A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trazer a arca da aliança para a família Ficou a arca do Senhor em casa de Obede- Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa (2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trazer a arca da aliança para a família Ficou a arca do Senhor em casa de Obede- Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa (2."— Transcrição da apresentação:

1 Trazer a arca da aliança para a família Ficou a arca do Senhor em casa de Obede- Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa (2 Samuel 6:11)

2 II SAM. 6:9-12 Davi, pois, teve medo do Senhor naquele dia, e disse: Como virá a mim a arca do Senhor? 10 E não quis levar a arca do Senhor para a cidade de Davi; mas fê-la entrar na casa de Obede-Edom, o gitita. 11 E ficou a arca do Senhor três meses na casa de Obede-Edom, o gitita, e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa. 12 Então informaram a Davi, dizendo: O Senhor abençoou a casa de Obede-Edom, e tudo quanto é dele, por causa da arca de Deus. Foi, pois, Davi, e com alegria fez subir a arca de Deus, da casa de Obede- Edom para a cidade de Davi.

3 Queremos ensinar a você as bênçãos poderosas que viveu Obede-Edom. Ele teve em sua casa a arca do Senhor durante três meses. Ele experimentou o que jamais havia pensado ser possível viver. A presença da arca desenvolveu em sua família o temor e as bênçãos que herdam aqueles que honram o testemunho do Senhor e com dignidade vivem a dimensão sobrenatural.

4 Enquanto muitos valorizam o ter em suas casas objetos de valor e buscam o seu diferencial no que o dinheiro e a vaidade proporcionam, nós podemos estar em posição de viver a verdadeira prosperidade que é completa em todos os aspectos e nos coroa com a verdadeira alegria: A bênção do Senhor enriquece e não acrescenta dores. (Prov.10:22).

5 I Crônicas 26:7-8 diz a respeito dos filhos de Obede Edom como aqueles que eram homens valentes, capazes e robustos para todo o serviço. Queremos como Igreja viva produzir para o Senhor. A arca como sinal da vida do Senhor nos trará a força, a ousadia, a prosperidade necessária para produzir.

6 Minha oração é para que cada um de nós vença toda a paralisia e estagnação. Que estes dias sejam dias em que você tenha experiências com a palavra do Senhor que não está mais escrita em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do nosso coração e esta é a verdadeira lei que seguimos quando estamos em aliança com o Senhor.

7 A Vara de Arão era o último item que constava na arca, além do maná e das tábuas da lei. Pois a vara que floresce é o sinal da prosperidade e da frutificação principalmente do sacerdócio que iremos experimentar nestes dias.

8 A sua vida irá florescer e o Senhor testificará daqueles que vivem o diferencial de ter uma aliança com Ele, pois somos o sacerdócio real Declare: I Pe.2:9-Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz

9 QUEM ERA OBEDE-EDOM A bíblia diz que quando no meio do caminho uma catástrofe acontece com um homem da tribo de Judá, filho de Abinadabe, chamado Uzá, o rei Davi deixa de levar a arca e a coloca em uma casa que estava a beira do caminho. A bíblia nos relata que Obede-Edom morava na beira da estrada que levava a Jerusalém. Mas quem realmente era este homem? Então vejamos: OBEDE significa servo, que é o mesmo que escravo, e EDOM denota que este homem era um descendente dos Edomitas, que eram descendentes de Esaú, sendo estes um povo inimigos de Israel, não bastasse ele era geteu, ou seja, de Gate, a terra de um dos maiores inimigos de Israel, Golias.

10 Então estamos falando de alguém rejeitado pela sociedade da época, humilhado pelos chamados "povo de Deus", os Israelitas, desprezado por todos, que tinha uma esposa estéril, animais estéreis, não morava na cidade, mas em uma tapera na beira de uma estrada, descendente dos inimigos de Israel, natural da cidade de Golias, mas veremos que era alguém que orava e buscava ao verdadeiro Senhor dos senhores.

