A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E AS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS Prof. ADELINO MENEGUZZO CONTADOR PROFESSOR UNIVERSITÁRIO CONSULTOR MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E AS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS Prof. ADELINO MENEGUZZO CONTADOR PROFESSOR UNIVERSITÁRIO CONSULTOR MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E AS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS Prof. ADELINO MENEGUZZO CONTADOR PROFESSOR UNIVERSITÁRIO CONSULTOR MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO

2 ROTEIRO DA PALESTRA Contabilidade: A Ciência e seu ObjetoA Ciência e seu Objeto Contabilidade no Setor Público: Objeto da Contabilidade PúblicaObjeto da Contabilidade Pública Sistemas de Informação Contábil.Sistemas de Informação Contábil. Organizações Organizações PúblicasOrganizações Públicas Contabilidade por ResponsabilidadeContabilidade por Responsabilidade

3 CONCEITO DE CONTABILIDADE A contabilidade é a ciência que estuda os fenômenos patrimoniais, preocupando-se com realidades, evidências e comportamentos dos mesmos, em relação à eficácia funcional das células sociais (Sá 1998, p.42). A contabilidade possui objeto próprio, o Patrimônio das Entidades, e consiste em conhecimentos obtidos por metodologia racional, com as condições de generalidade, certeza e busca das causas, em nível qualitativo semelhante às demais ciências sociais.

4 METODOLOGIA CONTÁBIL Controlar o Patrimônio das Organizações Apurar os Resultados das Atividades Organizacionais Prestar informações às pessoas que tenham interesse na avaliação da situação patrimonial e do desempenho dessas organizações.

5 CONTABILIDADE COMO CIÊNCIA E SEU OBJETO Contabilidade é a ciência que estuda os fenômenos patrimoniais, preocupando-se patrimoniais, preocupando-se com realidades, evidências e comportamentos dos mesmos, em relação a eficácia funcional das células sociais (Sá 1998, p.42). (Sá 1998, p.42). Células Sociais SociaisRecebem a definição a definição clássica de clássica de AZIENDAS. AZIENDAS. Aziendas são sistemas organizados que visam atingir ao um determinado fim. que visam atingir ao um determinado fim. (Sá 1993, p. 40).

6 FENÔMENOS PATRIMONIAIS Os fenômenos que ocorrem com o patrimônio das células com o patrimônio das células sociais, são objeto de estudo sociais, são objeto de estudo da ciência contábil. da ciência contábil. Tudo o que se relaciona com os elementos que são utilizados para suprirem as necessidades das empresas, das instituições interessa à Contabilidade como matéria de análise sistemática

7 PATRIMÔNIO Para a Contabilidade, Patrimônio é um conjunto impessoal de meios e recursos impessoal de meios e recursos materiais e imateriais, existente em determinado momento, visando à satisfação das necessidades da atividade de uma célula social. uma célula social.

8 CONTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS É o ramo da contabilidade que estuda, orienta, que estuda, orienta, controla e demonstra a organização e execução da fazenda pública; o patrimônio público e suas variações e suas variações Kohama 2006, p. 25. A contabilidade pública é uma pública é uma ciência que registra, controla e estuda os atos e fatos administrativos e e fatos administrativos e econômicos operados no patrimônio no patrimônio Andrade 2002, p. 27.

9 OBJETOS DA CONTABILIDADE PÚBLICA Patrimônio público Orçamento público Atos administrativos

10 PATRIMÔNIO PÚBLICO É composto pelo conjunto de bens, direitos e obrigações avaliáveis em moeda corrente, das entidades que compõem a administração pública.

11 BENS PÚBLICOS Segundo o código civil são bens Públicos são: Os de domínio público, pertencentes a união ao estado e ao município e ao município

12 SÃO BENS PÚBLICOS Os de uso comum do povo (mares rios, estradas, ruas e praças). (mares rios, estradas, ruas e praças). Não possuem registros contábeis Não possuem registros contábeis Os de uso especial ( escola pública, a biblioteca pública). Possuem registros contábeis Os dominiais constituem o patrimônio de uso do município, (bens móveis e imóveis, valores e outros). Possuem registro contábeis.

13 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA É todo o aparelhamento do estado, preordenado à realização de seus serviços, visando a satisfação das necessidades coletivas. Fonte: Hely Lopes Meirelles

14 APARELHAMENTO É um conjunto de meios sobre os quais o estado atua.

15 ORÇAMENTO PÚBLICO O orçamento é o processo pelo qual se elabora, expressa, executa e avalia o nível de cumprimento da quase totalidade do programa de governo, para cada período orçamentário. É um instrumento de governo, de administração e de efetivação e execução dos planos gerais de desenvolvimento sócio-econômico. KOHAMA, 1992: P.58

16 ORÇAMENTO PÚBLICO O orçamento é a principal ferramenta para que sejam conduzidos os negócios públicos. Constituindo-se, assim, de um instrumento indispensável dentro de qualquer administração pública, pois qualquer que seja a decisão a ser tomada tem pôr base o orçamento preciso.

