A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de Trabalho de Paulo Nobre para Coordenação Geral do CPTEC

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de Trabalho de Paulo Nobre para Coordenação Geral do CPTEC"— Transcrição da apresentação:

1 Plano de Trabalho de Paulo Nobre para Coordenação Geral do CPTEC
Cachoeira Paulista & São José dos Campos, 8-9 de fevereiro de 2006

2 Currículo Resumido BS Meteorologia USP 1980 MSc Meteorologia INPE 1984
PhD Meteorologia U.Maryland 1993 Pós-Doc Modelagem Oceânica Columbia University, 1999 Docente PG INPE 1995-presente atualmente responsável pela disciplina Interação Oceano-Atmosfera 3 tesis de Mestrado e uma dissertação de doutorado orientadas concluidas Presentemente co-oriento duas alunas de doutorado Idealizador e implantador do Laboratório de Estudos Climáticos – LEC na FUNCEME 1989 Coordenador de Meteorologia do PMTCRH – Coordenador Técnico do PMTCRH 2004-presente Membro dos comitês internacionais Working Group for Seasonal to Interannual Predictions – WGSIP/WCRP Atlantic Implementation Pannel – AIP/WCRP Comissão de Climatologia da OMM – CCL/OMM Lider do grupo de modelagem acoplada oceano-atmosfera do CPTEC

3 Da função de Coordenador Geral:
Liderar o Centro de forma transparente e participativa: Definição de suas metas; Implementação de estratégias; Obtenção de recursos humanos, materiais e financeiros; Apoiar o crescimento pessoal e profissional de seus trabalhadores; Promover o CPTEC/INPE nacional e internacionalmente;

4 Missão do CPTEC "Prover o pais com o estado da arte em previsões de tempo, de clima e ambientais e ter a capacidade científica e tecnológica de continuamente melhorar as previsões, para benefício da sociedade".

5 Os Capitais do CPTEC Recursos Humanos Produtos e Serviços
Suite de Modelos Capacidade Computacional Capacidade Satelitária Observacional Parcerias Nacionais e Internacionais Formação de Recursos Humanos.

6 CPTEC: Um exemplo de Competência & Compromisso
Modelo Global Modelo Regional Modelo Acoplado O-A Previsões por Ensemble Previsão Extendida de Tempo Previsão Climática

7 Efeitos de desflorestamento no Clima
CONTROL 50% SAVANNAH LM 50% SAVANNAH SM 100% BARE SOIL

8 Estudos de Previsibilidade Climática Sazonal
DJF MAM From: Marengo et al. (2002)

9 Simulações Circulação Oceânica (Subcorrente Equatorial do Atlântico)
Giarolla et al. (2005)

10 Sistemas de observações Oceânicas (Projeto PIRATA)
Moored! August 2005.

11 Quadro de Pessoal do CPTEC
Corpo docente: 26 Corpo discente: 84 54 ativos 30 turma de 2006 Alumini: 228 178 M.Sc. 50 Dr. 22% Doutores (59) 13% Mestres (36) 65% Graduados (174) 34% Servidores (102) 38% Funcionários (115) 28% Bolsistas (82)

12 Indicadores da Produção Científica do CPTEC
600+ Artigos em Journals ( ) 1200+ Trabalhos em congressos ( ) Citações, por autor*. 8 com mais de 200 citações 16 com mais de 100 citações 24 com mais de 60 citações 34 com mais de 10 citações 38 Projetos de pesquisa ativos (em 2005) 20 Pesquisadores Coordenadores de projeto R$13 Milhões, recursos financeiros FINEP, FAPESP, CNPq, IPAM, CNRS, NEC * De um universo de 44 autores do CPTEC.

13 Desafios! A) O que fazemos B) Como fazemos C) Por que fazemos
Tempestades; Alagamentos; Vendavais; Secas; Queimadas. B) Como fazemos Suite de Modelos; Observações Satelitárias; Base de Dados; Sistema Super Computação; Conhecimento Científico. C) Por que fazemos Corpo de Pesquisadores; Número de publicações & citações; Pós Graduação. D) Para quem fazemos Para a Nação; Para os milhões de pessoas que, diáriamente, ouvem a previsão de tempo no rádio ou na TV; Para cada internauta que acessa nossa página;

14 O Que Nos Falta Desenvolver o potencial sinérgico de nosso formidável corpo de pesquisadores e tecnologistas, no CPTEC e no INPE; Adequar % de servidores públicos do CPTEC; Desenvolver a capacidade de modelar o Sistema Terra ao Estado da Arte; Aumentar a presença da Meteorologia nos processos de tomada de decisão da Sociedade.

