A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1- Excitabilidade : É a propriedade que tem o miocárdio de reagir (potencial de ação e contração) quando estimulado. de reagir (potencial de ação e contração)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1- Excitabilidade : É a propriedade que tem o miocárdio de reagir (potencial de ação e contração) quando estimulado. de reagir (potencial de ação e contração)"— Transcrição da apresentação:

1 1- Excitabilidade : É a propriedade que tem o miocárdio de reagir (potencial de ação e contração) quando estimulado. de reagir (potencial de ação e contração) quando estimulado. 2 - As células miocárdicas possuem característica 2 - condutibilidade As células miocárdicas possuem característica funcional de condutibilidade, isto é, são capazes de transmitir um funcional de condutibilidade, isto é, são capazes de transmitir um estímulo gerado em uma parte do coração para o resto do estímulo gerado em uma parte do coração para o resto do miocárdio. miocárdio. PROPRIEDADES DO MÚSCULO CARDÍACO

2 3. Contractilidade: É a propriedade que tem o miocárdio de contrair - se, funcionando o coração como um Sincício. contrair - se, funcionando o coração como um Sincício. Ele responde segundo a lei do tudo - ou - nada, ou responde Ele responde segundo a lei do tudo - ou - nada, ou responde com uma contração total ou não responde com uma contração total ou não responde 4- Zona de Automatismo: tem a capacidade celular de gerar ` estímulos. A zona de automatismo possui freqüência mais alta, estímulos. A zona de automatismo possui freqüência mais alta, passa a comandar a ativação cardíaca submetendo a excitação passa a comandar a ativação cardíaca submetendo a excitação de todas as fibras ao seu próprio ritmo. Torna-se assim, o de todas as fibras ao seu próprio ritmo. Torna-se assim, o marca-passo cardíaco propriamente dito. marca-passo cardíaco propriamente dito. PROPRIEDADES DO MÚSCULO CARDÍACO

3 Algumas características são importantes em relação a manutenção do potencial de repouso: 1- presença de ânions impermeantes no interior da célula e de cloro livremente permeantes, nos dois lados da membrana; 2- alta permeabilidade da membrana ao potássio; 3- baixa permeabilidade da membrana ao Na+ e ao Ca++; 4- ação da bomba Na+/K+Atpase-dependente que elimina sódio da célula em troca de potássio

4 AUTOMATISMO. O CORAÇÃO É UM ÓRGÃO AUTO-EXCITÁVEL POIS NÃO PRECISA DE QUALQUER ESTÍMULO EXTERNO (NERVOSO OU OUTRO) PARA SE CONTRAIR. HÁ UMA HIERARQUIA NO AUTOMATISMO CARDÍACO: A FIBRA COM CAPACIDADE DE SE DESPOLARIZAR MAIS RAPIDAMENTE IRÁ ASSUMIR A FUNÇÃO DE MARCAPASSO CARDÍACO, IMPONDO RITMICIDADE AO BATIMENTO CARDÍACO. ESTE PAPEL É ASSUMIDO PELO NODO SINUSAL. ESTE PAPEL É ASSUMIDO PELO NODO SINUSAL.

5 AS CÉLULAS CONTRÁTEIS, TANTO DOS ÁTRIOS QUANTO DOS VENTRÍCULOS, BEM COMO AS FIBRAS DE PURKINJE, POSSUEM POTENCIAL DE AÇÃO RÁPIDO. JÁ AS CÉLULAS DO NODO SINUSAL E A-V POSSUEM POTENCIAL DE AÇÃO LENTO. AUTOMATISMO

6 A AUTO-EXCITAÇÃO DAS FIBRAS ESPECIALIZADAS É INFLUENCIADA POR MODIFICAÇÃO NA CONCENTRAÇÃO DE ÍONS, DA TEMPERATURA E PELO SISTEMA NERVOSO AUTONÔMICO: SIMPÁTICO ( ADRENALINA) E PARASSIMPÁTICO (ACETILCOLINA). AUTOMATISMO

7 AUTOMATISMO CARDÍACO 1. PÔDE-SE OBSERVAR NA PRÁTICA QUE O MARCAPASSO DO CORAÇÃO DA RÃ ENCONTRA-SE NO SEIO VENOSO, POIS ESTA É A PRIMEIRA DA RÃ ENCONTRA-SE NO SEIO VENOSO, POIS ESTA É A PRIMEIRA CÂMARA QUE CONTRAI DESPOLARIZANDO AS SEGUINTES; CÂMARA QUE CONTRAI DESPOLARIZANDO AS SEGUINTES; 2. SEPARANDO-SE O CORAÇÃO DA RÃ COMUM CORDÃO ( AMARRADO ) EM SUAS TRÊS PARTES (SEIO, ÁTRIOS, VENTRÍCULOS). EM SUAS TRÊS PARTES (SEIO, ÁTRIOS, VENTRÍCULOS). OBSERVOU-SE QUE CADA CÂMARA PASSOU A PULSAR EM SEU RITMO OBSERVOU-SE QUE CADA CÂMARA PASSOU A PULSAR EM SEU RITMO PRÓPRIO POIS CADA UMA DESSAS PARTES ESTAVA COM PRÓPRIO POIS CADA UMA DESSAS PARTES ESTAVA COM AUTOMATISMO PRÓPRIO. AUTOMATISMO PRÓPRIO.

