A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa para o Aumento da Produção de Milho no Brasil Dr. Rubens Augusto de Miranda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa para o Aumento da Produção de Milho no Brasil Dr. Rubens Augusto de Miranda."— Transcrição da apresentação:

1 Programa para o Aumento da Produção de Milho no Brasil Dr. Rubens Augusto de Miranda

2 Existem oportunidades para o aumento da produção de milho no Brasil Qual a razão em aumentar a produção de milho no Brasil?

3 Oportunidades: Mercado externo Mercado interno

4 Mercado externo Demanda mundial por importações de milho devem aumentar em, pelo menos, 35 milhões de toneladas nos próximos 10 anos. O grande exportador mundial, os EUA, não devem aumentar as exportações. Perdendo assim participação no mercado.

5 Mercado externo Os grandes exportadores mundiais, com a exceção dos EUA, devem fornecer esse milho adicional. Quem são ? Argentina Brasil Ucrânia

6 Mercado externo Juntos, esse bloco de países produziu 116,5 milhões de toneladas na safra 2011/2012. Os 35 milhões de toneladas de demanda adicional correspondem a 30% do montante produzido na última safra.

7 Mercado externo Assim, mantendo a produção relativa entre esses países, cada um teria que aumentar a sua produção em 30% apenas para satisfazer a demanda externa. No que tange ao Brasil, isso equivaleria a 21,8 milhões de toneladas adicionais até a safra 2021/2022.

8 Mercado externo Adicionalmente, o Brasil pode aumentar a sua participação em mercados com pouca ou nenhuma participação. Esse é um movimento observado a partir de 2008.

9 Localização das importações mundiais de milho por região em 2010

10 Destino das exportações brasileiras de milho em 2007 (% de participação)

11 Destino das exportações brasileiras de milho em 2010 (% de participação)

12 Mercado Interno Segundo projeções do MAPA e da Embrapa: a produção de carne bovina passará de 9,15, em 2010/2011, para 11,35 milhões de toneladas, em 2020/2021, aumento de 24%. No mesmo período, a produção de carne suína passará de 3,38 para 4,09 milhões de toneladas, aumento de 21%, e a produção de carne de frango passará de 12,11 para 15,74 milhões de toneladas, aumento de 30%.

13 Mercado Interno Em 2010/2011, estimativas da ABIMILHO/Céleres indicam que o consumo de milho pelo mercado de aves foi da ordem 21,9 milhões de toneladas, pela suinocultura foi de 11 milhões de toneladas e bovinocultura consumiu 3,5 milhões de toneladas.

14 Mercado Interno Utilizando as projeções do aumento de produção da carne e o consumo atual de milho para projetar o aumento do consumo do grão pela avicultura, suinocultura e bovinocultura seriam respectivamente de 6,57 milhões, 2,32 milhões e 0,84 milhões de toneladas. Assim, a projeção de aumento do consumo de milho por esses três mercados seria de 9,73 milhões de toneladas.

15 Assim, considerando a perspectiva externa e a interna, na próxima década o Brasil terá que aumentar a sua produção em 31,5 milhões de toneladas. Para aproveitar as oportunidades, o país precisará produzir mais de 100 milhões de toneladas em 10 anos.

16 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO 1. Foco em eixos de produção e/ou regiões geográficas com identificação de característica específicas, oportunidades e gargalos

17 Eixo Safrinha no Centro Oeste

18

19 Possibilidade de plantio de Milho de 2ª SAFRA Média das Safras 2006/07 a 2010/11 Área Plantada em mil hectares REGIÃO/UFSoja Milho 2ª safra AlgodãoSorgo Área adicional possível de plantio de milho 2ª safra Produtividad e média 5 anos - milho 2ª safra Possível produção adicional de milho 2ª Safra 1000ha kg/hatoneladas CENTRO-OESTE 1.836,34.171, ,0 MT5.850,31.665,6524,6115,21.000,04.161, ,0 MS1.731,3858,745,270,7300,03.189, ,0 GO2.366,7372,374,3284,1500,04.670, ,0 DF51,56,60,58,036,35.675, ,0 SUDESTE 100,03.239, ,0 SP556,1281,615,851,4100,03.239, ,0 SUL 500,03.696, ,0 PR4.220,11.529,45,22,1500,03.696, ,0 CENTRO-SUL20.059,14.751,4688,5649,82.436,34.035, ,0 BRASIL22.278,45.156,91.050,7781,82.436,34.035, ,0 FONTE: CONAB (1) Dados Preliminares: sujeitos a mudanças (2) Dados Estimados: sujeitos a mudanças

20 Região MAPITO

21 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO 2. Expansão da área através de ações políticas voltadas para ILPf

22 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO 3. Aumento de produtividade em áreas que estão abaixo da média nacional, regional, estadual e municipal. Municípios e estabelecimentos de alta produtividade pode servir de Benchmark

23 1095 propriedadesÁrea : ha Rendimento: kg/haÁrea da lavoura: 1 a 443 ha. AMOSTRAGEM Fonte: Dados foram coletados na Internet nos sites das empresas fornecedoras de sementes (pioneer, monsanto, dow agrosciences, agroeste, syngenta, biomatrix, balu), foram analisados também Folder e revistas emitidas pelas empresas de sementes, totalizando uma área de 60 mil hectares espalhados em todo território brasileiro. (1041 observações)

24 Municípios que apresentam alta produtividade

25

26 Rendimento médio Municípal da produção (kg/ha) Milho (em grão) - 1ª safra 2009

27 Rendimento médio Municípal da produção (kg/ha) Milho (em grão) - 2ª safra 2009

28 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO 4. Uso de programas de governos para fomento da produção: Brasil sem miséria; ABC;

29 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO O Programa ABC Dentre os objetivos específicos Programa há o incentivo de expansão das seguintes tecnologias: (i) Recuperação de Pastagens Degradadas; (ii) Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF) e Sistemas Agroflorestais (SAFs); (iii) Sistema Plantio Direto (SPD); (iv) Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN); e (v) Florestas Plantadas. As tecnologias (ii), (iii) e (iv) são de grande interesse para a cultura do milho.

30 FOCOS DO PROGRAMA DE AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO 5. Parcerias estratégicas para inovação em sistemas regionais de produção de milho.

31 Parcerias estratégicas com Cooperativas. Altas produtividades. Equipe técnica qualificada. Facilidades operacionais. Foco: ajustes e desenvolvimento de tecnologias

32 Parcerias estratégicas com Cooperativas Etapas Identificação de gargalos Prioridades Adaptação de tecnologias Desenvolvimento de tecnologias

33 Cooperativas Parceiras

34 PROGRAMA PARA O AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO NO BRASIL ABRAMILHO-Embrapa

35 Iniciativa ABRAMILHO-Embrapa Surgiu a partir interesse comum em aumentar a produção de milho no Brasil Fase atual: reuniões para mapeamento de problemas e demandas locais

36 PROGRAMA PARA O AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO NO BRASIL Reuniões realizadas: Porto Alegre – RS Belo Horizonte – MG São Paulo – SP Goiânia – GO Salvador – BA Próximas reuniões: Paraná Mato Grosso

37 PROGRAMA PARA O AUMENTO DE PRODUÇÃO DE MILHO NO BRASIL Principais problemas: Armazenamento Seguro agrícola Preço mínimo Irrigação (legislação) Conflitos na cadeia produtiva (produtores de milho vs indústria de aves)

38 Microdados de Produção de Milho no Brasil

39 Obrigado!


Carregar ppt "Programa para o Aumento da Produção de Milho no Brasil Dr. Rubens Augusto de Miranda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google