A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. O que é Planejamento Estratégico; Visão Geral da metodologia; Importância.PROPOSTA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. O que é Planejamento Estratégico; Visão Geral da metodologia; Importância.PROPOSTA."— Transcrição da apresentação:

1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

2 O que é Planejamento Estratégico; Visão Geral da metodologia; Importância.PROPOSTA

3 Exigências da sociedade; Recursos escassos; Globalização; Novas tecnologias; Mudanças,mudanças... Cada vez mais rápidas. MUDANÇAS NO AMBIENTE

4 O que fazer para enfrentar estes desafios e às constantes mudanças em nosso ambiente ?

5 Instituir métodos de trabalho que cada vez mais conduzam à melhoria no desempenho. DESAFIOS DAS ORGANIZAÇÕES / GESTORES

6 DESAFIOS ORGANIZAÇÕES / GESTORES Aperfeiçoar cada vez mais o seu gerenciamento. – Empírico X Científico – Improvisado x Planejado

7 GERENCIAMENTO O gerenciamento é um trabalho que consiste em conduzir, a partir de um contexto dado, um grupo pessoas que busquem atingir em comum, um ou mais objetivos, de acordo com as finalidades da organização.

8 Um trabalho em si que se acrescenta à capacidade técnica de base. GERENCIAMENTO NO SERVIÇO PÚBLICO

9 ESPAÇO DO GERENCIAMENTO

10 PRINCIPAIS FUNÇÕES GERENCIAIS ORGANIZAR PLANEJAR LIDERAR CONTROLAR

11 COMO MELHORAR A FUNÇÃO PLANEJAR? PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

12 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO O QUE É ? Uma metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela organização, visando o maior grau de interação com o ambiente. É o planejamento sistêmico das metas de longo prazo e dos meios disponíveis para alcançá-las, de modo integrado e alinhado nos três níveis hierárquicos.

13 NÍVEIS HIERÁRQUICOS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO TÁTICO PLANEJAMENTO OPERACIONAL

14 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO FINALIDADE: Pensar estrategicamente; Estabelecer prioridades; Desenvolver um processo de produção de decisões de base coerente e defensável;

15 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO FINALIDADE: Poupar tempo; Reduzir a descontinuidade; Melhorar o desempenho; Aperfeiçoar as habilidades dos gestores.

16 METODOLOGIA DE IMPLANTAÇÃOETAPAS

17 1ª ETAPA - VISÃO É o ideal de uma organização. Aquilo que se quer ser num determinado tempo e espaço.

18 IMPORTÂNCIA DA VISÃO A ausência de Visão, a sensação de falta de uma direção maior, de um norte que guie o esforço conjunto, dispersa a aplicação da energia que faz acontecer.

19 IMPORTÂNCIA DA VISÃO Na medida em que a visão é fragmentada, onde os vários segmentos da organização tem visões próprias, sem conexão com algo maior, a tendência é a busca de aprendizagem individualizada como fonte de maximização do desempenho setorial e como fonte de poder.

20 VISÃO DO STJ Ser reconhecido pela sociedade como um Tribunal da Cidadania, modelo na garantia de uma Justiça célere, acessível e efetiva.

21 2ª ETAPA - MISSÃO É o que dá direção e significado à existência da Organização.

22 MISSÃO DO STJ Garantir à sociedade uma justiça célere, acessível e efetiva, zelando pela autoridade e uniformidade na interpretação e no cumprimento das normas constitucionais.

23 3ª ETAPA - VALORES Explicitam as crenças e as convicções que devem ser defendidas pela instituição e orientam o comportamento das pessoas, permeando todas as atividades e relações que nela ocorram.

24 VALORES STJ Orgulho Institucional; Presteza; Inovação; Cooperação; Comprometimento; Transparência; Confiança; Respeito.

25 FORÇASFRAQUEZAS OPORTUNIDADESAMEAÇAS 4ª ETAPA - DIAGNÓSTICO SITUACIONAL ANÁLISE DE AMBIENTES

26 ESTRATÉGIAS Desta análise onde existe uma efetiva interligação entre os fatores internos e externos da instituição são estabelecidos os objetivos estratégicos a serem seguidos pela organização.

