A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Prof. Edberto Ferneda. BUSCA DE INFORMAÇÃO NA WEB Informática Instrumental.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Prof. Edberto Ferneda. BUSCA DE INFORMAÇÃO NA WEB Informática Instrumental."— Transcrição da apresentação:

1 INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Prof. Edberto Ferneda

2 BUSCA DE INFORMAÇÃO NA WEB Informática Instrumental

3 Interfaces da Escrita Livro Numeração de páginas; Subdivisão em partes (capítulos); Sumários e índices; Exame rápido do conteúdo; Acesso não linear e seletivo ao texto; Segmentação do saber em módulos; Conexões a outros livros (bibliografia)

4 Interfaces da Escrita Livro

5 Interfaces da Escrita Jornais Adaptados a uma atitude de atenção flutuante; No território quadriculado do livro precisamos de índices, sumários, etc. O leitor do jornal realiza diretamente uma navegação a olho nu; As manchetes chamam a atenção, dando uma primeira idéia, pinçam-se aqui e ali algumas frases, uma foto e, de repente, encontramos algo que nos atrai.

6 Interfaces da Escrita Jornais

7 Interfaces da Escrita Revistas

8 Interfaces da Escrita Computador pacote terrivelmente redobrado, com pouquíssima superfície que seja diretamente acessível em um mesmo instante. A manipulação deve então substituir o sobrevôo. Tela gráfica de alta resolução; Representação icônica (figurada) das estruturas de informação e dos comandos; Uso do mouse, permitindo agir sobre o que ocorre na tela; Menus que mostram as operações que se pode realizar;

9 Interfaces da Escrita Computador

10 Interfaces da Escrita Computador

11 Interfaces da Escrita Computador

12 Interfaces da Escrita Computador

13 Interfaces da Escrita Computador WebBrain

14 BUSCANDO INFORMAÇÕES NA WEB

15 Buscando informações na Web Sites/mecanismos de busca permitem ao usuário submeter sua expressão de busca e recuperar uma lista (geralmente ordenada) de endereços de páginas (URLs) que presumivelmente são relevantes para a sua necessidade de informação Maioria de uso geral Em um acervo extremamente grande como é a Web é essencial uma indexação antecipada de seus documentos (páginas). A maioria dos mecanismos de busca da Web gera índices. Pelo caráter dinâmico da Web esses índices devem permanecer em constante processo de atualização

16 Buscando Informações na Web Sites/mecanismos de busca Índexação Não Automáticos O autor fornece dados sobre sua página e associa a ela uma ou mais categorias que descrevem o assunto tratado na página Automáticos Spiders (robôs, crawlers ou worms) Partindo de uma lista inicial de URLs, rastreiam a estrutura hipertextual da WEB, colhendo informações sobre as páginas que encontram; Indexam cada página utilizando métodos de indexação automática

17 Buscando Informações na Web Indexação não-automática (manual) Indexadores profissionais especificam uma hierarquia de assuntos e indexam as páginas Web utilizando tais categorias. Uma URL submetida pode ser associada a uma categoria de qualquer nível. Por exemplo, ela pode ser ligada a uma categoria principal, Ciência, ou à subcategoria, Ciências Humanas, ou à sub-subcategoria, Biblioteconomia e Ciência da Informação. A URL cadastrada é avaliada por profissionais, que podendo alterar os dados fornecidos pelo usuário. Caso um usuário não consiga encontrar uma categoria apropriada para descrever sua página, ele pode sugerir uma nova categoria.

18 Buscando Informações na Web

19 Indexação automática A indexação automática é realizada através de duas etapas: Seleção de endereços (URLs) de páginas; Indexação das páginas, gerando para cada uma um conjunto de termos de indexação. Existem programas que viajam através da Web a fim de selecionar URLs de páginas de potencial interesse para que sejam indexadas. Utilizando a metáfora da Web, esses programas são chamados de spiders (aranhas) ou ainda robôs, crawlers ou worms. Partindo de uma lista inicial de URLs, esses robôs rastreiam a estrutura hipertextual da Web colhendo informação sobre as páginas que encontram.

20 Buscando Informações na Web Banco de dados de URLs Buscador (yahoo, google, etc)

21 Buscando Informações na Web Banco de dados de URLs Buscador (yahoo, google, etc) URLs (links)

22 Buscando Informações na Web Banco de dados de URLs Buscador (yahoo, google, etc) URLs (links)

23 Buscando Informações na Web Indexação automática Duas estratégias podem ser adotadas pelos robôs para rastrear as páginas da Web breadth-first visa maximizar a amplitude da pesquisa descendo apenas poucos níveis de cada site deep-first visa maximizar a profundidade buscando um maior detalhamento do assunto tratado pelo site. Quando uma nova página é recuperada, o robô extrai todas os links (URLs) dessa página e os adiciona na sua base de dados. Para aumentar a velocidade de cobertura da Web podem ser usados vários robôs trabalhando em paralelo, cada um cobrindo uma região ou um domínio diferente da Web e enviando suas URLs para a base de dados.

24 Buscando Informações na Web Indexação automática Depois de formado o banco de dados de URLs o robô poderá acessar cada página e indexa-la usando métodos de indexação automática.

25 Buscando Informações na Web Buscas Geralmente dois níveis de busca: básico e avançado Básico: Buscas booleanas utilizando os operadores AND, OR, NOT Avançado: Buscas por proximidade: NEAR, ADJ Buscas por tipo de mídia ou tipo de arquivo:.JPG,.MPEG,.GIF, etc.

26 Buscando Informações na Web

27 Buscando Informações na Web História da Internet

28 Buscando Informações na Web Meta-buscadores Realizam buscas utilizando diversos mecanismos de busca; A expressão de busca é traduzida e enviada para cada um dos mecanismos que o meta-buscador utiliza. Cada buscador retornará uma lista de URLs O meta-buscador agrega as listas em uma única lista, eliminando possíveis duplicações.

29 Buscando Informações na Web

30


Carregar ppt "INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Prof. Edberto Ferneda. BUSCA DE INFORMAÇÃO NA WEB Informática Instrumental."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google