A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DO PAV  Fonte de informações para formulação de práticas pedagógicas;  Aponta reciprocidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DO PAV  Fonte de informações para formulação de práticas pedagógicas;  Aponta reciprocidade."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DO PAV  Fonte de informações para formulação de práticas pedagógicas;  Aponta reciprocidade entre desempenho dos alunos e práticas de ensino dos professores.

2 RESPONSÁVEIS PELO PROCESSO DE AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO  Coletivo da escola É fundamental a criação de um espaço coletivo para: 1- discussão e análise dos problemas de aprendizagem, 2- elaboração conjunta de planejamentos e implementação de ações diversificadas de recuperação dos alunos e formação dos docentes.

3 DIMENSÕES DA AVALIAÇÃO  Técnica ou burocrática: regulação dos tempos escolares com caráter classificatório, somativo, controlador, com objetivo de certificação ou de atendimento à dimensão burocrática do sistema;  Formativa: função diagnóstica, processual, descritiva e qualitativa com o objetivo de sinalizar as aprendizagens consolidadas pelo aluno, suas dificuldades ao longo do processo e estratégias necessárias a seus avanços.

4 AÇÕES DE AVALIAÇÃO  A primeira ação educativa essencial à avaliação é o diagnóstico.  Diagnosticar é coletar dados relevantes, através de instrumentos que expressem o estado de aprendizagem do aluno.

5 INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO  Observações e registros (fotos, roteiros, fichas descritivas, relatórios individuais, diário de bordo e etc.  Provas operatórias  Auto-avaliação (ex.: portifólio)‏  Provas de Avaliações Sistêmicas

6 MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA  Discrimina conhecimentos e competências a serem avaliados;  Sua finalidade é orientar a elaboração de estratégias ou questões de avaliação;  Não esgota o repertório de capacidades ou de procedimentos possíveis para a avaliação.

7 MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA  Compõe-se de capacidades progressivas e diferenciadas quanto ao grau de complexidade;  Apresenta capacidades que devem ser desenvolvidas ao longo de todo o Ciclo da alfabetização, englobando, de forma indissociável, os processos de alfabetização e letramento (foco principal).

8 MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA  Estrutura:  O que está sendo avaliado (capacidades)‏  Detalhamento da capacidade que está sendo avaliada (descritores)‏  Como será avaliado (instrumento)‏

9 QUESTÕES PARA UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA  Cada questão deve medir apenas uma capacidade;  Uma certa capacidade pode ser medida por questões com diferente grau de dificuldade;  Focar o que é importante e não o que é periférico;  Ser coerentes com o que está sendo avaliado;  Variadas quanto ao grau de complexidade;  Claras, curtas e objetivas.

10 APLICAÇÃO DE UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA  É menos rigorosa do que a aplicação de uma avaliação sistêmica;  Exige mediação do professor;  Exige flexibilidade.

11 VALIDADE A validade de uma avaliação diagnóstica pressupõe:  registro e análise cuidadosa dos resultados, inclusive dos erros dos alunos;  comunicação dos resultados (escola, pais e alunos);

12  construção, com os alunos, de metas e objetivos a serem alcançados pela turma e por cada aluno individualmente (expor em cartazes na sala e nos cadernos dos alunos, respectivamente) e  utilização dos resultados analisados para planejamento e implementação de intervenções pedagógicas adequadas; (cad.VI).

13 PLANEJANDO A INTERVENÇÃO  1º passo: análise dos erros dos alunos;  2ºpasso: analisar os resultados consolidados, à luz das observações feitas pelo professor durante as aulas;  3º passo: estabelecer metas gerais para o trabalho a ser desenvolvido;

14  4º passo: elaborar um plano de trabalho, considerando os conhecimentos e as capacidades linguísticas que as crianças já possuem ou que ainda não desenvolveram, com base nos eixos e nas capacidades linguísticas (plano anual ou semestral);

15  5º passo: elaborar,a partir do material “Guia do Professor Alfabetizador das turmas de letramento do PAV” e no Material do aluno – “O Sonho de Renato” o planejamento de uma rotina semanal, considerando o tipo de abordagem que se pretende dar a cada capacidade do planejamento (introduzir, trab. sist., consolidar, retomar);  6º passo: elaborar planos diários com atividades coerentes com a abordagem que se pretende dar às capacidades;

16  7º passo: organizar os alunos de forma adequada para realização das atividades planejadas: Todos os alunos realizam a mesma atividade; Grupos de alunos realizam tarefas diferentes, diante de uma mesma proposta; Grupos de alunos realizam tarefas ou propostas diferentes, em função do que estão precisando aprender no momento.

17 A avaliação diagnóstica será um importante subsídio para o planejamento do trabalho a ser desenvolvido com a turma como um todo e com cada aluno individualmente. Concluindo...


Carregar ppt "AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DO PAV  Fonte de informações para formulação de práticas pedagógicas;  Aponta reciprocidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google