17 CONTABILIDADE COMO UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO A contabilidade é um sistema que tem por objetivo atender às necessidades e informações de seus usuários. O contabilista deve evitar ser tão detalhista a ponto de não se oportuno, ou tão rápido que seja correto Castro e Garcia 2004, p. 38.

18 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES A função de prestar informações é de fundamental importância, pois elas são necessárias ao processo de tomada de decisões pelos administradores de uma organização, bem como pelos demais usuários da contabilidade (Neves e Visconti 1997). As informações são prestadas para usuários internos e externos à organização

19 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES (Magalhães e Lunkes 2000). As informações contábeis contábeis devem devem emergir emergir de um Sistema de Informação Contábil Contábil bem bemestruturado na organização. na organização. Um Sistema de Informações contábeis só pode ser considerado ser considerado adequado quando compatível com as inúmeras variáveis emanantes da organização para o qual é proposto. Além disso, deve oferecer condições de ser rapidamente ajustado às novas condições operacionais dos processos de administração, facilmente modificáveis pela vacilante conjuntura sócio-econômica da organização

20 ENGENHARIA DE SISTEMAS ELEMENTOS DE CONTROLE Objetivos, planos e padrões PROCESSAMENTO Elementos de transformação ELEMENTOS DE MEMÓRIA Cadastros, registros e movimentos

21 CONFIGURAÇÃO DE SISTEMAS CONTÁBEIS – (Magalhães e Lunkes) VARIÁVEIS ORGANIZACIONAIS ENTRADAS Fatos contábeis Previsões Recebimentos Fixações Empenhos Liquidações Pagamentos SISTEMA OPERATIVO PROCESSAMENTO Pessoas Contadores Auxiliares Instrumental 1.Planejamento 2.Equipamentos 3.Programas SISTEMA INFORMATIVO SAÍDA Módulo gerencial Decisões Módulo contábil Legais

22 SISTEMA CONTÁBIL Coordenado sob a ação de uma equipe de operação cujo nível de conhecimento, o Sistema necessita ser compatível com o desenvolvimento tecnológico e políticas da organização, e ainda capaz de flexibilizar para atender às mudanças decorrentes de situações conjunturais internas.

23 ORGANIZAÇÕES São organismos vivos, cérebros, sistemas políticos, que se organizam em torno de um mito comum, com cultura e simbologias próprias criadas para um determinado fim. São células sociais identificadas como empresas, igrejas, organizações sociais e organizações pública.

24 ADMINISTRAÇÃO DIRETA Ministérios, em nível federal Pelas Secretarias de Estado a nível estadual Pelas Secretarias Municipais em nível de município

25 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA AUTARQUIAEMPRESAPÚBLICA SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTAFUNDAÇÕESPÚBLICAS

26 ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS As organizações públicas, a exemplo das demais organizações, administram recursos humanos, materiais e financeiros diariamente. Contabilidade por Responsabilidade é a obrigação de se prestar contas dos resultados obtidos, em função das responsabilidades que decorrem da delegação de poder (Nakagawa 1995). Esta movimentação demanda um acompanhamento de registro e controle, a fim de evidenciar as relações de responsabilidade

27 CONTABILIDADE POR RESPONSABILIDADE Contabilidade por responsabilidade é um sistema de contabilidade que reconhece vários Centros de Responsabilidade em toda a organização e que reflete os planos e os atos de cada um destes centros associando determinadas receitas e custos ao que tenha responsabilidade.

28 CONTABILIDADE POR RESPONSABILIDADE A contabilidade por responsabilidade tende a influenciar o comportamento dos responsabilizados (administradores e contadores), pela forma de como o seu desempenho está sendo medido.. A contabilidade por responsabilidade tende a influenciar o comportamento dos responsabilizados (administradores e contadores), pela forma de como o seu desempenho está sendo medido.

29 A idéia básica de contabilidade por Responsabilidade é que o GESTOR deva dar resposta pelos atos administrativos que pratica, pelo patrimônio que está sob seu com,ando e pelos resultados projetados no orçamento.

30 Perdoe!! Seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e FELIZ para permitir momentos felizes.

31 A gente começa a ser feliz Quando é capaz De rir da gente mesmo!!! UM BOM DIA, UMA ÓTIMA VIDA...


Carregar ppt "A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E AS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS Prof. ADELINO MENEGUZZO CONTADOR PROFESSOR UNIVERSITÁRIO CONSULTOR MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google