A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Maria Elisabette Brisola Brito Prado Alberto José da Costa Tornaghi

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Maria Elisabette Brisola Brito Prado Alberto José da Costa Tornaghi"— Transcrição da apresentação:

1

2 Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida http://goo.gl/1dDZvP Maria Elisabette Brisola Brito Prado http://goo.gl/yzMch4 Alberto José da Costa Tornaghi http://goo.gl/MDX15o

3 Por que optar por um curso a distância? A Educação a Distância pode se processar de diferentes maneiras, lançando mão de diferentes tecnologias. Por exemplo: inteiramente a distância, com a utilização da Internet, teleconferências, vídeos, material impresso etc. Pode-se utilizar um dos meios apresentados ou vários deles; semipresencial e, utilizando diferentes mídias digitais (TV, vídeos, computador, Internet, CD Rom, DVD), bem como materiais impressos especialmente preparados para os cursistas, com a intercalação de alguns encontros presenciais sob a orientação de um tutor.

4 TICs & Toques A tecnologia não pode representar um obstáculo para sua participação e aprendizagem; Organizando seu tempo, sua aprendizagem será mais efetiva; Participar de um curso a distância é compartilhar ideias, experiências ; A comunicação escrita não tem o apoio da nossa comunicação não-verbal, dos nossos gestos, expressões faciais, entonação de voz, o olhar: precisamos escolher as palavras com muito cuidado!

5 Em sua nova versão, o Programa instituído pelo Decreto nº 6.300, de 12 de dezembro de 2007, intitula-se Programa Nacional de Tecnologia Educacional – ProInfo e postula a integração e articulação de três componentes: a instalação de ambientes tecnológicos nas escolas (laboratórios de informática com computadores, impressoras e outros equipamentos, e acesso à Internet – banda larga); Proposta do Curso:

6 a disponibilização de conteúdos e recursos educacionais multimídia e digitais, soluções e sistemas de informação disponibilizados pela SEED/MEC nos próprios computadores, por meio do Portal do Professor, da TV/DVD Escola etc; a formação continuada dos professores e outros agentes educacionais para o uso pedagógico das Tecnologias de Informação Comunicação (TIC).

7 Nesse contexto, surge o Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional – ProInfo Integrado que congrega um conjunto de processos formativos, dentre eles o curso Introdução à Educação Digital (60h), o curso Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC (60h) e complementação local (Elaboração de Projetos - 40h).

8 compreender o potencial pedagógico de recursos das TIC no ensino e na aprendizagem em suas escolas; OBJETIVOS do Curso:

9 planejar estratégias de ensino e aprendizagem integrando recursos tecnológicos disponíveis e criando situações de aprendizagem que levem os alunos à construção de conhecimento, à criatividade, ao trabalho colaborativo e resultem efetivamente na construção dos conhecimentos e habilidades esperados em cada série; OBJETIVOS do Curso:

10 utilizar as TIC na prática pedagógica, promovendo situações de ensino que aprimorem a aprendizagem dos alunos. OBJETIVOS do Curso:

11 prática pedagógica com o uso de tecnologias realidade da escolareflexãosobre a prática currículo O curso Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC (60h) desenvolve- se com base na articulação entre a prática pedagógica com o uso de tecnologias, a realidade da escola, a reflexão sobre a prática e as contribuições das tecnologias para o desenvolvimento do currículo nas distintas áreas de conhecimento.

12

13 UnidadesTemas Integrar ao Trabalho Pedagógico Registrar e Refletir 1 Tecnologia na sociedade, na vida e na escola Projetodesenvolvido com os alunos do cursista DiárioPortfólioFórum 2 Internet, hipertexto e hipermídia 3 Prática pedagógica e mídias digitais 4 Currículo, projetos e tecnologia

14 Apresentar e discutir a proposta do curso; Tecnologia na sociedade, na vida e na escola. Contextualizar a temática da Unidade 1: Tecnologia na sociedade, na vida e na escola. Propiciar reflexões sobre a identidade do professor e sobre a necessidade de aprendizagem contínua. UNIDADE 1:

15 Instigar a observação sobre própria escola em relação ao uso das tecnologias disponíveis. Apresentar e discutir as possibilidades de uso das tecnologias no trabalho por projetos. Recontextualizar o uso dos recursos computacionais, inclusivo do ponto de vista pedagógico (editores de textos e de apresentações, gerenciamentos de arquivos, internet).

