A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Filosofia Moderna Sex. XVII e XVIII Filosofia Contemporânea Sex. XIX e XX Idealismo PositivismoNeopositivismo Existencialismo Fenomenologia Etc.. Iluminismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Filosofia Moderna Sex. XVII e XVIII Filosofia Contemporânea Sex. XIX e XX Idealismo PositivismoNeopositivismo Existencialismo Fenomenologia Etc.. Iluminismo."— Transcrição da apresentação:

1 Filosofia Moderna Sex. XVII e XVIII Filosofia Contemporânea Sex. XIX e XX Idealismo PositivismoNeopositivismo Existencialismo Fenomenologia Etc.. Iluminismo Alguns pensadores passaram a acreditar que somente se pode conhecer aquilo que se pode observar ou experiementar. (e não apenas o que é produzido ou idealizado na mente) Em 1830, na Escola do socialista utópico Saint-Simon ( ), nasceu o positivismo que ganhou fama com Augusto Comte, o pensador do movimento na França. Do latim positum (= posto, o que está posto diante, situado), significa o que se observa, ou experimenta. (Enciclopédia Simpozio) No Brasil o positivismo teve ampla aceitação, quer nas escolas de direito, quer nos círculos militares em virtude da matemática, quer ainda no movimento republicano. Teve também seus materialistas e evolucionistas. Em Recife notaram-se primeiramente Tobias Barreto ( ) e Silvio Romero ( ), depois emigrados para outros centros. No Rio de Janeiro o republicano Benjamim Constant ( ) fundava em 1876 a sociedade positivista. Mas a igreja positivista foi mais um esforço de Miguel Lemos ( ) e R. Teixeira Mendes ( ). O termo Iluminismo indica um movimento intelectual que se desenvolveu no séc. XVIII, cujo objetivo era a difusão da razão, "luz. Os iluministas eram aqueles que em tudo se deixavam guiar pela razão. Contribuiam para o progresso intelectual, social e moral e para criticar toda forma de autoritarismo, fosse ela de ordem política, religiosa ou moral. Esse modo de pensar e de agir difundiu-se em muitos países da Europa, no século XVIII, o "século das luzes". Pensadores: Descartes, Newton, Spinoza e Locke. O idealismo dialético levou ao máximo a racionalidade surgida no iluminismo. Os primeiros grandes idealistas dialéticos foram : Fiche, com idealismo ético, Schelling, predomínio da natureza, e Hegel, com predomínio da idéia do absoluto. Na segunda metade do século dezenove veio a ser usado o termo neo- idealismo. depois com Kant, surbiu o neokantismo. Diferente dos positivistas que só acreditavam na experiência, para os neopositivistas existem duas fontes de conhecimento: a razão lógica (a priori) e a experiência empírica (a posteriori) O neopositivismo é um formalismo entre o positivismo e o kantismo. Assim, alguns pensadores criaram o Circulo de Viena (1922) que foi liderado por M. Schlick. Rudolf Carnap era um dos principais pensadores do neopositivismo. M. Schlick foi mentor de L.Bertalanffy Seguindo esta escola filosófica, Bertalanffy acrescentou o pensamento teórico ao positivismo (1936) criando assim a Teoria Geral dos Sistemas O existencialismo entrou para a história da filosofia como uma crítica a tradição racionalista e idealista, além de uma ferrenha oposição aos sistemas rígidos. A fenomenologia, nascida na Segunda metade do século passado, a partir das análises de Husserl sobre a intencionalidade da consciência humana, trata de descrever, compreender e interpretar os fenômenos que se apresentam à percepção do homem.

2 Filosofia Moderna Sex. XVII e XVIII Filosofia Contemporânea Sex. XIX e XX Idealismo PositivismoNeopositivismoPós positivismo Existencialismo Fenomenologia Iluminismo Circulo de Viena (1922) Liderado por M. Schlick M. Schlick foi mentor de L.Bertalanffy que acrescentou a teoria dos sistemas ao positivismo (1936) criando assim a Teoria Geral dos Sistemas (Empirismo)


Carregar ppt "Filosofia Moderna Sex. XVII e XVIII Filosofia Contemporânea Sex. XIX e XX Idealismo PositivismoNeopositivismo Existencialismo Fenomenologia Etc.. Iluminismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google