A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Passagem do Mito ao Lógos no surgimento da filosofia 1° ETAPA: Pensamento cosmológico e filosofia natural (pré-socráticos) 2° ETAPA: Pensamento antropológico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Passagem do Mito ao Lógos no surgimento da filosofia 1° ETAPA: Pensamento cosmológico e filosofia natural (pré-socráticos) 2° ETAPA: Pensamento antropológico."— Transcrição da apresentação:

1 Passagem do Mito ao Lógos no surgimento da filosofia 1° ETAPA: Pensamento cosmológico e filosofia natural (pré-socráticos) 2° ETAPA: Pensamento antropológico e filosofia moral (Sofistas e Sócrates)

2 SOFISTAS: (Os primeiros educadores profissionais) Em geral, os sofistas afastaram-se da especulação acerca da natureza e da preocupação filosófica com a realidade suprema, e se concentraram em assuntos que pareciam ter relevância direta em relação à conduta na vida humana. Discutiram os fundamentos da lei e da moral, e questionaram os méritos dos diferentes sistemas políticos, criando assim os fundamentos do estudo sistemático da ética e da política. Muitos dos problemas por eles levantados ainda estão vivos hoje. Em seus melhores momentos, foram defensores dos direitos humanos, e alguns chegaram a questionar a validade da profundamente arraigada instituição social da escravidão.

3 ASPECTOS FILOSÓFICOS DO MOVIMENTO SOFÍSTICO (Humanismo, Relativismo e Ceticismo) É possível discernir uma tendência comum em seu pensamento e em sua prática educacional. Essa tendência é claramente resumida em um dos poucos trechos que se conservaram das obras de Protágoras. Ele iniciou sua obra Verdade com as palavras memoráveis: O homem é a medida de todas as coisas, da existência do que existe e da inexistência do que não existe. Esse trecho famoso é justamente considerado o manifesto-chave do humanismo grego.

4 RELATISVISMO SOFÍSTICO: Seu intenso envolvimento nas disciplinas humanísticas conscientizou-os muito bem da natureza volátil da opinião, e em sua vida errante trouxeram para sua cidade a variabilidade dos costumes de uma sociedade para outra. (A moral é convenção, os costumes diferem, o bem e o mal é relativo)

5 CETICISMO Górgias diz que não há nenhuma realidade não- sensível por trás da aparência, nenhuma coisa- em-si-mesma. E ainda que houvesse tal realidade, ninguém poderia conhecê-Ia ou descrevê-Ia. Cada homem está confinado no mundo individual aparentemente existente para seus sentidos. (O conhecimento é subjetivo e limitado pelas capacidades de cada indivíduo.) (Conhecimento é sempre opinião/doxa)

6 Método de ensino dos sofistas: Os sofistas procuravam resolver aquele que era considerado o principal problema na democracia ateniense: a formação do cidadão virtuoso, que pudesse participar ativamente nos destinos da pólis, ajudando-a prosperar diante das rivais. Para realizar esta tarefa os sofistas tinham como método o ensino da arte retórica e da oratória.


Carregar ppt "Passagem do Mito ao Lógos no surgimento da filosofia 1° ETAPA: Pensamento cosmológico e filosofia natural (pré-socráticos) 2° ETAPA: Pensamento antropológico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google