A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O QUE É A GLOBALIZAÇÃO?. OBJETIVOS 1. Analisar os problemas conceituais em torno da caracterização da globalização. 2. Avaliar a transformação do poder.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O QUE É A GLOBALIZAÇÃO?. OBJETIVOS 1. Analisar os problemas conceituais em torno da caracterização da globalização. 2. Avaliar a transformação do poder."— Transcrição da apresentação:

1 O QUE É A GLOBALIZAÇÃO?

2 OBJETIVOS 1. Analisar os problemas conceituais em torno da caracterização da globalização. 2. Avaliar a transformação do poder do Estado. 3. Identificar os padrões de mudança das culturas nacionais. 4. Tematizar a desigualdade global e os desafios ambientais. 5. Compreender o debate normativo sobre a natureza e futuro da ordem global. 6. Identificar os pós e contras da globalização. 7. Identificar os desafios que se colocam à globalização.

3 " A notícia do assassinato do presidente norte-americano Abraham Lincoln, em 1865, levou 13 dias para cruzar o Atlântico e chegar à Europa. A queda da Bolsa de Valores de Hong Kong (Outubro-Novembro/97), levou 13 segundos para cair como um raio sobre São Paulo e Tóquio, Nova York e Telaviv, Buenos Aires e Frankfurt. Eis ao vivo e a cores, a globalização"

4

5 GLOBALIZAÇÃO 1. Termo de origem inglesa, repleto de ideologia, carregado de valor e significado que não traduz, com precisão, o conjunto de fenomenos a que se quer referir, ou se o faz é de forma imprecisa. 1. Termo de origem inglesa, repleto de ideologia, carregado de valor e significado que não traduz, com precisão, o conjunto de fenomenos a que se quer referir, ou se o faz é de forma imprecisa. 2. Historicamente remonta ao séc. XIX e início do séc. XX (Saint-Simon; Mackinder), mas foi apenas nos anos 60 e início dos anos 70 (idade aurea da rápida expansão e interdependência política e económica) que o termo passou a ser efetivamente usado.

6 Surgem algumas questões:

7 a) A que conjunto de mudanças se refere o termo globalização? b) Qual o cenário futuro que ambiciona? c) Em que consiste a novidade das mudanças que observamos atualmente? d) Será a globalização algo radicalmente novo? e) Abrirá a globalização uma nova era para a humanidade?

8 Dependendo da resposta: Devemos considerar pelo menos existência de três mundos: (Tese de Milton Santos) Devemos considerar pelo menos existência de três mundos: (Tese de Milton Santos) O mundo tal qual nos fazem ver – A globalização como fábula (céticos) O mundo tal qual nos fazem ver – A globalização como fábula (céticos) O mundo tal qual ele é – A globalização como perversidade O mundo tal qual ele é – A globalização como perversidade O mundo como ele pode ser - UMA OUTRA GLOBAIZAÇÃO O mundo como ele pode ser - UMA OUTRA GLOBAIZAÇÃO

9 Diz Milton Santos: Nunca na História da humanidade hpuve condições técnicas e científicas tão adequadas a construir um mundo da dignidade humana. Apenas, essas condições foram expropriadas por um punhado de empresas que decidiram contruir um mundo perverso... Nunca na História da humanidade hpuve condições técnicas e científicas tão adequadas a construir um mundo da dignidade humana. Apenas, essas condições foram expropriadas por um punhado de empresas que decidiram contruir um mundo perverso...

10 O QUE É GLOBAL NA GLOBALIZAÇÃO? Integração? Perversidade? Um fenômeno que se contrapõe aos laços de solidariedade social e comunitário existentes nos planos local e nacional. Produzimos mais comida do que podemos consumir. O problema é a distribuição. Um fenômeno que se contrapõe aos laços de solidariedade social e comunitário existentes nos planos local e nacional. Produzimos mais comida do que podemos consumir. O problema é a distribuição. JiLU&NR=1 (Esperança- Milton Santos parte 2) JiLU&NR=1 (Esperança- Milton Santos parte 2) JiLU&NR=1 JiLU&NR=1 Fábrica de Perversidade. Fábrica de Perversidade. Um fenômeno econômico que deve ser combatido em virtude das consequências nocivas para os países pobres. Aumenta a pobreza no mundo. O desemprego e a pobreza passam a ser vistos como natural. Um fenômeno econômico que deve ser combatido em virtude das consequências nocivas para os países pobres. Aumenta a pobreza no mundo. O desemprego e a pobreza passam a ser vistos como natural. Cidadania ou privilégios da classe média? Cidadania ou privilégios da classe média?

11 A cultura global está em gesta- ção, esmagando todas as culturas particulares e locais. É um processo de pasteurização cultural.

12 Leornardo Boff Globalização: processo mundial de homogeneização do modo de produção capitalista, de globalização dos mercados e das transações financeiras, do entrelaçamento das redes de comunicação e do controle mundial das imagens e das informações. A lógica que a preside é a competição de todos com todos (2002).

