A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objetivo: Assumir a lesbianidade feminista como postura política para desconstruir o patriarcado como sistema de opressão com suas instituições e ideologias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objetivo: Assumir a lesbianidade feminista como postura política para desconstruir o patriarcado como sistema de opressão com suas instituições e ideologias."— Transcrição da apresentação:

1

2 Objetivo: Assumir a lesbianidade feminista como postura política para desconstruir o patriarcado como sistema de opressão com suas instituições e ideologias.

3 Missão da Associação Lésbica de Minas Ser Referência na luta contra o preconceito, a discriminação dirigidos às lésbicas e bissexuais femininas, por direitos reprodutivos e sexuais das mulheres, combater toda forma de violência contra as mulheres. Promover a Visibilidade Lésbica, lutar contra as desigualdades e injustiças sociais as quais as mulheres são as principais vítimas.

4 Endereço da ALEM – Rua da Bahia, 573 sala 703 – telefone: Sites: – Twitter: Orkut:

5 Heterossexualidade Obrigatória Ideologia Negação da existência das lésbicas Casamento forçado Reprodução Quem é o pai?

6 A lesbianidade não é somente uma pratica sexual privada, mas uma decisão política.

7 Não somos propriedade de nenhum homem em particular, mas seguimos sendo objeto de uma apropriação coletiva. - Violência sexual - Salários - Tipos de profissão

8 Violência: Família Estupro Punitivo Agressão Física Abandono : afetivo – Social – Negação Expulsão de casa Depreciação por parte da família

9 Violência: Trabalho Piadinhas/constrangimentos – ex: dedada/grelo grande Assedio Moral Demissão Discriminação processo seletivo – exclusão

10 Violência: Trabalho Piadinhas/constrangimentos – ex: dedada/grelo grande Assedio Moral Demissão Discriminação processo seletivo – exclusão

11 O Brasil é um Estado Laico É regido pela Constituição Federal Decreto 119-A, de 17 de janeiro de 1890

12 .

13 Nós lésbicas, por uma necessidade de auto-defesa, formamos um dos grupos mais bem organizados enquanto movimento social. Há anos mantemos uma rede invisível de grupos, que se reúne para nos defendermos do império machista. Essa rede tem conexões internacionais e é rapidamente acionada quando necessário. Em 1996 realizamos o primeiro Seminário Nacional de Lésbicas que aconteceu no Rio de Janeiro, em 1997 em Salvador, 1998 em Minas Gerais organizado pela Associação Lésbica de Minas, 2001 em Fortaleza, 2003 em São Paulo e o próximo será em 2005 em João Pessoa/Paraíba. Em 2000 a Associação Lésbica de Minas organizou o Iº Encontro de Lésbicas e Bissexuais Femininas de Minas Gerais Em 2007 a ALEM realizou o II Encontro de Lésbicas e Bissexuais Femininas de Minas Gerais Realizamos também encontros de lésbicas a nível internacional.

14 Poucas mulheres lésbicas, ao se vincularem amorosamente, procuram reproduzir um modelo de casamento heterossexual. Uma grande maioria percebe que dispõem de uma outra possibilidade, que é a de viver uma relação amorosa onde as duas pessoas são do mesmo gênero, o feminino. Portanto, não precisamos imitar relações de gênero diferentes. Em uma convivência entre duas lésbicas, uma não precisa ser o homem da casa.


Carregar ppt "Objetivo: Assumir a lesbianidade feminista como postura política para desconstruir o patriarcado como sistema de opressão com suas instituições e ideologias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google