11 A Família se estrutura em torno de uma aliança. Marido e mulher se casam e firmam uma aliança para que debaixo da benção da família haja crescimento e desenvolvimento. Desde o Éden que a serpente tenta romper esta aliança semeando desconfiança e afastando o homem de Deus. Todo o lar onde a maldição está presente o resultado é a destruição a miséria e o caos. Precisamos aprender a trazer a arca da Aliança para a família, denunciar todos os enganos das trevas e utilizar as armas da Luz.

12 Rom. 13: 12 - A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz.

13 PRECISAMOS DENUNCIAR OS ELOS DE MALDIÇÃO QUE NOS IMPEDEM DE VIVER A ALIANÇA (ELI E SEUS FILHOS) I Sam 2:12-17/22-25

14 12 Eram, porém, os filhos de Eli filhos de Belial; não conheciam ao SENHOR.13 Porquanto o costume daqueles sacerdotes com o povo era que, oferecendo alguém algum sacrifício, estando-se cozendo a carne, vinha o moço do sacerdote, com um garfo de três dentes em sua mão;14 E enfiava-o na caldeira, ou na panela, ou no caldeirão, ou na marmita; e tudo quanto o garfo tirava, o sacerdote tomava para si; assim faziam a todo o Israel que ia ali a Siló.15 Também antes de queimarem a gordura vinha o moço do sacerdote, e dizia ao homem que sacrificava: Dá essa carne para assar ao sacerdote; porque não receberá de ti carne cozida, mas crua.

15 16 E, dizendo-lhe o homem: Queime-se primeiro a gordura de hoje, e depois toma para ti quanto desejar a tua alma, então ele lhe dizia: Não, agora a hás de dar, e, se não, por força a tomarei.17 Era, pois, muito grande o pecado destes moços perante o SENHOR, porquanto os homens desprezavam a oferta do SENHOR.

16 22 Era, porém, Eli já muito velho, e ouvia tudo quanto seus filhos faziam a todo o Israel, e de como se deitavam com as mulheres que em bandos se ajuntavam à porta da tenda da congregação.23 E disse-lhes: Por que fazeis tais coisas? Pois ouço de todo este povo os vossos malefícios.24 Não, filhos meus, porque não é boa esta fama que ouço; fazeis transgredir o povo do SENHOR.25 Pecando homem contra homem, os juízes o julgarão; pecando, porém, o homem contra o SENHOR, quem rogará por ele? Mas não ouviram a voz de seu pai, porque o SENHOR os queria matar.

17 Passividade quanto ao seu chamado – v.12 Eram, porém, os filhos de Eli filhos de Belial; não conheciam ao SENHOR.

18 Eli era Sacerdote num tempo em que a palavra do Senhor era rara e as visões não eram freqüentes (I Sam 3: 1) isto acontecia porque Eli se fez surdo a voz do Senhor, não exercendo o seu chamado como sacerdote, deixando de aplicar a seus próprios filhos a palavra de correção que vinha do Senhor, quando deixamos que a passividade tome conta do nosso chamado começamos a regredir e abrir espaço para que o inimigo avance.

19 Se queremos viver a benção do Senhor para a nossa família, não podemos nos acomodar com o pecado, a nossa aliança com o Senhor se manifesta na santidade – Salmos 77:13 O teu caminho, ó Deus, é de santidade. Que deus é tão grande como o nosso Deus? Quando vivemos a plenitude da Aliança com o Senhor a nossa fraqueza é suprida pela força da aliança, mas se abrirmos mão de exercermos o nosso chamado e deixamos que as deformações ganhem espaço em nossas vidas ao invés da benção atraímos maldição.

20 Você vai hoje repreender toda passividade e ver a constituição espiritual que está sobre a sua vida reconhecida. Jó 5:17 Bem-aventurado é o homem a quem Deus disciplina; não desprezes, pois, a disciplina do Todo-poderoso

21 Negligência quanto ao Sagrado – v.17Era, pois, muito grande o pecado destes moços perante o SENHOR, porquanto os homens desprezavam a oferta do SENHOR.

22 Os filhos de Eli se envolveram em malignidades desprezando o que era do Senhor, a sua ação de tocar nas ofertas se tornou um costume do qual Eli se fazia conivente, este afrouxamento trouxe a Eli graves conseqüências de modo que seus filhos foram chamados de filhos de Belial, isto é filhos da destruição e da iniqüidade, a palavra Belial significa inútil e infelizmente muitas pessoas que poderiam trazer benção para a sua família andando com o Senhor, se tornam inúteis tocando no que é sagrado e desprezando o que tem valor.

