A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APOIO: X Semana da Cultura Globalização e Meio Ambiente por 268 mãos Coordenação: Professor Ilan Chamovitz, D.Sc. Descrição: Este trabalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APOIO: X Semana da Cultura Globalização e Meio Ambiente por 268 mãos Coordenação: Professor Ilan Chamovitz, D.Sc. Descrição: Este trabalho."— Transcrição da apresentação:

1 APOIO: X Semana da Cultura Globalização e Meio Ambiente por 268 mãos Coordenação: Professor Ilan Chamovitz, D.Sc. Descrição: Este trabalho foi desenvolvido com 6 turmas do primeiro período do IFRJ, Campus Maracanã, na disciplina de Informática I, no primeiro período de Utilizando uma plataforma educacional a distância, o professor explicou a proposta de publicar um documento elaborado via Internet, por mais de 200 mãos, na X Semana da Cultura. A partir dos títulos de 6 seções fornecidos inicialmente pelo professor, cada aluno deveria contribuir incluindo uma ou duas frases ou, ainda, acertando ou corrigindo algum parágrafo. Muitos pesquisaram textos na Internet ou expressaram suas opiniões pessoais. O período de inclusão de frases foi de 13 de março a 9 de abril. Uma vez incluídas as frases, os alunos, sob orientação e ajuda do professor, em sala de aula, revisaram os textos e organizaram melhor os parágrafos das 3 primeiras seções. Uma revisão final foi feita em todas as seções, pelo professor, antes da publicação. A plataforma educacional registrou a data das participações, o horário de inclusão das frases e os nomes dos alunos. 1. O que é a Globalização Não existe consenso sobre a definição de "globalização", já que esta designa várias coisas ao mesmo tempo: a interligação dos mercados nacionais, a possibilidade de se movimentar bilhões de dólares por computador, a Terceira Revolução "Tecnológica", entre outros. Em um aspecto, porém, todos concordam: a globalização é o início de uma nova Era para a humanidade. De forma superficial e sintetizada, o termo "globalização" corresponde ao conjunto de transformações políticas e econômicas ao redor do planeta nas últimas décadas. Pode também referir-se ao envolvimento de várias economias no mercado internacional, ou à interdependência comercial entre os países (que pode ser percebida por meio do acelerado crescimento de intensas relações comerciais, turismo internacional e investimentos multinacionais, nos meio de comunicação e transporte). Ou seja, interliga o mundo, levando em conta aspectos políticos, econômicos, culturais, sociais. Esse processo iniciou após a 2ª Guerra Mundial, com a criação do BENELUX, um bloco econômico europeu formado por Bélgica, Holanda e Luxemburgo, com o objetivo de se reerguer devido a debilitação que sofreu durante a guerra. Como a experiência do BENELUX deu certo, muitos outros blocos foram se formando em todas as partes do mundo. São exemplos: NAFTA, MERCOSUL, UNIÃO EUROPÉIA, entre outros. A partir deste momento que se iniciou a globalização. A Globalização é a integração entre países que permite relações entre os governos dos mesmos. Sendo assim, eles realizam transações entre si, acordos e compartilham cultura. Uma das características que mais se destacam na globalização é o acesso às mercadorias e serviços de outros países. A Globalização faz com que investidores possam lucrar em escala mundial. Com esse ganho, o mundo comercial fica mais competitivo, o que influencia as empresas a investirem mais. Por outro lado, um problema que só deveria afetar um país pode causar uma crise em outros continentes. Exemplos recentes são a crise da bolsa de valores em 2009 e os desastres naturais ocorridos em Antes da globalização realmente acontecer, os produtos importados de países industrializados eram considerados de melhor qualidade em relação aos nacionais. Depois da globalização, os produtos nacionais passaram a competir com os importados, com mais qualidade e competitividade. Globalização consiste na integração dos mais diversos países, encurtando distâncias. Essa aproximação é fundamental para que o homem possa conhecer novas culturas e aprender com elas. A Globalização atinge as culturas, de tal modo que chega a descaracterizá-las (em seu modo de vestir, comer, divertir, além da música, cinema e outros). A globalização é um processo de união de povos através dos campos tecnológicos e da informática, melhorando a comunicação entre as partes mais distantes do planeta Terra. Entretanto, esse processo está causando um efeito ruim em certos aspectos: Enquanto aumenta a comunicação, ele modifica a cultura de um país, pois proporciona a interação entre diferentes culturas fazendo com que elas se misturem, tornando-se uma só, o que pode destruir em um espaço de tempo curto culturas milenares. 