A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CGEB Coordenadoria de Gestão da Educação Básica 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CGEB Coordenadoria de Gestão da Educação Básica 1."— Transcrição da apresentação:

1 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CGEB Coordenadoria de Gestão da Educação Básica 1

2 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 2

3 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Prêmio Gestão Escolar - PGE Iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e seus parceiros; Propõe-se a colaborar: na avaliação das condições de ensino oferecidas pela escola considerando cinco diferentes dimensões da gestão escolar; na elaboração de um plano de melhoria que contribua para o aprimoramento dos processos de gestão; no reconhecimento de boas práticas de gestão. 3

4 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica PROMOÇÃO E PARCEIROS Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) Ministério da Educação (MEC) Embaixada dos Estados Unidos no Brasil Fundação Roberto Marinho (FRM) Fundação Itaú Social Gerdau Instituto Unibanco Fundação SM Fundação Victor Civita. 4

5 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica OBJETIVOS Instituir a prática da autoavaliação como estratégia imprescindível à boa gestão, e consequentemente, favorecer a aprendizagem dos estudantes Reconhecer boas práticas de gestão, incentivar seu aprimoramento e promover ações que possibilitem a troca de experiências entre gestores. Favorecer a melhoria contínua do trabalho das escolas, por meio da revisão e do aprimoramento de seus processos de gestão escolar. 5

6 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica QUEM PODE PARTICIPAR Podem participar escolas estaduais e municipais de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Médio integrado A edição do PGE 2012 tem como base de informações os dados referentes ao ano escolar de 2011 Inscrições no site: 6

7 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CRITÉRIOS DE SELEÇÃO A autoavaliação da gestão escolar e a proposta de um plano de melhoria serão a base para a seleção das escolas premiadas em cada etapa. Devem ser elaborados coletivamente pela comunidade escolar 7

8 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica AUTOAVALIAÇÃO A autoavaliação da gestão escolar pauta-se pelas seguintes dimensões: Gestão Pedagógica Gestão de Resultados Educacionais Gestão Participativa Gestão de Pessoas Gestão de Serviços e Recursos 8

9 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica PLANO DE MELHORIA A autoavaliação apontará os pontos fortes e as fragilidades da gestão escolar; O colegiado escolar deve propor um plano de melhoria que possibilite avanços; Objetivo: favorecer o compromisso com o ensino e com os resultados na aprendizagem dos estudantes. 9

10 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica PREMIAÇÃO 10 Em âmbito nacional, são concedidos os seguintes diplomas: Diploma Escola "Destaque Estadual/Distrital" à escola indicada por cada Estado/Distrito Federal como a que melhor atende aos critérios estabelecidos no Regulamento. Diploma Escola "Destaque Nacional" às 6 (seis) Escolas finalistas, selecionadas pelo Comitê Nacional de Avaliação. Diploma Escola "Referência Brasil" à escola melhor classificada dentre as seis finalistas.

11 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica PREMIAÇÃO 11 Além dos diplomas, é concedida uma viagem para intercâmbio de experiências no Brasil e/ou no exterior ao diretor da escola melhor classificada em cada estado, e a seguinte premiação em dinheiro: -R$ ,00 (trinta mil reais) para a Escola classificada como "Referência Brasil"; -R$ ,00 (dez mil reais) para cada uma das seis escolas "Destaque Nacional" (exceto para a escola selecionada como "Referência Brasil"); -R$ 6.000,00 (seis mil reais) para cada escola indicada como "Destaque Estadual/Distrital", que não tiver sido classificada entre as seis finalistas.

12 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica PREMIAÇÃO 12 Em âmbito estadual, será concedida uma viagem para intercâmbio de experiências em outra capital brasileira, com o objetivo de realizar visitas à escolas públicas que desenvolvem processos de gestão bem avaliados, aos seguintes profissionais: 4 diretores das escolas classificadas da 2ª à 5ª posições; 2 supervisores de ensino, o responsável pelo PGE na DE da escola vencedora e o responsável pelo PGE na DE com maior número de escolas inscritas; 2 dirigentes regionais de ensino, o da DE da escola vencedora e o da DE com maior número de escolas inscritas.