27 São os sinalizadores dos aspectos da atuação organizacional em que o êxito é fundamental para o cumprimento das estratégias. 5ª ETAPA - OBJETIVOS ESTRATÉGICOS 5ª ETAPA - OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

28 Cliente/sociedade: Direciona as ações para as necessidades e satisfação dos clientes; Orçamento/Finanças: reúne aqueles ligados à utilização adequada dos recursos orçamentários e financeiros; Processos Internos: analisa os processos de trabalhos críticos da organização, visando à melhoria contínua; Aprendizado/Crescimento:Direciona a atenção para as pessoas e para a infra-estrutura de RH necessária ao sucesso da instituição. PERSPECTIVAS DOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

29 DESDOBRAMENTO DOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS EM METAS E PLANOS DE AÇÕES PELAS UNIDADES 6ª ETAPA - METAS E PLANOS 6ª ETAPA - METAS E PLANOS

30 Análise Ambiental VISÃO / MISSÃO/ VALORES ANÁLISE DA SITUAÇÃO ATUAL: Identificação das oportunidades e ameaças externas e forças e fraquezas internas 1 2 – Diagnóstico Situacional 3 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS METAS PLANOS DE AÇÕES ANUAL 4 6 Ambiente Interno ROTEIROROTEIRO

31 Aquilo que não é medido não é gerenciado. ACOMPANHAMENTO (CONTROLE)

32 O sistema de medição de uma organização afeta em grande medida o comportamento de suas pessoas; Expressam a relação quantitativa entre o desempenho alcançado e o esperado contemplando às dimensões da eficiência, eficácia e efetividade. 7ª ETAPA - INDICADORES DE DESEMPENHO

33 Eficiência: É a otimização dos recursos utilizados para a obtenção dos resultados. Eficácia: É a contribuição dos resultados obtidos para o alcance dos objetivos da organização Efetividade: É a relação entre os resultados alcançados e os objetivos propostos ao longo do tempo.DIMENSÕES

34 8ª- REVISÃO-CICLO DA MELHORIAORGANIZAR PLANEJAR LIDERAR CONTROLAR

35 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO O QUE NÃO É: Um passatempo de intelectuais; Uma camisa de força; Um conjunto de ritos; Dissociado da ação.

36 1ª - Entusiasmo; 2ª - Confusão; 3ª - Desilusão; 4ª - Procura de Culpados; 5ª - Castigo do inocente; 6ª - Condecoração dos não participantes. PARA QUE NÃO OCORRA IMPLANTAÇÃO DO TIPO:

37 Internalizar como qualquer outro processo gerencial; Encarar que é um processo que tem a ver com as características e a cultura organizacional e no modo como gerenciamos; É NECESSÁRIO:

38 OS DESAFIOS Não são apenas técnicos.

39 ESTAMOS PENSANDO INTRODUZIR UMA MUDANÇA VISANDO MELHORAR NOSSO...

40 MUDANÇA ???

41 é bom para o privado, mas inadequado para o público; é somente uma moda, passará; já o fazemos; é manipulação. 4 BOAS DESCULPAS PARA NÃO ADOTAR NOVAS FERRAMENTAS DE GESTÃO NO SERVIÇO PÚBLICO

42 o serviço público continua mais indispensável do que nunca; mas deve provar sua eficácia; para atingir isso, precisa, antes de tudo, de quadros gerenciais que conduzam à mudança necessária, se não conduzir à mudança por si mesmo, corre o risco de que esta lhe seja imposta de fora. QUATRO RAZÕES IMPORTANTES PARA ADOTÁ-LAS NO SERVIÇO PÚBLICO

43 Não há vento favorável para quem não sabe onde vai Sêneca MENSAGEM FINAL

44 O DESAFIO DA MUDANÇA DO SERVIÇO À BUROCRACIA PARA O SERVIÇO AO CIDADÃO

45


Carregar ppt "PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. O que é Planejamento Estratégico; Visão Geral da metodologia; Importância.PROPOSTA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google