2. Como a Globalização influencia o Meio Ambiente? Os impactos da globalização sobre o meio ambiente decorrem principalmente de seus efeitos sobre os sistemas produtivos e sobre os hábitos de consumo das populações. Além disso, a globalização está relacionada ao consumismo (consumo compulsivo). A indústria sobrevive de inovações e de quem compra as mesmas. A consequência da incessante compra de novos produtos industrializados é a retirada excessiva de recursos naturais. O que, definitivamente, prejudica o meio ambiente. Com a globalização é possível saber quais são as iniciativas - positivas e negativas - dos diversos países sobre o meio ambiente em busca de sua preservação, podendo assim aperfeiçoá-las ou retirá-las, visando o bem comum. É possível monitorar áreas de preservação, graças à informática, proporcionando maior segurança. Por exemplo, a Amazônia é monitorada por meio de satélite. 3. Quais os principais problemas desta influência? A globalização cresce de forma tão desenfreada que prejudica a preservação da natureza, favorecendo constantemente o crescimento econômico em vez do meio ambiente. O Capitalismo, de maneira geral, não causa apenas problemas ambientais, mas problemas sociais também, como a enorme diferença entre as classes sociais, além disso, causa problemas ambientais como desmatamento, poluição atmosférica e visual, dentre outros. Os principais problemas da globalização são que, cada vez mais, as cidades se expandem, e assim, se construirão mais residências, empresas e indústrias, de forma que tais elementos ocuparão área verde. Outro problema é que a globalização desenvolveu o comércio que, por consequência, alimentou a produção criando mais fábricas e poluição (de todos os tipos). Se aumenta o número de industrias, aumentam os gases poluentes. Se exploram petróleo, corre o risco de vazamentos no mar. Se explora madeira, há desmatamento e muita das vezes sem reflorestamento. Como consequências, sobre as atividades dos países do mundo todo, gera agravamentos ambientais, como o efeito estufa, por exemplo. A evolução e expansão do globalização faz com que o mercado consumidor cresça e, com isso, a necessidade de produzir, principalmente industrializados, cresce junto, fazendo que as necessidades e luxos humanos tomem o lugar da preocupação com o planeta. Com o aumento da globalização houve também o aumento da desigualdade social, pois apesar de alguns países terem crescido bastante, muitos outros, por não possuírem tanto desenvolvimento e recursos suficientes, acabaram por ter sua situação piorada. Nosso mundo aparenta estar cada vez menor, mais restrito, com todos os seus cantos explorados e expostos à curiosidade e à ação humana. 4. O que o homem pode fazer para reduzir os problemas Primeiro, tem que haver a conscientização de todos os seres humanos! Ninguém consegue agir sozinho e praticar boas ações sozinho, tem que ser no coletivo. Então, se todo mundo se conscientizar e começar com práticas saudáveis e básicas no dia-a-dia, já é um ótimo passo para a salvação ambiental. E, com praticas de exploração, teria que ter recomposição, e, não explorar simultaneamente e variadas vezes. Além de que, nossa tecnologia é muito avançada no nosso mundo, poderíamos utilizá-la, junto com a inteligência humana e criar dispositivos eficazes, que não poluíssem, ou poluíssem em menor escala o meio ambiente. O homem pode usar a tecnologia avançada que hoje é disponível para a redução dos problemas relacionados ao meio ambiente, além de investir na conscientização da sociedade em geral e investir também em hábitos sustentáveis. Com tanta tecnologia e conhecimento do homem, vemos hoje que há várias maneiras de se conseguir energia, e renováveis. Como solar que é um dos ecologicamente corretos mais conhecido. Nos carros podemos substituir a gasolina que é tão prejudicial para o meio ambiente por um biocombustível. Diminuir o desmatamento, dentre outros... A utilização de recursos energéticos renováveis como a eólica, hidráulica e solar e também a diminuição da exploração dos combustíveis fósseis.A utilização de fontes de energias renováveis é uma boa opção para diminuir os impactos ambientais. Algumas propostas: A união de países deve ser estimulada, a fim de evitar que o meio ambiente seja mais devastado e arrasado, por formas de desmatamento e outros tipos de agressão desenfreados. Utilizar tecnologias avançadas para diminuir a poluição, conscientizar a população, usar recursos renováveis, criar leis de proteção ao meio ambiente e controle de exploração, mas não só criar, fazer com que a população cumpra essas leis também. O homem pode, só de inicio, pensar, refletir antes de jogar dejetos (industriais, hospitalares, urbanos, etc.) no ambiente, sem providenciar o devido tratamento. ·O fortalecimento das instituições de meio ambiente, principalmente dos órgãos encarregados de implementar e manter o cumprimento das leis, é fundamental. Da mesma forma, a adoção, por todos os países, de legislações ambientais com níveis equivalentes de exigências. Alguns exemplos de ações são clássicos, como a produção de produtos que não libere gases poluentes, diminuição de produtos tóxicos em fábricas, algo que não fizesse os carburadores soltarem tanta fumaça. Essas, são exemplificações, mas a tecnologia e a criatividade é muito mais que isso. O nosso papel, é então economizar água, não jogar lixo no chão, nem em rios, mares, lagos.. por mais que pense que é pouca coisa, nunca é pouco quando se trata do pensamento do mundo inteiro. 