23 Você vai romper com toda a negligência pois o Senhor tem para você a oportunidade de viver a consciência do que é sagrado e na aliança que existe no ofertar ao Senhor viver a grande prosperidade. Pv.18:9 Quem é negligente na sua obra já é irmão do desperdiçador

24 Alienação quanto ao seu legado – v.30 e 31Portanto, diz o SENHOR Deus de Israel: Na verdade tinha falado eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém agora diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados.31 Eis que vêm dias em que cortarei o teu braço e o braço da casa de teu pai, para que não haja mais ancião algum em tua casa.

25 Os filhos de Eli poderiam ter um futuro de bênçãos e trazer as suas famílias a prosperidade da linhagem ministerial dando continuidade ao chamado do Senhor sobre a casa de Eli, mas a sua alienação quanto a sua perspectiva futura desprezando o sacerdócio e se fazendo execráveis por sua conduta trouxe a morte sobre Israel.

26 Israel havia sido derrotado e foram buscar a Arca do Senhor para obter livramento contra os inimigos, mas devido a alienação e a falta de discernimento nas ações de Hofni e Finéias filhos de Eli a arca foi tomada justamente quando estava junto a eles que nesta ação também foram mortos. ( I Sam. 4:10-11). Então pelejaram os filisteus, e Israel foi ferido, fugindo cada um para a sua tenda; e foi tão grande o estrago, que caíram de Israel trinta mil homens de pé.11 E foi tomada a arca de Deus: e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, morreram.

27 Eli ao receber a notícia que a arca fora tomada e que seus filhos tinham sido mortos, caiu da cadeira para trás, quebrou o pescoço e também morreu. A mulher de Finéias estava grávida e ao receber a notícia encurvou- se e deu a luz, as mulheres que a ajudavam no parto disseram: -Não temas pois tiveste um filho, ela porém não respondeu e nem fez caso disso e chamou o menino de Icabode, dizendo: Foi-se a glória de Israel. Isto ela disse porque a Arca do Senhor fora tomada. (I Sam.4:19-22). II Re.17:19-20 Também Judá não guardou os mandamentos do Senhor, seu Deus; antes andaram nos costumes que Israel introduziu. Pelo que o Senhor rejeitou a toda a descendência de Israel, e os afligiu, e os entregou nas mãos dos despojadores, até que os expulsou da sua presença.

28 CONSEQUÊNCIAS DA PASSIVIDADE, NEGLIGÊNCIA, ALIENAÇÃO

29 A atitude de Eli ao longo da sua vida resultou na tomada da arca e na sua própria morte, levantando Samuel no seu lugar, ao morrer caindo da cadeira e quebrando o seu pescoço traduziu que o seu relacionamento com o cabeça-Deus já estava a muito tempo deteriorado e comprometido. Quando vivemos em corpo a relação de submissão ao cabeça nos confere saúde e prosperidade. A arca do Senhor está presente onde a autoridade do Senhor é reconhecida e onde o zelo do Senhor consome a nossa vida.

30 Acomodado à passividade, pesado pelo fardo da negligência, colheu o resultado da sua alienação pois ao abrir mão de valores preciosos aceitou as desculpas do inferno e tudo ficou normal até mesmo a derrota do povo com a tomada da arca do Senhor que ficou nas mãos do Inimigo. É tempo de quebrar todos os elos de maldição e trazer a benção da arca da Aliança para dentro de nossas casas.

