A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Viscosidade é uma propriedade interna de um fluido, relacionada ao fato deste opor uma resistência ao movimento (fluxo). Background Exemplo: tente mover.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Viscosidade é uma propriedade interna de um fluido, relacionada ao fato deste opor uma resistência ao movimento (fluxo). Background Exemplo: tente mover."— Transcrição da apresentação:

1

2 Viscosidade é uma propriedade interna de um fluido, relacionada ao fato deste opor uma resistência ao movimento (fluxo). Background Exemplo: tente mover lentamente uma colher dentro de uma panela com óleo e gema de ovo. …Sem problema. Agora, com a mesma colher, tente fazer maionese. Cómo você faz? O que acontece agora?

3 Aliás, quanto maior a viscosidade do magma, maior a probabilidade de ele erupcionar de forma explosiva. Viscosidade é importante em vulcanologia. Quanto mais fluido é o magma, mais chances tem de sair por erupção.

4 força resistiva. Para fluidos que se movem através de tubos, a viscosidade leva a uma força resistiva. Esta resistência pode ser imaginada como uma força de atrito agindo entre as partes de um fluido que estão se movendo a velocidades diferentes. se move muito mais lentamente O fluido muito perto das paredes do tubo, por exemplo, se move muito mais lentamente do que o fluido no centro do mesmo. forças de atrito O fluido em um tubo sofre forças de atrito. Existe atrito com as paredes do tubo, e com o próprio fluido, convertendo parte da energia cinética em calor. As forças de atrito que impedem as diferentes camadas do fluido de escorregar entre si são chamadas de viscosidade. A viscosidade é uma medida da resistência de movimento do fluido. Podemos medir a viscosidade de um fluido medindo as forças de arraste entre duas placas. Vejamos …

5

6

7 Fluidos reais, como o ar, água, óleo, sangue, shampoo, não obedecem perfeitamente a equação de Bernoulli. Situações reais, como o efeito da tensão superficial, e da viscosidade, não podem ser descritos com a equação de Bernoulli.

8

9

10 A viscosidade de um fluido é basicamente uma medida de quanto ela gruda. A água é um fluido com pequena viscosidade. Coisas como shampoo ou xaropes possuem densidades maiores. A viscosidade também depende da temperatura.. O óleo de um motor, por exemplo, é muito menos viscoso a temperaturas mais altas do que quando o motor está frio. Para fluidos que se movem através de tubos, a viscosidade leva a uma força resistiva. Esta resistência pode ser imaginada como uma força de atrito agindo entre as partes de um fluido que estão se movendo a velocidades diferentes. O fluido muito perto das paredes do tubo, por exemplo, se move muito mais lentamente do que o fluido no centro do mesmo.

11 Atrito: 1- com as paredes do tubo, 2) com o próprio fluido. Parte da energia cinética transforma-se em calor. ATRITO INTERNO = VISCOSIDADE. A viscosidade é uma medida da resistência de movimento do fluido. Podemos medir a viscosidade de um fluido medindo as forças de arraste entre duas placas.

12 Q Vazão = Q = volume de fluido que sai/ tempo que demora Q Q = V/t [Q] [Q] = m 3 /s Q Q = 10 5 m 3 /s Q Q = m 3 /s

13 ( ) O interesse de Poiseuille nas forças que atuavam na circulação do sangue nos capilares levou-o a realizar testes super meticulosos sobre a resistência ao escoamento de liquidos em capilares. Em 1846, publicou um paper contendo seus resultados experimentais. Utilizando ar comprimido, Poiseuille forçou água (em vez de sangue, pois não havia na época anticoagulantes) através de tubos capilares.

14 ( ) Na época, Poiseuille podia controlar e medir com precisão 1. a pressão aplicada com o ar 2. o diâmetro dos tubos 3. os volumes de fluido Ele descubriou que o volume V que sai através de um tubo aumenta proporcionalmente com ΔP 1. a pressão aplicada ΔP r 4 2. a CUARTA portencia do diâmetro do tubo r 4.