16 Apresentar espaços de pesquisas como para publicação na internet (wikipédia e Diciopedia). Apresentar os hipertextos como modalidade típica de registro na Internet e convidar o cursista a navegar por alguns. UNIDADE 2: Apresentar a internet como espaço de colaboração e de publicação (passível de ser espaço tanto para pesquisa como para publicação do que se faz na escola).

17 Conceito de hipertexto como forma não linear do conhecimento, uma forma de representação popularizada pela tecnologia computacional. Apresentar reflexões sobre relação entre forma de representação e o pensamento humano. Provocar o exercício de criação de alguns hipertextos simples, utilizando editor de textos. Explorar sites – WEB 2.0

18 Apresentar o Portal do Professor como ambiente em que se podem encontrar sugestões de uso de mídias, debater formas de uso, bem como colocar disponíveis para terceiros as experiências que os cursistas vierem a desenvolver; UNIDADE 3: Apresentar algumas possibilidades de exploração de mídias digitais. Estimular o uso de recursos de autoria em mídias digitais (programas, equipamentos e linguagens).

19 Contextualizar o tema de que trata a Unidade IV: Currículo, Projetos e Tecnologia (digital). Propiciar a identificação das concepções de currículo e sua ressignificação diante das possibilidades de integração da escola com diferentes espaços de produção de conhecimento. UNIDADE 4: Identificar as características do currículo construído por meio do desenvolvimento de projetos de trabalho, com uso de tecnologias.

20 ReFlexÃo: Ao final de cada Unidade, vamos fazer uma reflexão, a partir das leituras, debates, indagações e produções elaboradas. Diário auto-avaliação Essas reflexões devem ser registradas no Diário. Trata-se de um momento pessoal de registro do próprio processo de introspecção e também de auto-avaliação.

21 ATIVIDADES PRESENCIAIS – TECNOLOGIA NA SOCIEDADE, NA VIDA E NA ESCOLA http://goo.gl/lbn5Dk CursoTICNTEPOA2014

22 1.0 - APRESENTAÇÃO (Fórum) 1.1 - ESCOLA E A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO (Portfólio) 1.2 - “QUEM SOU COMO PROFESSOR E APRENDIZ?” – (Portfólio) 1.3- POSTURA DA ESCOLA E DA EDUCAÇÃO DIANTE DO PANORAMA DESENHADO PELAS NOVAS TECNOLOGIAS – (Diário de Bordo) - Reflexão: Educação e Tecnologia - Comentar postagens dos colegas cursistas. 1.4- PRÁTICAS TECNOLÓGICAS EM SUA ESCOLA (Portfólio e Fórum) ATIVIDADES EAD DA UNIDADE I – TECNOLOGIA NA SOCIEDADE, NA VIDA E NA ESCOLA

23 1.5 - REFLEXÃO “ENSINAR E APRENDER cOM AS MÍDIAS DIGITAIS – PAPEL DO PROFESSOR (Diário de Bordo) 1.6 ANÁLISE DE UMA EXPERIÊNCIA DIDÁTICA NA QUAL O USO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS ENVOLVA CONTEÚDOS CURRICULARES - fazer um FICHAMENTO (Fórum) - Tema “Experiências e Sugestões de aulas” - Comentar postagens dos colegas cursistas. 1.7 – ESCREVER (Diário de Bordo) UMA AUTOAVALIAÇÃO E UMA AVALIAÇÃO DO CURSO - UNIDADE I (conteúdo, metodologia e atuação do formador neste curso).

24 http://portaldoprofessor.mec.gov.br http://www.dominiopublico.gov.br VISITE NOSSO SITE http://portais.educacao.rs.gov.br/nte-portoalegre nte-poa@seduc.rs.gov.br Professor conheça:


Carregar ppt "Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Maria Elisabette Brisola Brito Prado Alberto José da Costa Tornaghi"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google