A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Refração Ocorre quando a luz muda de meio de propagação, podendo ou não mudar sua direção. ***Há um caso no qual a luz so- fre refração mas não sofre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Refração Ocorre quando a luz muda de meio de propagação, podendo ou não mudar sua direção. ***Há um caso no qual a luz so- fre refração mas não sofre."— Transcrição da apresentação:

1

2 Refração Ocorre quando a luz muda de meio de propagação, podendo ou não mudar sua direção. ***Há um caso no qual a luz so- fre refração mas não sofre desvio.

3 Analogia com a Mecânica Assoalho (v > ) Tapete (v < ) Eixo com rodas livres

4 Meio 1 Meio 2 N Raio Refratado 90 0 Raio Incidente Raio Refletido

5 Índice de Refração Absoluto n c veloc. da luz no vácuo c = 3 x 10 8 m/s Vácuo n=1 Ar n=1 ***Para um dado meio transparente, n depende da cor da luz. n VERM.

6 Índice de Refração Relativo Índice de refração do meio A em relação ao meio B. Índice de refração do meio B em relação ao meio A.

7 Meio 1 Meio 2 N 90 0 v 1 > v 2 n 1 < n 2 Lei de Snell/Descartes

8 No caso mais comum em vestibulares, teremos î = 45 0, n 1 = 1 e n 2 = e pede para calcular o ângulo de refração.

9 Também teremos î = 60 0, n 1 = 1 e n 2 = e também pede para calcular o ângulo de refração.

10 Meio 1 Meio 2 N 90 0 v 1 > v 2 n 1 < n 2 ***O raio de luz estará mais próximo da normal no meio mais refringente (lembre-se do pobre e do rico).

11 ***Há materiais que são birrefringentes, ou seja, o feixe luminoso é dividido em dois, formando-se assim duas imagens. Este não é um meio isotrópico.

12 n OBS < n OBJ =>p

n OBJ =>p>p

13 (UFSC) A figura a seguir mostra um lápis de comprimento AB, parcialmente imerso na água e sendo observado por um estudante. Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. O estudante vê o lápis "quebrado" na interface ar-água, porque o índice de refração da água é maior do que o do ar. 02. O feixe luminoso proveniente do ponto B, ao passar da água para o ar se afasta da normal, sofrendo desvio. 04. O estudante vê o lápis "quebrado" na interface ar-água, sendo o fenômeno explicado pelas leis da reflexão. 08. O observador vê o lápis "quebrado" na interface ar-água porque a luz sofre dispersão ao passar do ar para a água. 16. O ponto B', visto pelo observador, é uma imagem virtual.

14 (a) (b) (c) a)Vidro e ar; b)Vidro e água; c)Vidro, ar e tetracloroetileno. Índices de refração muito próximos, o vidro e o líquido se confundem.

15 d Lâminas de Faces Paralelas θ 1 = î e θ 2 = r

16

17 AR n < ÁGUA n > N L RAIO RASANTE OU TANGENTE ÂNGULO LIMITE OU CRÍTICO θ max = 90 0 Ângulo Limite

18 AR n < ÁGUA n > N L SAI RASANTE OU TANGENTE Limite Reflexão Total Interna Só acontece quando 1 º ) Luz vai do mais refringente (n > ) para o menos refringente (n < ). 2 º ) i > L 90 0 Reflexão Total Interna Reflexão Parcial

19 Fonte nn> L i = L => sai rasante i > L => Reflexão Total Interna Abaixo temos outra forma de ver

20 Nas figuras abaixo temos um diamante lapidado, um brilhante. Devido ao alto índice de refração, ocorrem sucessivas reflexões totais antes que o raio consiga sair.

21 Aplicações Fibras Ópticas Núcleo n > Interface n <

22

23 Endoscópio Binóculo e Câmera Fotográfica

24 Prismas de Reflexão Total Esquema de um periscópio ***n > 2

25 Miragens

26 Ar + frio n > Ar + quente n < Imagem virtual

27

28 Posição Apaarente dos Astros

29

30 Desvio Angular D ou Δ A Ângulo de abertura do prisma r Ângulo de refração na 1 a face i Ângulo de incidência na 1 a face r' Ângulo de incidência na 2 a face I Ângulo de refração na 2 a face Roteiro n 1 sen i = n 2 sen r A = r + r ? ? n 1 sen i = n 2 sen r ? D = i + i - A Atenção A ii r r' N1N1 N2N2 D Ddesvio angular

31 Se r = A/2 D = D mínimo i = i r = r r' i r i SIMETRIA D mín = 2(i - r)

32 Dispersão Óptica Separação da luz branca em várias cores, devida aos diferentes índices de refração para as diferentes cores.

33 Veja um teste para daltonismo

34 Espectro Eletromagnético


Carregar ppt "Refração Ocorre quando a luz muda de meio de propagação, podendo ou não mudar sua direção. ***Há um caso no qual a luz so- fre refração mas não sofre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google