é uma das manifestações mais frequentes, com grande crescimento destas partes, devido a sua natureza pendente. - Elefantíase de braços, mamas ou vulva: são zonas mais raramente afetadas com mudanças na pele semelhantes as das pernas

36 Elefantíase Sintomas:

37 Wuchereria bancrofti Ciclo de vida:

38 Wuchereria bancrofti Profilaxia:

39 Wuchereria bancrofti Conclusão:

40 Oxíuros Morfologia:

41 Oxíuros O que se sente ? Exceto pelo prurido (coceira) anal e por ocasionais episódios de diarreia a maioria das pessoas não sente nada. Infestações intensas podem causar vômitos, diarreia frequente inclusive com esteatorréia (excesso de gordura nas fezes), prurido anal constante, insônia. Irritabilidade, perda de peso, chegando à desnutrição. Como se faz o diagnóstico ? O diagnóstico pode ser evidenciado pela visualização dos vermes nas fezes (raro), em pesquisa de ovos no exame parasitológico de fezes e mais comumente pela pesquisa de ovos na região perianal e anal através de raspado anal (swab) ou fita adesiva. Prevenção A higiene de um modo sistemático, mãos, alimentos, animais, roupas, roupas de cama, brinquedos é eficaz na prevenção. O uso de água sanitária (diluição de 1/3) serve para maior eficácia na limpeza de objetos que não sejam atacados pelo cloro

42 Oxíuros Profilaxia:

43 Oxíuros Ciclo:


Carregar ppt "Nematodea Triblásticos Simetria bilateral Protostômios Pseudocelomados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google