A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor (a): Oscar Luiz Monteiro de Farias Aluno (a): Andressa da Silva Siqueira Matricula: 2006.1.03249.11 Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor (a): Oscar Luiz Monteiro de Farias Aluno (a): Andressa da Silva Siqueira Matricula: 2006.1.03249.11 Universidade do Estado do Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Professor (a): Oscar Luiz Monteiro de Farias Aluno (a): Andressa da Silva Siqueira Matricula: Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Engenharia Características das Linguagens de Programação I 1

2 Evolução da Linguagem e seu futuro. Paradigmas de programação suportada por C/C++ Sintaxe e Semântica Variáveis, Expressões e Comandos Tipos de Dados Escopo e Extent Procedures Abstração de Dados Tratamento de Exceções (Exception Handling) Concorrência Input/Output Programação em Rede (Networking Programming) Acesso a Banco de Dados Dataflow Programação Orientado a Objetos em C (Object Oriented Programming) Lógica Programacional em C (Logic Programming - Prolog) 2

3 A linguagem foi criada por Dennis Ritchie em 1972 nos laboratórios Bell em um DEC PDP-11 com sistema operacional UNIX. Seu surgimento iniciou com a linguagem ALGOL 60 que foi desenvovida visando substituir a linguagem Fortran,porém ela não obteve sucesso pois seu nível era alto demais para época. Logo após surgiu o CPL que também não obteve sucesso. Em 1970, criou-se a linguagem B 3 A linguagem B seria um versão simplificada e mais simples que o CPL,porém lenta demais para uma linguagem de alto nível.. Então Dennis Ritchie foi encarregado em desenvolver uma nova linguagem que seria sucessora da linguagem B. A linguagem C é uma linguagem de Médio Nível.

4 A s linguagens como SIMULA, BCPL, ALGOL 68, ADA, CLU, ML serviram de inspiração para o desenvolvimento da nova Linguagem. I nicialmente era implementada por um pré- processador, porém a linguagem passou a exigir um compilador próprio que foi desenvolvido pelo Stroustrup. 4

5 Novas Características foram adicionadas a Linguagem como: Funções Virtuais, Sobrecarga de funções e Operadores entre outros. Em 1985 foi lançada a 1º edição do livro The C++ Programming Language contendo referências para a utilização da linguagem. A primeira versão comercial foi lançada em outubro de Em 1989 foi lançada a segunda versão, contendo novas características como herança múltipla, classes abstratas, suporte a orientação a objeto e etc. Em 1990 foi lançado o livro The Annotated C++ Reference Manual, que tornou-se base para o futuro padrão. Pode-se dizer que C++ foi a única linguagem entre tantas outras que obteve sucesso como uma sucessora à linguagem C, inclusive servindo de inspiração para outras linguagens como Java, a IDL de CORBA e C#. 5

6 A linguagem continua em desenvolvimento pelo grupo de desenvolvimento Boost.org que trabalha para evoluir a biblioteca padrão. C++ continuara continuará com sua natureza multiparadigma. Há grande esforço para desenvolver compiladores que suportem inteiramente a liguagem, principalmente a parte de Gabaritos. Um exemplo é a palavra reservada Export, que permite que a definição de um gabarito seja separada de sua declaração. O primeiro compilador a implementar o Export foi Comeau C++, seguido por Borland C++ Builder X. 6 O futuro do C++

7 A sintaxe de uma linguagem de programação é a forma de suas expressões, declarações e unidades de programa. Também pode ser definida como o conjunto de regras que determinam que construções estão corretas e quais não estão. Existe 2 tipos de Sintaxe: Sintaxe concreta: Descreve a estrutura da linguagem com todos os detalhes. Considera elementos estéticos como comentários, palavras reservadas, precedência de operadores, e outros. Utilizado para construir reconhecedores para programas. Sintaxe abstrata: Descreve apenas os elementos relevantes da linguagem de programação. Ignora comentários e outros elementos que não contribuem para a semântica do programa Utilizada para representar programas internamente no compilador 7 Sintaxe

8 8 Semântica Descreve o significados das estruturas do programa expressos na sua sintaxe Tipos de semântica Semântica estática: Descreve as características de uma programa válido Semântica dinâmica: Descreve os resultados da execução do programa

9 Funções 9 As funções são blocos de instruções que facilitam o entendimento do código. Sua sintaxe é: Tipo_da_função nome_da_função ( tipo var1, tipo var2,..., tipo varN) { corpo da função }

10 Comandos Comando If If (expressão){tarefa} Comdando While While (expressão){tarefa} Do {tarefa}while (expressão) Comando For for(valor inicial, condição, ncremento/descremento){tarefa}

11 Paradigmas Os paradigmas suportados são: Paradigma Imperativo (procedural) Centrado em variaveis e comandos que manipulam as variaveis Orientado a Objetos Uma aplicação é estruturada em modulos ( classes ) que agrupam um estado (atributos) e operações (métodos) sobre este. Orientado a Aspecto Para C é denomndado AspectC e para C++,AspectC++

12 C++ Encapsulamento - O encapsulamento permite que os atributos de classes possam ser declarados como públicos, privados ou protegidos.encapsulamento Herança - A herança de uma classe para com outra pode ser declarada como pública, protegida ou privada. Isso determina o quão relacionadas as classes serão entre si.herança

13 Wikipédia C++ - Histórico da Linguagem C - Introdução a Linguagem C - C.pdf Sintaxe e Semântica - aula-04-SintaxeSemantica.pdf 13


Carregar ppt "Professor (a): Oscar Luiz Monteiro de Farias Aluno (a): Andressa da Silva Siqueira Matricula: 2006.1.03249.11 Universidade do Estado do Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google