A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

III SIMPÓSIO ESTADUAL DE INFECÇÃO HOSPITALAR EXPERIÊNCIA DO INSTITUTO ADOLFO LUTZ NA INVESTIGAÇÃO DE SURTOS TÂNIA MARA IBELLI VAZ Instituto Adolfo Lutz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "III SIMPÓSIO ESTADUAL DE INFECÇÃO HOSPITALAR EXPERIÊNCIA DO INSTITUTO ADOLFO LUTZ NA INVESTIGAÇÃO DE SURTOS TÂNIA MARA IBELLI VAZ Instituto Adolfo Lutz."— Transcrição da apresentação:

1 III SIMPÓSIO ESTADUAL DE INFECÇÃO HOSPITALAR EXPERIÊNCIA DO INSTITUTO ADOLFO LUTZ NA INVESTIGAÇÃO DE SURTOS TÂNIA MARA IBELLI VAZ Instituto Adolfo Lutz

2 GRAM POSITIVOS – Cocos / bacilos BACTÉRIAS DE IMPORTÂNCIA EM INFECÇÃO HOSPITALAR GRAM NEGATIVOS – Cocos / bacilos

3 BACILOS GRAM NEGATIVOS (BGN) Importância em infecção hospitalar - ENTEROBACTÉRIAS - BGN NÃO FERMENTADOR

4 Família Enterobacteriaceae Classificação: Gêneros (42) Espécies (centenas) Enteropatógenos clássicos (diarréias) Infecção hospitalar - espécies importantes Outras espécies - raras em material clínico Espécies que não são isoladas em material clínico Patógenos oportunistas

5 Enteropatógenos clássicos (diarréias) Salmonella Shigella E.coli diarreiogênica (EPEC,ETEC,EHEC,EAEC, DAEC) Y. enterocolitica FAMÍLIA Enterobacteriaceae

6 Escherichia coli Klebsiella pneumoniae Klebsiella oxytoca Proteus mirabilis Enterobacter spp Salmonella (sorotipos) Serratia marcescens Citrobacter spp Providencia spp FAMÍLIA Enterobacteriaceae Infecção hospitalar

7 Meio IAL (Pessoa e Silva) Identificação presuntiva

8 PRINCIPAIS GÊNEROS Pseudomonas, Burkholderia, Stenotrophomonas,Ralstonia, Brevundimonas, Comamonas e Acidovorax Acinetobacter, Moraxella, Shewanella, Chryseobacterium Achromobacter, Alcaligenes,Agrobacterium, Ochrobactrum Outros BGN NF BGN NÃO FERMENTADOR

9 Principais espécies de BGN Não Fermentador Pseudomonas aeruginosa infecções graves e fatais Acinetobacter baumannii Burkholderia cepacia Stenotrophomonas maltophilia Chryseobacterium meningosepticum infecções graves e fatais Achromobacter xylosoxidans Achromobacter piechaudii Ochrobactrum anthropi

10 Conjunto de características morfológicas e metabólicas

11 -Utilizados por muitos laboratórios clínicos - Permitem a identificação dos microrganismos em nível de espécie. - Resultados rápidos SISTEMAS COMERCIAIS E AUTOMATIZADOS

12 - Laboratórios de Referência - Espécies não identificadas - Espécies atípicas e raras SISTEMAS CONVENCIONAIS Testes bioquímicos

13 Clínica Falsos surtos Não identificação do surto (BGN NF) Permite a detecção de espécies raras e atípicas como causa de surtos IDENTIFICAÇÃO DA ESPÉCIE Pode ser a primeira pista da ocorrência de um surto

14 MÉTODOS DE TIPAGEM Identificação de uma cepa particular em uma espécie Escolha do método – depende da espécie - MÉTODOS FENOTÍPICOS - MÉTODOS GENOTÍPICOS

15 MÉTODOS FENOTÍPICOS ANTIBIOGRAMA SOROTIPAGEM FAGOTIPAGEM

16 -RIBOTIPAGEM -PULSED FIELD GEL ELECTROPHORESIS (PFGE) -PERFIL PLASMIDIAL -RAPD ( Randomly amplified polymorphic DNA) MÉTODOS MOLECULARES: PCR PFGE

17 Enterobacter cloacae e Enterobacter agglomerans Surto de bacteriemia – solução de nutrição parenteral 73 amostras – 3 laboratórios IAL (VE) 57E.cloacae / 7 – sangue 16 E.agglomerans / 2 sangue E.Cloacae (sangue e soluções) Biotipo 26 Sorotipos O3 Ribotipo E1B1 Perfil de S: CX CF AP GN Outros tipos foram encontrados em algumas bolsas ONT, O19, O14 E.Agglomerans Ribotipo E6B6 S - a todas as drogas

18 Enterobacter cloacae e Enterobacter agglomerans Surto de bacteriemia – solução de nutrição parenteral E.Cloacae E.agglomerans Ribotipos BamHI Kb Ec O3 Perfil plasmídial Ribotipagem EcoRI e BamHI

19 Surto Infecção Hospitalar Kluyvera sp Kb ,5,6,7, Kluyvera sp

20 Surto de bacteriemia por Pseudomonas aeruginosa em uma unidade de hemodiálise Hemocultura de 11 pacientes P.aeruginosa (4) Água – P.aeruginosa e/ ou B. cepacia Sorotipos Piocinotipos Ribotipos Amostras dos pacientes e uma da água de hemodiálise: O15 P10 AP CF CL CO CX TT E1B1 Outras amostras de água : O4 O7,8 O10 O11

21 Surto de Klebsiella pneumoniae ESBL + berçário PFGE KB 1,15 Padrão de massa molecular, 5- 11,13,14 -(KI)


Carregar ppt "III SIMPÓSIO ESTADUAL DE INFECÇÃO HOSPITALAR EXPERIÊNCIA DO INSTITUTO ADOLFO LUTZ NA INVESTIGAÇÃO DE SURTOS TÂNIA MARA IBELLI VAZ Instituto Adolfo Lutz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google