A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ética e Moral no Cotidiano da Atuação Profissional Sávio Carlos Desan Scopinho Diretor Acadêmico Faculdades Integradas Claretianas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ética e Moral no Cotidiano da Atuação Profissional Sávio Carlos Desan Scopinho Diretor Acadêmico Faculdades Integradas Claretianas."— Transcrição da apresentação:

1 Ética e Moral no Cotidiano da Atuação Profissional Sávio Carlos Desan Scopinho Diretor Acadêmico Faculdades Integradas Claretianas

2 Introdução 1. Programa e meta: formação profissional e critérios éticos. 2. Preocupação central: compromisso ético e profissional com a Instituição. 3. Cotidiano da atuação profissional: campo das relações humana.

3 Perguntas Existenciais a) Que posso saber? – Metafísica. b) Que devo fazer? – Moral. c) Que posso esperar? – Religião. d) Que é o homem? – Antropologia. No fundo, tudo isto poderia reduzir-se à antropologia, porque as três primeiras perguntas se referem à última. Kant.

4 Questões relacionadas à moral e à ética 1. Problemas no atual contexto sócio- político-econômico. a) Perda dos valores: - honestidade. - sabedoria. - sensibilidade - semelhança e alteridade.

5 b) Muitas das grandes corporações transnacionais trabalham com uma perspectiva de ´cenário futuro`, para o ano 2010, entre 700 milhões e um bilhão de consumidores potenciais, com apreciável poder aquisitivo. Alguns poucos aumentam a cifra da clientela potencial ´interessante` para ao redor de um bilhão e meio. Isso numa humanidade de, previsivelmente, 6,5 a 8 bilhões de habitantes. É para esse recorde de clientela que se planeja o ´crescimento econômico`. Como se dá para ver, a ´a massa sobrante`, isto é, o número de ´desinteressantes` e ´descartáveis`, é assustador. (ASSMANN, 1994).

6 c) Contraponto: Por que você acha que 1% da população ganha cerca de 96% de todo o dinheiro que circula? Você acha que isso acontece por acaso? Isso é planejado assim. Esse 1% entende algo. Eles entendem O Segredo, e agora você está sendo apresentado a ele. (BYRNE, 2007, p. 06).

7 d) Questões relacionadas à ecologia: Ética e meio ambiente: O trabalho é a ação humana que transforma a natureza para o homem. Mas para que o trabalho cumpra essa finalidade de sustentar e humanizar o homem deve realizar-se de modo auto- sustentável para a natureza e para o homem. Preservar e cuidar do meio ambiente é uma responsabilidade ética diante da própria sobrevivência humana.

8 Relação entre ética e moral 1. Distinção - A moral e a ética não são um conjunto de verdades fixas e imutáveis; ambas apresentam um caráter histórico.

9 a) Moral - Regulação dos valores e comportamentos considerados legítimos por uma determinada sociedade, um povo, uma religião, tradição cultural etc. - Fenômeno social particular, sem o compromisso com a universalidade. b) Ética - Julgamento da validade das morais. A ética é uma reflexão crítica sobre a moralidade. - Mas ela não é puramente teoria. A ética é um conjunto de princípios e disposições voltados para a ação, historicamente produzido, cujo objetivo é balizar as ações humanas. A ética existe como uma referência para os seres humanos em sociedade, de modo tal que a sociedade possa se tornar cada vez mais humana.

10 c) Tarefas da Ética - Principal regulador do desenvolvimento histórico- cultural da humanidade. - Sem ética, ou seja, sem a referência a princípios humanitários fundamentais comuns a todos os povos, nações, religiões etc, a humanidade já teria se despedaçado até a auto-destruição. - Ethos: ética em grego. Designa a morada humana. Significa tudo aquilo que ajuda a tornar melhor o ambiente para que seja uma morada saudável: materialmente sustentável, psicologicamente integrada e espiritualmente fecunda.