15 ( ) Nao consiguiu achar a constante de proporcionalidade, esse trabalho foi feito por outros cientistas, que acharam que Cte. = π/8 Em reconhecimento ao seu trabalho pioneiro, a equação que descreve o escoamento de fluidos num tube é chamada de Lei de Poiseuille. V= π r 4 P /8 c l

16 ( ) Lei de Poiseuille. l = comprimento do tubo r = rádio do tubo p = diferença de pressão entre as pontas do tubo (em dynas per cm 2 c = coeficiente de Viscosidade em poises (dyna-seconds per cm2) v = volume em cm 3 per segundo V= π r 4 P /8 c l

17 Se medirmos a força F necessária para manter a placa superior movendo-se a uma velocidade constante v 0, acharemos que ela é proporcional a área da placa, e a v 0 /d, onde d é a distância entre as placas. η F/A = η v 0 /d η A constante de proporcionalidade η é chamada de viscosidade. η = eta = viscosidade UNIDADES η Newtons/m 2 = η (m/s 2 ) /m [ η]= Pa.s [ η] = kg.m = Pa.s N=kg.m/s 2 Pa = kg/m 2

18 O feeling da viscosidade SubstanceViscosity (Pa s) Ar 18 ºC)1.9 x 10x10 -5 ( ) Agua 20 ºC)1 x (0.001) Canola Oil at room temp.0.1 Motor Oil at room temp.1 Corn syrup at room temp.8 Pahoehoe lava100 até 1000 (10 2 – 10 3 ) A'a lava1000 até ( ) Andesite lava106 até 107 Rhyolite lava10 11 até Para o sangue, o coeficiente de viscosidade é de cerca de 4 x Pa s.

19 Alguns exemplos de Viscosidade podem ajudar a pegar o `feeling` da unidade cP cP 20°C cP Water 5 CO2 0°C0.015cP 18°C0.018 cP 20°C0.022 cP 229°C0.026 cP 20°C cP CO2 -18°C0.14 cP Liquid °C0.17 cP 20°C0.23 cP 99°C0.28 cP Acetone0.3 cP

20 Alguns exemplos de Viscosidade podem ajudar a pegar o `feeling` da unidade cP Benzine0.50 cP 20°C0.58 cP Methyl 20°C0.59 cP 20°C0.65 cP 20°C1.002 cP Ethyl 20°C1.2 cP 20°C1.554 cP Earth upper mantle 3 to 10*10 23 cP Earth lower mantle 2 to 3x10 25 cP Benzyl 20°C5.33 cP 20°C( probably ethylene glycol) 19.9 cP Oleo de 20°C69.3 cP

21 Alguns exemplos de Viscosidade podem ajudar a pegar o `feeling` da unidade cP Corn (Milho) oil72cP Olive 20°C84.0 cP Light machine 20°C102 cP Motor oil SAE cP Motor oil SAE 20125cP Motor oil SAE cP Motor oil SAE cP Motor oil SAE 50540cP Motor oil SAE 601, cP 20°C1,490 cP Motor oil SAE 701,600cP Pancake 20°C2,500 cP maple cP

22 Alguns exemplos de Viscosidade podem ajudar a pegar o `feeling` da unidade cP Venezuelas Orinoco extra heavy oil reservoirs are about 53 deg. C 1,500-3,000 cp Honey3,000cP 20°C10,000 cP Honey2,000-3,000cP Chocolate 20°C25,000 cP Hersheys Chocolate Syrup10, cP 20°C50,000 cP Ketchup Heinz50, ,000cP

23 Alguns exemplos de Viscosidade podem ajudar a pegar o `feeling` da unidade cP Peanut 20°C250,000 cP Smooth Peanut 25°C1.2x10 6 cP ASFALTO Canadas Athabasca reservoir sands are about 10-12% bitumen, at 11 deg. C 1 x 10 6 cP Massa p vidros1x10 8 cP 20° 3x10 10 cP Soda 575°C1x10 15 cP

24 Equação de Poiseuille (* Preparado por C.A. Bertulani para o projeto de Ensino de Física a Distância)C.A. Bertulani A equação que governa o movimento de um fluido dentro de um tubo é conhecida como equação de Poiseuille. Ela leva em consideração a viscosidade, embora ela realmente só é válida para escoamento não-turbulento (escoamento laminar). O sangue fluindo através dos canais sangüineos não é exatamente um escoamento laminar. Mas aplicando a equação de Poiseuille para essa situaçao é uma aproximação razoável em premiera ordem, e leva a implicações interessantes.

25 Equação (Lei ?) de Poiseuille (* Preparado por C.A. Bertulani para o projeto de Ensino de Física a Distância)C.A. Bertulani A equação de Pouiseuille para a taxa de escoamento (volume por unidade de área), Q, é dada por Q = πr 4 (P 1 -P 2 ) / (8 η L) P 1 -P 2 é a diferença de pressão entre os extremos do tubo, L é o comprimento do tubo, r é o raio do tubo.