13 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica COORDENAÇÃO Em âmbito nacional o Prêmio é coordenado por seu Comitê de Governança, constituído pelo Consed e os parceiros COORDENAÇÃO ESTADUAL/DISTRITAL Em âmbito estadual, o Prêmio é coordenado pelas secretarias de Educação dos Estados/Distrito Federal, em articulação com as seccionais da Undime nos Estados. O (A) Coordenador(a) Estadual do Prêmio é indicado(a) pela Secretaria de Estado da Educação 13

14 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica ETAPAS DE AVALIAÇÃO E SELEÇÃO Primeira Etapa - Colegiados Escolares (UE ): realiza o processo de autoavaliação no âmbito da unidade escolar; propõe um plano de melhoria da gestão da escola, a partir da autoavaliação realizada; organiza a documentação necessária à apresentação da candidatura; preenche a inscrição via internet; anexa ajuda memória das atividades realizadas, com a assinatura dos representantes do Colegiado Escolar e indicação do segmento escolar representado; Segunda Etapa - Comitês Regionais (DE): recebe e analisa os dossiês encaminhados pelas escolas; elege um dossiê, entre os recebidos, que comprove melhor desempenho em gestão escolar; remete o dossiê selecionado ao Comitê Estadual; elabora e envia devolutiva às escolas não selecionadas para as próximas etapas. Terceira Etapa – Comitês Estaduais (SEE): analisa os dossiês encaminhados pelos Comitês Regionais; realiza visitas técnicas às escolas indicadas; seleciona a escola que demonstre melhor desempenho em gestão escolar para concorrer, em âmbito nacional, ao título de "Escola Referência Brasil"; concede o título de Escola Destaque Estadual à escola que melhor se destaca na avaliação do Comitê Estadual; elabora e envia devolutivas às escolas não selecionadas para a próxima etapa; envia certificado de participação a todas as escolas inscritas em seu estado. Etapa Nacional - Comitê Nacional: Seleciona, entre as escolas Destaque Estadual/Distrital, as seis escolas que mais se destacam; concede o título de escola Destaque Nacional às seis escolas selecionadas, consideradas finalistas e candidatas ao título Escola Referência Brasil; realiza visita especializada às seis escolas tituladas como Destaque Nacional e produz relatórios com parecer técnico, com roteiro pré-definido pela Coordenação Nacional do PGE, que subsidiem a escolha de uma escola para ser premiada em nível nacional; analisa os relatórios e seleciona a Escola Referência Brasil. 14

15 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica COLEGIADOS ESCOLARES Para realizar a autoavaliação, a escola mobiliza o seu Conselho Escolar ou instância equivalente, integrado por representantes de todos os segmentos da sua comunidade, para que essa autoavaliação seja realizada de forma abrangente, participativa e dinâmica. 15

16 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica COMITÊS REGIONAIS Em cada Estado devem ser constituídos Comitês Regionais – a primeira instância de avaliação externa da escola. Os Comitês Regionais devem ser constituídos por, no mínimo, 05 (cinco) pessoas, integrando representantes de secretarias municipais de educação, universidades e de entidades de classe (UDEMO e/ou APASE) da região. Será presidido pelo(a) Diretor(a) da Regional/Superintendência de Ensino (no caso do Estado de São Paulo, são os Dirigentes Regionais de Ensino). 16

17 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica COMITÊ ESTADUAL Constituído por representantes da SEE (CGEB, CIMA, EFAP, DEs), UNDIME, APASE, UDEMO, Universidades. Subcomitê de avaliação: grupo de supervisores avaliadores 17

18 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica DIA D DE MOBILIZAÇÃO PARA A AUTOAVALIAÇÃO No Estado de São Paulo será no dia 10/04/2012 Proposta do envolvimento de todas as escolas públicas, independente de seu interesse em participar ou não do PGE Mobilização dos colegiados e instituições escolares para: Autoavaliação utilizando o instrumento do PGE; Identificação das práticas exitosas e proposta do Plano de Melhoria 18

19 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CALENDÁRIO E PRAZOS 19

20 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Obrigada! Ramal


Carregar ppt "SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica CGEB Coordenadoria de Gestão da Educação Básica 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google