31 TRÊS PASSOS PARA ABRIR CAMINHO E TRAZER A ARCA DA ALIANÇA PARA SUA FAMÍLIA.

32 INCONFORMAR- SE DIANTE DA ESTERILIDADE- A VARA DE ARÃO - FERTILIDADE

33 Num tempo de oração no templo, Ana clamava, e o Sacerdote Eli não podia compreende-la. Ele até achou que ela estava bêbada, na verdade a sua oração era justamente a resposta de Deus para o sucessor do próprio Eli. A oração de Ana inconformada por não gerar acabou por produzir um sacerdote ao Senhor que iria receber tanta honra do Senhor que nenhuma de suas palavras cairia por terra e por todos, os seus frutos seria confirmado como profeta do Senhor.( I Sam.3:20)

34 E todo o Israel, desde Dã até Berseba, conheceu que Samuel estava confirmado por profeta do SENHOR.

35 Um dos elementos da Arca da Aliança era a vara de Arão que floresceu, e justamente aquele que tem a Arca do Senhor em sua casa experimenta o frutificar da sua vida debaixo desta unção A exemplo de Obede-Edom que viveu um tempo de prosperidade você já venceu toda a esterilidade e dará testemunho de como o fruto do Senhor é manifesto diante de todos porque seremos conhecidos pelos nossos frutos e o tempo de se acomodar com a esterilidade não existe para aquele que vive em Aliança com a Arca do Senhor!

36 DETERMINAR-SE DIANTE DOS SEUS VOTOS AS TABUAS DA LEI COMPROMISSO

37 Ao receber do Senhor o resultado de suas orações Ana não se esqueceu do Senhor, pelo contrário com alegria foi a casa do Senhor cumprir o seu voto entregando Samuel para o serviço do sacerdócio. Enquanto os filhos de Eli se afundavam em pecados Samuel ainda menino ministrava diante do Senhor vestido de uma estola sacerdotal de linho. De ano em ano sua mãe lhe fazia uma túnica e trazia ao templo acompanhando o crescimento do que estava dedicado ao Senhor.

38 Quando a arca do Senhor está na sua casa a lei do Senhor governa os nossos corações, dentro da nova aliança nós temos escrito nas tábuas de carne do nosso coração as palavras que o Senhor coloca e nunca é peso obedecer ao Senhor e cumprir com alegria o que temos prometido a Ele. Quando não estamos com a arca em nossa casa, abrimos brechas e permitimos que as considerações do inferno ocupem nossa mente deixando de cumprir o que votamos ao Senhor e nos fazemos de tolos diante do nosso Deus.

39 A lei do Espírito da vida em Cristo Jesus te livrou da lei do pecado e da morte (Rom.8:2). O amor que está derramado em nosso coração nos leva a obedecer e amar cada vez mais e cumprir a palavra dos céus. Você e a sua casa vão honrar a palavra do Senhor e vão viver as palavras de prosperidade pela obediência que devotarem de todo o coração a sua lei!

40 POSICIONAR-SE PARA VIVER A DIREÇÃO DOS CÉUS- O MANÁ - SUPRIMENTO

41 Samuel ouviu a voz de Deus num tempo em que as palavras eram raras e as visões não eram freqüentes. Mas antes que a lâmpada do Senhor se apagasse, a voz do Senhor chamou o menino, que estava posicionado para obedecer. I Sam.7:15- E julgou Samuel todos os dias da sua vida a Israel. Viver a experiência do Maná é saber que a cada dia o Senhor tem algo a nos dizer e acrescentar com bênçãos e unção sobre a nossa vida.

42 Quem está posicionado para ouvir também irá obedecer já que no original hebraico a palavra é a mesma. Os seus ouvidos estão em aliança com o Senhor e como maná a cada dia ele trará suprimento e direção para sua vida. O maná escondido que é citado em Apocalipse 2:17 é a recompensa para os vencedores que em aliança com o Senhor vencem a apostasia dos que se contaminam com doutrinas de demônios e estão presos a prostituição como era a situação da igreja de Pérgamo.

43 O seu posicionamento abre caminho para trazer a arca da aliança para sua casa e viver suprido pelo Senhor todos os dias da sua vida.

44 CONCLUSÃO: Todos os itens da arca da Aliança estão a nossa disposição para que em nossas casas nunca falte a palavra, o suprimento e os frutos que testificam de que o diferencial de nossas vidas é a aliança que temos com o Senhor!

45 Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.13 Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar.


Carregar ppt "Trazer a arca da aliança para a família Ficou a arca do Senhor em casa de Obede- Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa (2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google