26 A coisa mais importante a ser observada é que a taxa de escoamento é fortemente dependente no raio do tubo: r 4. Logo, um decréscimo relativamente pequeno no raio do tubo significa uma drástica diminuição na taxa de escoamento. Diminuindo o raio por um fator 2, diminui o escoamento por um fator 16! Isto é uma boa razão para nos preocuparmos com os níveis de colesterol no sangue, ou qualquer obstrução das artérias. Uma pequena mudança no raio das artérias pode significar um enorme esforço para o coração conseguir bombear a mesma quantidade de sangue pelo corpo.

27 Unidades de η (cinemática) unidades Stoke or Stokes (St) : A CGS unit of kinematic viscosity. 1 St = 1 cm 2 s -1 = m 2 s -1 Como é unidade pequena, utiliza-se o Centi- Stokes (cSt) 100 cSt = 1 St

28 Unidades de η (dinâmica) unidades Poise (P, Ps, or Po): A CGS unit of dynamic viscosity equal to one dyne-second per square centimetre. The unit poise is equivalent to 0.1 Pa s. in SIPa s 1 Ps = 0.1 Pl = 0.1 Pa.s Kinematic viscosity is defined to be dynamic viscosity (see poise) divided by the density of the liquid.poise Poiseuille (Pl) An MKS unit of dynamic viscosity equal to 1 pascal second or 10 poise. pascal secondpoise 1 Pl = 1 Pa.s = 10 Ps

29 Unidades de η (na prática) unidades KINEMATIC VISCOSITY UNIT CONVERSION CALCULATOR The Poiseuille and the Poise are units of dynamic viscosity sometimes called absolute viscosity. Então: qual a relação entre viscosidade dinâmica e cinemática ??

30 Medição de Viscosidade na Industria

31 ViscoClock

32 Used for the measurement and control of Heavy Fuel Oil (HFO) in Marine and Power industry applications. The 7828 Viscomaster Viscosity Transmitter simultaneously measures real-time viscosity, density and temperature and can be configured to output either dynamic or kinematic viscosity. The 7829 Viscomaster Viscosity Transmitter incorporates a stand-alone electronics module with a configurable integral 4-20mA and a Modbus RS485 communication output. As a vibrating element transducer, the 7829 Viscomaster Viscosity Transmitter complements the 7829 Visconic and 7827 Digital Viscometer, and incorporates all the advantages that this technique has over capillary, orifice and rotational viscometers Viscomaster Viscosity Transmitter

33 Medição de Viscosidade no Laboratório Laboratório #2 11 anos 11 anos

34 Laboratório #2 Objetivos: Introduzir o conceito de viscosidade dos fluidos. Introduzir o conceito de viscosidade dos fluidos. Principio de funcionamento dos viscosímetros de Ostwald e Stokes. Principio de funcionamento dos viscosímetros de Ostwald e Stokes. Medir a viscosidade de dois fluidos: óleo e álcool. Medir a viscosidade de dois fluidos: óleo e álcool. Comparar a precisão dos dois métodos. Comparar a precisão dos dois métodos. Comparar os resultados com os valores tabelados. Comparar os resultados com os valores tabelados. Obter as incertezas e propagar os desvios. Obter as incertezas e propagar os desvios.

35 Laboratório #2 Dois Métodos Stokes (esferas caindo) Stokes (esferas caindo) Ostwald (fluidos escoando) Ostwald (fluidos escoando)

36 Laboratório #2 1 a Parte: Viscosímetro de Stokes Vamos medir: Volume da esfera (r, Vol) ; densidades (temos densímetro) e velocidade = h/ t h Vol ΔtΔt Densidade das Esferas: 7,80 g/cm 3 Poise = Stokes x densidade Tabela TempxViscosidade

37 Laboratório #2 Stokes: 10 esferas r 1 10 esferas r 2 Obtemos valores médios r 1 ; r 2 ; d. A velocidade é calculada para 10 esferas com F resistencia = 6 r v P = ρVg P FRFR

38 Laboratório #2 TemperaturaViscosidade

39 Líquidos diferentes adquirem velocidades diferentes quando escoam por um mesmo tubo!! (fluxo laminar) Laboratório #2 Ostwald η i = viscosidade D i = Densidades t i = tempos de escoamento dos líquidos.

40 Laboratório #2 Ostwald Tomada de tempo de escoamento para a. H 2 O b. Solução A c. Solução B d. Álcool Tomar 10 medidas para cada um. Calcular

41 Laboratório #2 Intro Material Tipo de medidas Erros envolvidos (instrumentais) Que foi medido Estratégias para medir Dificuldades resultados Propag. de Erros. Conclusões


Carregar ppt "Viscosidade é uma propriedade interna de um fluido, relacionada ao fato deste opor uma resistência ao movimento (fluxo). Background Exemplo: tente mover."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google