11 d) Campos de atuação da ética - Ética e justiça social. - Ética e meio ambiente. - Ética e cidadania. - Ética e política - Ética e corrupção

12 -Ética e convivência humana: Há necessidade de ética porque há o outro ser humano. A atitude ética é uma atitude de amor pela humanidade. -Ética e educação: Toda educação é uma ação interativa: faz-se mediante informações, comunicação, diálogo entre seres humanos. Em toda educação há um outro em relação. Em toda educação, por tudo isso, a ética está implicada.

13 2. Moral de Projetos a) Todo projeto é condicionado por estruturas que limitam o campo de possibilidades. Essas estruturas fazem parte da realidade que nos cerca, possibilitando ou não nossas ações. E mais. Ele sempre está sendo realizado a partir de dualidades que se manifestam, por exemplo, através de mesclas de amor e egoísmo. Assim: "Todos os nossos projetos são uma mescla de omissão, cumplicidade e pecado por uma parte, e de amor por outra (cf. Rm.7,25)". (Juan Luis Segundo. ¿Qué Mundo? ¿Qué Hombre? ¿Qué Dios?, p. 211).

14 b) "No plano da ética - ou se se prefere, da moral - o cristão, até pouco tempo, estava acostumado a fazer para a autoridade magisterial a clássica pergunta: é lícito fazer isto? Permite a lei de Deus? Pois bem, não só o Vaticano II havia assumido nessas questões uma explícita e clara 'direção antropocêntrica'. Também ao ler passagens centrais de Paulo - o que ele chama 'seu' evangelho - ele diz ao cristão que - como filho de Deus - o homem - enquanto herdeiro maior de idade - é 'dono de tudo' (Gl.4,1;1Cor.3,21), e que, em conseqüência, suas questões morais estão em função de seus projetos de amor (Gl.5, ), como colaborador (=synergos) criativo do projeto do mesmo Deus (1Cor.3,9). Não se trata, então, de perguntar pelo permitido ou proibido em sua própria casa, mas pelo conveniente para seu projeto (1Cor.6,12;10,23-29), que é tão único e irrepetível como sua pessoa e seu contexto." (Ibidem, p. 131.)

15 Exemplos concretos de comportamento ético 1. Comportamento profissional e relações humanas: moral de atitudes e não atos morais. a) Relação entre alunos, professores, funcionários técnico-administrativos, externos (fornecedores etc). b) Coerência entre teoria e prática: o que se faz não pode ser diferente do que se vive. - Ação Mecânica versus Liberdade. 2. Preservação da natureza: uso de descartáveis, energia elétrica, reciclagem de lixo etc.

16 Questões para reflexão 1. Como são e como deveriam ser nossas atitudes perante as demais pessoais com as quais convivemos em nosso ambiente de trabalho? 2. Qual é nosso nível de envolvimento nas relações de trabalho no que diz respeito à preservação do meio ambiente? 3. Como responder à questão formulada por Kant - que devo fazer - no cotidiano da nossa vida profissional?

17 Referência Bibliográfica BOFF, Leonardo. Ethos mundial. Um consenso mínimo entre os humanos. Brasília: Letra Viva, BOFF, Leonardo. Ética e Moral: a busca de fundamentos. Petrópolis: Vozes, COMPARATO, Fábio Konder. Ética: Direito, Moral e Religião no Mundo Moderno. São Paulo: Companhia das Letras, MONDIN, Battista. O Homem: quem é ele? Elementos de Antropologia Filosófica. 8ª ed. São Paulo: Paulus, GALLO, Silvio (Coord.). Ética e Cidadania: Caminhos da Filosofia. 11ª ed. Campinas: Papirus, SEGUNDO, Juan Luis. Que Mundo? Que Homem? Que Deus?. Aproximações entre Ciência, Filosofia e Teologia. São Paulo: Paulinas, SANCHEZ VÁSQUEZ. Adolfo. Ética. 24ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.


Carregar ppt "Ética e Moral no Cotidiano da Atuação Profissional Sávio Carlos Desan Scopinho Diretor Acadêmico Faculdades Integradas Claretianas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google