A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4. Parâmetros de Espalhamento. 4.1. Porta Uma porta é fisicamente definida por um plano terminal (T) também chamado de plano de referência. O plano terminal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4. Parâmetros de Espalhamento. 4.1. Porta Uma porta é fisicamente definida por um plano terminal (T) também chamado de plano de referência. O plano terminal."— Transcrição da apresentação:

1 4. Parâmetros de Espalhamento

2 4.1. Porta Uma porta é fisicamente definida por um plano terminal (T) também chamado de plano de referência. O plano terminal (T) é uma seção transversal de uma linha de transmissão a partir do qual inicia o domínio do circuito.

3 4.2. Matriz de Impedâncias

4 4.3. Matriz de Admitâncias

5 4.4. Terminações

6 4.5. Normalização R1 = R2 = G = 0

7 4.5. Normalização

8 4.6. Matriz de Espalhamento

9

10 4.6. Refletância e Transmitância

11 Exemplo Transistor MESFET com Z1 = Z2 = 50 Ω

12

13

14

15

16 4.7. Propriedades Circuito fisicamente realizável Circuito recíproco Circuito conservativo Circuito perfeitamente casado Deslocamento do plano terminal Relação entre [S] e [Z]

17 Circuito Fisicamente Realizável

18 Circuito Recíproco Em geral: circuitos sem polarização externa. T: matriz transposta Obs: não é necessário que o circuito seja simétrico.

19 Circuito Conservativo A soma das potências incidentes é igual à soma das potências refletidas. H: matriz transposta conjugada (heremitiana) [U]: matriz identidade

20 Circuito Perfeitamente Casado A diagonal principal de [S] possui todos os elementos nulos. Não há reflexão, apenas transmissão.

21 Deslocamento do Plano Terminal

22

23 Relação entre [S] e [Z]


Carregar ppt "4. Parâmetros de Espalhamento. 4.1. Porta Uma porta é fisicamente definida por um plano terminal (T) também chamado de plano de referência. O plano terminal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google