13 Globalização como Fábula: Em nome de um consumidor global É um fenômeno normalmente associado a processos econômicos, como a circulação de capitais, a ampliação dos mercados ou a integração produtiva em escala mundial.

14 Implica a mundialização do sistema de comunicações: as telecomunicações e a informática possibilitaram às empresas, instituições e indivíduos um enorme volume de informações, dados e imagens e, sobretudo, a possibilidade de comunicar em tempo real independentemente das distâncias.

15 A mundialização da própria produção.

16 A universalização do padrão técnico-econômico de produção

17 O mercado caminha para ser único, ultrapassando fronteiras ou protecionismos (capitalismo/neolibe- ralismo).

18 A universalização de padrões culturais

19 A rápida circulação e adoção crescente, por grupos sociais, de símbolos e signos.

20 O equacionamento de questões relacionadas com a totalidade do planeta (meio ambiente, desarmamento nuclear, crescimento populacional, direitos humanos, privatização etc).

21 A. Giddens Globalização significa a intensificação das relações sociais à escala mundial que ligam localidades distantes de tal maneira que, acontecimentos locais são modelados por eventos que ocorrem a muitos milhares de quilometros de distância e vice-versa (1990).

22 A globalização denota à escala crescente: Uma nova ordem mundial dominada por manipulação de fatos para tender a determinados interesses. Uma nova ordem mundial dominada por manipulação de fatos para tender a determinados interesses. Os acontecimentos são moldados de acordo com os interesses das empresas. A informação é o grande instrumento do processo de globalitarismo, manejadas por pequenos grupos de forma inteligente Os acontecimentos são moldados de acordo com os interesses das empresas. A informação é o grande instrumento do processo de globalitarismo, manejadas por pequenos grupos de forma inteligente A magnitude progressiva, a aceleração e aprofundamento do impacto dos fluxos e padrões inter- regionais de interação social. A magnitude progressiva, a aceleração e aprofundamento do impacto dos fluxos e padrões inter- regionais de interação social. Uma mudança ou transformação na escala da organização social que liga comunidades distantes e amplia o alcance das relações de poder nas grandes regiões e continentes do mundo. Uma mudança ou transformação na escala da organização social que liga comunidades distantes e amplia o alcance das relações de poder nas grandes regiões e continentes do mundo.

23 Não pode: Ser entendida como algo que prenuncia o aparecimento de uma sociedade mundial harmoniosa. Ser entendida como algo que prenuncia o aparecimento de uma sociedade mundial harmoniosa. Ou um processo universal de interação global fundada na convergência crescente de culturas e civilizações. Ou um processo universal de interação global fundada na convergência crescente de culturas e civilizações.

24 A globalização implica Uma nova configuração espacial da economia mundial, como resultado geral de velhos e novos elementos de internacionalização e integração.

25 A Globalização expressa-se Em termos de maiores laços e interações internacionais.

26 Na difusão de: a) padrões transnacionais de organização econômica e social, consumo, vida ou pensamento, resultantes do jogo de pressões competitivas do mercado;

27 b) Experiências políticas ou administrativas. c) Na amplitude das comunicações ou da similitude de situações e problemas impostos pelas novas condições internacionais de produção e intercâmbio. c) Na amplitude das comunicações ou da similitude de situações e problemas impostos pelas novas condições internacionais de produção e intercâmbio.

28 GLOBALIZAÇÃO: principais transformações Organização econômica Organização econômica Relações sociais Relações sociais Padrões de vida e cultura Padrões de vida e cultura Planos do Estado e da política- assiste-se a processos que diminuem continuamente a soberania, identidade, redes de comunicação e poder do Estado por interferência cruzada de atores internacionais. Planos do Estado e da política- assiste-se a processos que diminuem continuamente a soberania, identidade, redes de comunicação e poder do Estado por interferência cruzada de atores internacionais.

29 Migrações e viagens internacionais Migrações e viagens internacionais Multiplicação dos contatos e das redes de comunicação Multiplicação dos contatos e das redes de comunicação Multiplicidade de relações e organizações inter-estatais Multiplicidade de relações e organizações inter-estatais

30 Multiplicação das redes de organizações não-governamentais (ONGs)

31 Difusão de novas tecnologias Difusão de novas tecnologias Internacionalização do conhecimento social e novas formas de interdependência mundial Internacionalização do conhecimento social e novas formas de interdependência mundial Expansão da democracia Expansão da democracia Deterioração ecológica do planeta Deterioração ecológica do planeta

32 A globalização é, como se viu, um termo equívoco e polissémico Significa para uns: Processo fatal ao qual não se escapa. Processo fatal ao qual não se escapa. Ideologia propagandeada pelo Banco Mundial e pelos países dominantes para servir os interesses das empresas transnacionais. Ideologia propagandeada pelo Banco Mundial e pelos países dominantes para servir os interesses das empresas transnacionais.

33 O termo designa a crescente transnacionalização das relações económicas, sociais, políticas e culturais que ocorrem no mundo, sobretudo nos últimos 25 anos.

