A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIII Workshop Nova Física no Espaço Campos do Jordão, 8-13 fev 2009 Estrutura dos halos de matéria escura no modelo ΛCDM Angelo F. Neto (1,2), Liang Gao.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIII Workshop Nova Física no Espaço Campos do Jordão, 8-13 fev 2009 Estrutura dos halos de matéria escura no modelo ΛCDM Angelo F. Neto (1,2), Liang Gao."— Transcrição da apresentação:

1 VIII Workshop Nova Física no Espaço Campos do Jordão, 8-13 fev 2009 Estrutura dos halos de matéria escura no modelo ΛCDM Angelo F. Neto (1,2), Liang Gao (2), Philip Bett (2), Shaun Cole (2), Julio F. Navarro (2,3), Carlos S. Frenk (2), Simon D.M. White (4), Volker Springel (4), Adrian Jenkins (2) (1)Instituto de Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre RS, Brazil; (2)Institute of Computational Cosmology, Department of Physics, University of Durham, Durham, UK; (3) Department of Physics and Astronomy, University of Victoria, Victoria, Canada; (4)Max-Planck Institute for Astrophysics, Garching, Germany POSTER 34 The statistics of LCDM halo concentrations (2007MNRAS N)

2 Redshift 127 < z < < T (Gyr) < 13.6 R = 500 Mpc/h A Simulação do Millennium Modelo cosmológico ΛCDM (WMAP 1 + 2dFGRS) N = 10 bilhões de partículas - 10TB de dados! m p = 8.6 x 10 8 h -1 M s eps = 5kpc/h

3 r -1 r -3 r -2 rsrs rΔrΔ rsrs (Satisfaz ~ o equilíbrio virial) Ajuste do perfil de densidade de NFW a uma populacao de halos relaxados NFW é independente da massa do halo e do modelo cosmológico (Navarro, Frenk & White 1995,1996)

4 Relação massa - concentração População de halos relaxados a z=0 A correlação entre os parâmetros c e M do perfil de densidade de NFW permite descrever a estrutura do halo com um parametro apenas. A simulação do Millennium possibilitou medir a distribuicao de probabilidade de c e verificar a a relacao c(M) no regime >10 14 M sol O modelo de Bullock et al falha ao reproduzir a relação c(M) nesse regime Bullock et al 2001

5 c(M) relation from observed clusters (Voigt & Fabian 2006) Teoria vs. Observação Testando as previsões do modelo LCDM em escalas de aglomerados de galáxias σ log 10 c Observações em raios-X - O perfil de massa é obtido a partir da hipótese de equilibrio hidrostático do gás - Contraste de densidade Δ=20000, apenas o perfil de massa interno do halo é determinado - O halo está suficentemente relaxado? - Como escolher o centro do halo?


Carregar ppt "VIII Workshop Nova Física no Espaço Campos do Jordão, 8-13 fev 2009 Estrutura dos halos de matéria escura no modelo ΛCDM Angelo F. Neto (1,2), Liang Gao."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google