A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. (Mt 5, 9) A paz é fruto da justiça (Is 32, 17) IDT – IV SEMANA TEOLÓGICA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. (Mt 5, 9) A paz é fruto da justiça (Is 32, 17) IDT – IV SEMANA TEOLÓGICA."— Transcrição da apresentação:

1 1 Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. (Mt 5, 9) A paz é fruto da justiça (Is 32, 17) IDT – IV SEMANA TEOLÓGICA ESPIRITUALIDADE E PAZ

2 TESTEMUNHOS DE PAZ Senhor, Fazei de mim um instrumento da vossa paz. Onde há ódio, que eu leve o amor. Onde há ofensa, que eu leve o perdão. Onde há discórdia, que eu leve a união. Onde há dúvida, que eu leve a fé. Onde há erro, que eu leve a verdade. Onde há desespero, que eu leve a esperança. Onde há tristeza, que eu leve a alegria. Onde há trevas, que eu leve a luz. São Francisco de Assis

3 3 "Qualquer ato de amor, por menor que seja, é um trabalho pela paz.". Madre Tereza de Calcutá TESTEMUNHOS DE PAZ A paz é a única forma de nos sentirmos verdadeiramente humanos. (Albert Einstein) Não existe um Caminho para a PAZ. A PAZ é o caminho. Mahatma Gandhi A paz não é um período de tempo, Mas uma forma de vida. Antônio Lisboa de Carvalho

4 4 CULTURA DA PAZ A construção da CULTURA DA PAZ requer a participação e contribuição de todos e constitui em nosso contexto uma necessidade frente a tantas violências que ameaçam a vida humana e a de todo o planeta. A paz é alimentada pela união de raízes fortes. Em cada uma das nossas ações diárias pode estar uma raiz que permite a Cultura de Paz crescer e se multiplicar.

5 5 CONTEXTUALIZANDO A realidade clama por paz. As pessoas, as famílias, as comunidades e sociedade atualmente enfrentam o dilema da violência e atitudes agressivas negativas que perpassam as relações em suas diversas instâncias. A cultura de morte se estrutura atrás da guerra, da dominação, da violência e do medo. A vida humana e a natureza se vêem ameaçadas por um projeto que domina, destrói e depreda em nome do progresso.

6 CONTEXTUALIZANDO A pobreza, a desigualdade e a injustiça social refletem-se na contínua violação dos direitos humanos, incluindo o direito à vida e à segurança. Os índices de violência e de insegurança, especialmente nos grandes centros urbanos, aumentaram nas últimas duas décadas. Os homicídios são hoje uma das principais causas de morte entre homens de idades entre 15 e 39 anos

7 A violência e guerra parecem ser os únicos caminhos para a resolução do conflito e cada vez mais esta cultura de morte nos desumaniza. As pessoas sentem- se coagidas e sem saber o que fazer ou como reagir. Muitas perguntas e indagações são feitas: - É possível vivermos em paz? - É possível controlar a violência em suas diversas manifestações? CONTEXTUALIZANDO

8 8 DIALOGANDO COM ALGUNS CONCEITOS 1.PAZ Significa bem-estar, felicidade, saúde, segurança e relações sociais equilibradas; harmonia consigo mesmo, com o próximo e com Deus. A paz se conquista na lida diária, e os seus construtores devem tornar-se eles mesmos instrumentos de paz.

9 Quando falamos da cultura de paz, sabemos o tema é amplo e abrangente. A busca da paz implica numa mudança de mentalidade e que exige também a construção de valores envolvendo a não-violência, a responsabilidade ética, a compaixão, a solidariedade, a paz entre as pessoas. Uma Cultura de Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida ( ONU, 2004) 2. CULTURA DE PAZ

10 10 A história humana é marcada por versos e reversos: pelo amor, mas também pelo ódio, pela ternura e também pela agressão violenta, pelo domínio do outro, mas também pela solidariedade e cooperação. A formação da cultura da paz deve ser uma decisão de cada pessoa, de todos os cidadãos. Em pequenas atitudes do dia a dia podemos demonstrar que este processo é possível e necessário para o mundo. 1. CULTURA DE PAZ

11 11 3. AGRESSÃO E AGRESSIVIDADE A raiva, o ódio e a violência sempre existiram na história da humanidade. Em relação a agressividade, pode-se dizer que o ser humano é agressivo. Apesar de tal afirmação causar estranheza, pauta-se na idéia de que a agressividade é necessária à vida, pois é ela quem nos faz lutar pelos nossos direitos, indignar-nos com as injustiças e ter persistência para batalhar por metas de vida. Contudo, o impulso agressivo, quando não é bem cuidado, pode se transformar em ódio e violência ( Maldonado, 2004)

12 12 É importante compreender os processos de transformação dos sentimentos e regular a impulsividade. Esse é um trabalho persistente que devemos fazer a vida inteira. Mesmo dentro da própria família, há pessoas que não conseguem segurar a raiva e acabam sendo violentas até mesmo com os próprios familiares. - AGRESSÃO E AGRESSIVIDADE

13 13 - AGRESSÃO E AGRESSIVIDADE Mecanismos de controle da agressividade: a educação e os mecanismo sociais da lei e da tradição buscam a subordinação e o controle dessa agressividade. Assim, desde criança o ser humano aprende a reprimir e a não expressar sua agressividade de modo descontrolado. Repressão: pode levar a manifestação do sentido negativo da agressividade: transformar-se em ação violenta.

14 Psicologia: A busca da paz, contudo, não pode ser entendida como um controle do impulso agressivo, como uma atitude passiva nem tão pouco imposta às pessoas. Deve ser resultado de uma ação reflexiva onde cada pessoa de forma livre e consciente pauta suas escolhas em atitudes que constroem a paz e que facilita a construção o ser. Conflito: Precisamos aprender a lidar com os opostos e buscar resoluções criativas para resolver os conflitos. PSICOLOGIA E FÉ CRISTÃ

15 -Fé Cristã: Cristo é a nossa paz Dou-vos a minha paz 15 BÍBLIA: Paz é o conceito básico na Bíblia. O termo aparece na Escritura cerca 239 vezes. aponta para a solidariedade e a paz ; denuncia a violência e pede a paz ; Jesus nos deu a paz:Jesus nos deu a paz: aponta vão na contramão da violência: caridade, amor fraterno, perdão, solidariedade, resgate do pecador, reintegração de excluídos.

16 FECHAMENTO: É na medida em me abro e aceito as diferenças no contato, que posso crescer e viver transformações dentro de mim mesmo. O diálogo é instrumento fundamental que permitirá novas relações pautadas na paz. Os conflitos podem ser resolvidos por mecanismos não-violentos.

17 PAZ: é um anseio, é uma meta, é uma necessidade. É um caminho que devemos trilhar juntos. No respeito à vida, no fim da violência e na promoção e prática da não violência por meio da educação, do diálogo e da cooperação. Você deve ser a própria mudança que deseja ver no mundo." (Ghandi) "Só podemos vencer o adversário com o amor, nunca com o ódio." – Madre Thereza - Ghandi


Carregar ppt "1 Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. (Mt 5, 9) A paz é fruto da justiça (Is 32, 17) IDT – IV SEMANA TEOLÓGICA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google