34 Globalização: é um processo irreversível Ampliação geográfica e interação crescente do comércio internacional; conexão global dos mercados finaceiros e o crescimento do poder das campanhas transnacionais. Ampliação geográfica e interação crescente do comércio internacional; conexão global dos mercados finaceiros e o crescimento do poder das campanhas transnacionais. Revolução ininterrupta dos meios tecnológicos de informação e comunicação. Revolução ininterrupta dos meios tecnológicos de informação e comunicação.

35 Exigência, universalmente imposta, por direitos humanos – ou seja, o princípio do discurso democrático. Exigência, universalmente imposta, por direitos humanos – ou seja, o princípio do discurso democrático. As correntes icónicas da indústria cultural global. As correntes icónicas da indústria cultural global. A política mundial pós-internacional e policêntrica (os novos atores políticos transnacionais). A política mundial pós-internacional e policêntrica (os novos atores políticos transnacionais). A questão da pobreza mundial. A questão da pobreza mundial. A destruição ambiental mundial. A destruição ambiental mundial. Os conflitos transculturais localizados. Os conflitos transculturais localizados.

36 A Globalização é Para as forças econômicas : Panaceia econômica e única via possível para o desenvolvimento. Panaceia econômica e única via possível para o desenvolvimento.

37 De um modo mais radical, um monstro diabólico sucedâneo do imperialismo yankee

38 A globalização, enquanto consciência da interligação crescente, gera paradoxalmente - Novas animosidades e conflitos - Alimenta políticas reacionárias e atitudes xenófobas É um processo profundamente desagregador: - Pelas desigualdades que produz, - Porque não é um processo uniformemente experimentado

39 Contras da Globalização O séc. XX conduziu a humanidade a uma encruzilhada: - o processo de reestruturação económica levou o mundo em desenvolvimento à fome e grandes parcelas da população ao empobrecimento. - a nova ordem financeira internacional alimenta-se da exclusão social e degradação ambiental

40 Os Prós da Globalização

41 Desafios à globalização Sociedade civil global Sociedade civil global Esfera pública transnacional Esfera pública transnacional Cidadania planetária: Cidadania planetária: a) Comunitarismo cosmopolita b) Cosmopolitismo comunitário Ética global Ética global Efetivo diálogo inter-religioso Efetivo diálogo inter-religioso Desenvolvimento sustentável Desenvolvimento sustentável

42 Por uma outra globalização: A DE TODOS Estudo de texto do geógrafo Milton Santos Estudo de texto do geógrafo Milton Santos

43 Diz Milton Santos:os atores que vão mudar o mundo são os atores do povo Os atores mais poderosos se reservam os melhores pedaços do território. Inclusive do território do pensar para impedir o pensar. Apoderam-se das mentes e dos corações e, por conseqüência, das vidas no pleno movimento da vivência. Tudo isto no mundo da competitividade. A competitividade revela a essência do território, os lugares apontam para as lutas sociais, trazendo a tona virtudes e fraquezas dos atores da vida política e da sociedade. Os atores mais poderosos se reservam os melhores pedaços do território. Inclusive do território do pensar para impedir o pensar. Apoderam-se das mentes e dos corações e, por conseqüência, das vidas no pleno movimento da vivência. Tudo isto no mundo da competitividade. A competitividade revela a essência do território, os lugares apontam para as lutas sociais, trazendo a tona virtudes e fraquezas dos atores da vida política e da sociedade.

44 Este é um mundo de alguns consumidores e poucos, pouquíssimos cidadãos. É preciso construir a CIDADANIA Milton nos aponta para um outro conhecimento. Para a possibilidade de conhecer, para a liberdade do ser humano. Para modificar o mundo... Milton nos aponta para um outro conhecimento. Para a possibilidade de conhecer, para a liberdade do ser humano. Para modificar o mundo... A informação nem sempre se propõe a informar, e sim a convencer acerca das possibilidades e das vantagens das mercadorias. A informação nem sempre se propõe a informar, e sim a convencer acerca das possibilidades e das vantagens das mercadorias. Uns homens sentem-se mais cidadãos do que outros. Mas estes homens são apenas consumidores, pois a cidadania depende de sua generalização. Não existem cidadãos num mundo apartado. Não se é cidadão em um espaço onde todos não o são. Uns homens sentem-se mais cidadãos do que outros. Mas estes homens são apenas consumidores, pois a cidadania depende de sua generalização. Não existem cidadãos num mundo apartado. Não se é cidadão em um espaço onde todos não o são. Cidadania não é o mesmo que privilégio. Cidadania não é o mesmo que privilégio.

45 a_Mow&feature=related a_Mow&feature=related a_Mow&feature=related a_Mow&feature=related


Carregar ppt "O QUE É A GLOBALIZAÇÃO?. OBJETIVOS 1. Analisar os problemas conceituais em torno da caracterização da globalização. 2. Avaliar a transformação do poder."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google