15 Planejamento estratégico do CPTEC
Diagnóstico De onde partimos Onde estamos Onde queremos Chegar Cronograma de metas & resultados Como fazer para chegar lá! Quais estratégias Quais recursos necessários

16 Investimentos na Produção
Grupo de Geração de Projetos – GEP Mapeamento de fontes de financiamento Formatação de projetos de pesquisa Grupo de Implantação Operacional – GIO Automação de procedimentos Aferição de desempenho Grupo de Informatização da Sala de Aula – GIA Video conferência alta resolução, multiponto Educação à distância, exercícios on-line Grupo de Automação Administrativa – GAD Sistema de gestão eletrônico Transparência administrativa

17 Investimentos no Desenvolvimento
Modelagem e Desenvolvimento Próxima geração de modelos acoplados do sistema solo-planta-água-atmosfera-oceano; Sistemas inteligentes de previsão por conjuntos; Satélites Ambientais Sistemas observacionais integrados satélite-estação; resolução espacial dinamicamente configurável; Operações e Produtos Previsões de tempo-clima extendidas probabilísticas; Tecnologia da Informação atendimento ao usuário; Clima e Meio Ambiente Efeitos da mudança climática global no Brasil; Estudos de processos;

18 Investimentos em Infraestrutura
Adequação predial Escritórios nos prédios do CPTEC; Convivência, Alojamento, Esportes & Lazer; Adequação computacional LAN CPTEC 10 Gbits/s Telecomunicações: Redundância link RNP-2 Super-computação: Evolução do SX6 Adequação laboratorial Calibração de sensores de parâmetros geofísicos & medidas especiais;

19 Investimentos em Pessoal
Planejamento de treinamento avançado e aperfeiçoamento de servidores; Contratações por concurso público: Meta de 80-90% Servidores Públicos Dinâmica de trabalho em grupo: Desenvolvimento de projetos de pesquisa com pesquisadores de grupos múltiplos;

20 Parcerias Centros de excelência em Meteorologia e áreas afins no Brasil e no Exterior: LAC, LNCC, UFCG, USP, NCEP, ECMWF, JMA, MPI, COLA; Centros operacionais brasileiros: INMET, DHN, DECEA, ANA…; Centros Estaduais de Meteorologia e Recursos Hídricos; Meios de comunicação;

21 devem levar a marca “CPTEC/INPE!”
Promover a Marca! As parcerias do CPTEC com os Centros Estaduais, TV, Jornais, Fundações… devem levar a marca “CPTEC/INPE!”

22 Onde queremos chegar: Em cinco anos (2010): Em dez anos (2015):
Modelar o sistema Terra escalas espaciais ~ 20Km, locais de ~2Km; Realizar previsões de tempo-clima de horas a semanas-meses; Atingir a marca de duzentos mil acessos diários; Em dez anos (2015): Realizar previsões ambientais, de horas a meses-anos, em escala de bacia hidrográfica; Atingir a marca de dois milhões de acessos diários; Em quinze anos (2020): “Ciências Ambientais” no ensino fundamental

23 Modelo Acoplado Ambiental do CPTEC
Assimilação AGCM OGCM Atmos OBS T-S IC Prognóstico FCST daily/hourly SFC fluxes SST hourly Wave Model Hydrology Model Crop Health 6 hourly Regional Model

24 Com tudo isto, o CPTEC construiu CREDIBILIDADE
Integrar o CPTEC em torno de sua missão; Aumentar: sinergia inter grupos no CPTEC e no INPE cooperação nacional e internacional; projetos de pesquisa e a produtividade científica; Investir nos processos produtivos do CPTEC: upgrade computacional & instalações físicas; estrutura eficaz de apoio (GIO, GEP, GIA, GAA); Selo CPTEC de Qualidade; Promover a marca CPTEC/INPE!

25 Meta Fomentar um novo paradigma sobre a informação meteorológica no Brasil: Imprescindível para a segurança do Estado, eficiência das atividades econômicas, preservação do meio ambiente e bem-estar do cidadão.

26 O “Segredo” CPTEC… Melhores Previsões Ambientais
para o Brasil disponíveis no Planeta Competência Científica & Capacidade Operacional Difusão pró-ativa & Atendimento ao Usuário Suite Modelagem Ambiental Infraestrutura Computacional & Satelitária Recursos Humanos Especializados Pós Graduação Treinamento Extensão Produtividade Científica

27 O “Segredo” CPTEC… Está em sua gente!


Carregar ppt "Plano de Trabalho de Paulo Nobre para Coordenação Geral do CPTEC"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google