8 EXCITABILIDADE É A CAPACIDADE QUE O MÚSCULO CARDÍACO TEM DE RESPONDER A DETERMINADOS ESTÍMULOS, GERANDO POTENCIAIS DE AÇÃO E FAZENDO COM QUE AS MIOFIBRILAS DO MÚSCULO SE CONTRAIAM DE ACORDO COM O ESTÍMULO. O MÚSCULO CARDÍACO POSSUI CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS NO QUE DIZ RESPEITO AO ACOPLAMENTO-EXCITAÇÃO-CONTRAÇÃO.

9 A FORÇA DE CONTRAÇÃO DO MÚSCULO CARDÍACO DEPENDE MUITO DA CONCENTRAÇÃO DE ÍONS CÁLCIO VINDOS DO TÚBULOS T UMA VEZ QUE O RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO NO MÚSCULO CARDÍACO É POUCO DESENVOLVIDO. ASSIM, A DISPONIBILIDADE DE ÍONS CÁLCIO PARA QUE OCORRA A CONTRAÇÃO DEPENDE EM ALTO GRAU DA QUANTIDADE DE ÍONS CÁLCIO NO LÍQUIDO EXTRACELULAR. O CORAÇÃO PODE SER EXCITADO POR ESTÍMULOS ELÉTRICOS, MECÂNICOS, QUÍMICO OU TÉRMICOS.

10 EFEITO DA TEMPERATURA OCORRE O AUMENTO NA FREQÜÊNCIA CARDÍACA, EM VIRTUDE DO AUMENTO DA PERMEABILIDADE IÔNICA DA MEMBRANA CELULAR, RESULTANDO EM ACELERAÇÃO DO PROCESSO DE AUTO-EXCITAÇÃO. A ELEVAÇÃO PROLONGADA DA TEMPERATURA EXAURE OS SISTEMAS METABÓLICOS DO CORAÇÃO, CAUSANDO FRAQUEZA MUSCULAR CARDÍACA.

11 ESTÍMULOS ELÉTRICOS O estímulo elétrico aumenta a freqüência cardíaca, pois provoca contração do coração. O coração tem sua capacidade máxima de bombeamento de grandes quantidades de sangue nas freqüências cardíacas compreendidas entre 100 a 150 bat/min ( em seres humanos ). O coração tem sua capacidade máxima de bombeamento de grandes quantidades de sangue nas freqüências cardíacas compreendidas entre 100 a 150 bat/min ( em seres humanos ).

12 Se a freqüência cardíaca se elevar acima de um nível crítico, a própria força de contração do coração diminui, além disso, o período da diástole entre as contrações pode ficar tão diminuído que o sangue não tempo para fluir adequadamente dos átrios para os ventrículos.

13 CONTRATILIDADE: ESTÍMULOS VAGAIS A estimulação do nervo vago diminui a freqüência cardíaca. A estimulação vagal intensa pode interromper os batimentos cardíacos por alguns segundos, mas em geral o coração volta a se contrair com freqüência de 20 a 40 bat/min ( em seres humanos ). Além disso, a estimulação vagal intensa pode diminuir a força de contração ventricular.

14 CONTRATILIDADE: ESTÍMULOS QUÍMICOS Várias substâncias químicas podem alterar a freqüência cardíaca e a capacidade de contração do miocárdio de trabalho. A adrenalina aumenta a freqüência cardíaca e também a força de contração, uma vez que ela atua sobre os íons sódio e cálcio. A acetilcolina diminui a freqüência cardíaca, mas não atua sobre a força de contração, uma vez que ela atua sobre os canais de potássio, tornando a repolarização mais lenta. Ela reduz a freqüência do ritmo do nó sinusal e diminui a excitabilidade das fibras juncionais atrioventriculares, o que lentifica a transmissão do impulso para os ventrículos.

15 A utilização de atropina + estimulação vagal bloqueia a ação da acetilcolina, logo não ocorre alteração na freqüência cardíaca, quando esses dois estímulos são realizados concomitantemente. CONTRATILIDADE: ESTÍMULOS QUÍMICOS


Carregar ppt "1- Excitabilidade : É a propriedade que tem o miocárdio de reagir (potencial de ação e contração) quando estimulado. de reagir (potencial de ação e contração)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google