5. Que benefícios a globalização traz ao Meio Ambiente? Com o advento da globalização, houve o estímulo ao desenvolvimento de várias formas de energias renováveis, como a solar e a eólica. Assim, vários países puderam obter energia de modo limpo e renovável. Outro efeito positivo da globalização sobre o meio ambiente é a criação de uma indústria e de um mercado ligados à proteção e recuperação ambiental. Ou seja, mais e mais empresas preocupadas com o meio ambiente estão aparecendo. Alguns exemplos de produtos e serviços oferecidos por estas empresas: equipamentos de controle da poluição, sistemas de coleta, tratamento e reciclagem de resíduos sólidos e líquidos, inclusive lixo e esgoto urbanos, e novas técnicas de produção. A saúde é outro eixo relacionado à globalização. Com a preocupação em oferecer o melhor produto, aos poucos as indústrias estão se preocupando em produzir produtos que não agridem o meio ambiente, por não ser interessante a baixa na qualidade de vida, que consequentemente diminuirá a expectativa de vida dos seus consumidores. A globalização facilita o acesso à informação, ao que esta acontecendo com o ambiente e os cidadãos podem mostrar-se contra isso ou não... Ou seja, a globalização permite que sejam criados protestos, ajudas, campanhas e estudos baseados em outros à favor do meio ambiente além da conscientização dos hábitos de todos. A rapidez com que se pode por em prática no mundo todo, algo favorável ao Meio Ambiente dito em um lugar específico do planeta. A globalização auxilia a controlar o contrabando e recuperar florestas degradadas. Podendo citar como exemplo o Brasil, que com a ajuda de tecnologias e a globalização pode rastrear o destino de madeiras de lei que saiam da Amazônia de forma clandestina e viravam móveis em outros países. Como vemos, a globalização, assim como a tecnologia, podem ser um dos melhores amigos do meio ambiente desde que seja usada da forma correta. Por exemplo, pode-se pesquisar recursos que o meio ambiente nos oferece para que possam ser criadas máquinas que ajudem na preservação do meio ambiente ou até mesmo que se assemelhem aos eletrônicos atuais, mas que possam ser reutilizados. A globalização proporciona o uso de tecnologias mais modernas com efeito menos poluentes em países pobres, gerando menos danos ao meio ambiente e a saúde da população. Em outras palavras, pode-se utilizar as invenções surgidas devido a globalização para auxiliar no desenvolvimento sustentável, onde o meio ambiente pode ter uma relação saudável com o homem, sem haver prejuízo para nenhuma das partes. 6. Conclusão A globalização nos influência de várias maneiras, assim como pode ter vários significados dependendo da forma de pensamento da pessoa. Sua existência mudou a postura do homem diante do planeta e diminuiu as distâncias entre as pessoas do mundo. Cabe ao homem usar essa aproximação para o bem do planeta. A globalização faz mal ao meio ambiente, mas também ajuda de certa forma a mesma, pois auxilia a divulgação de causas para ajudar o meio ambiente ao mundo todo. Ela nos permite ter uma melhor visão do meio ambiente no mundo inteiro, não se privando apenas pelos problemas do nosso país. É, sem dúvida, uma excelente fonte para a economia global e para o desenvolvimento comercial, mas para o meio ambiente, ela traz muito mais resultados negativos do que positivos. A participação de todos na busca por um meio de progresso sustentável é possível graças ao diversos avanços diplomáticos que foram obtidos a partir do desenvolvimento do mundo globalizado. Desta forma, é possível que todos participem da melhoria do meio ambiente. Já que a globalização deixa as pessoas cada vez mais perto umas das outras, poderíamos nos aproveitar disso e juntos tentar combater o mal que está sendo causado ao meio ambiente. A globalização tem muita influência, tão boa quanto ruim. Cabe-nos ter mais astúcia para desconstruir esse esquema auto-destrutivo. A realidade é que, infelizmente, para a globalização se expandir, o meio ambiente sempre será explorado, porém cabe ao ser humano não só explorar mais também de certo modo reconstruir. A globalização diminui fronteiras e aproxima povos das mais diversas culturas, mas continuará afetando negativamente o meio ambiente se a população não parar de ser individualista e mudar seus hábitos de consumo desenfreados que poderão levar esse mundo à ruína. Enfim, a globalização nos faz refletir mais sobre os problemas ambientais causados por ela mesma, e nos faz arrumar novas maneiras de ajudar a recuperar o meio ambiente. Globalização pode ter resultados negativos na natureza, mas se utilizada de forma consciente traz mais benefícios do que malefícios. Na era da informação, onde as pessoas são muito próximas por meios de comunicação, a globalização sempre se faz presente. Cabe à nós, utilizarmos essa proximidade para construir um futuro sustentável. Orientação: Prof. Ilan Chamovitz (Informática, Campus Maracanã) Turmas: AM211, MAM211,TM211, QM111,FM111, BM111 Documento e nomes dos autores na Internet em: Referências: Plataforma Educacional Claroline -


Carregar ppt "APOIO: X Semana da Cultura Globalização e Meio Ambiente por 268 mãos Coordenação: Professor Ilan Chamovitz, D.Sc. Descrição: Este trabalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google